Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve o Anis-Estrelado e quais os benefícios

O Anis-Estrelado é uma planta medicinal com benefícios contra gases, fungos e no tratamento de problemas respiratórios. A árvore, que pode chegar até aos 10 metros de altura, produz pequenos folículos em forma de estrela, que contém 8 minúsculas sementes marrom, de cor brilhante, que exalam perfume forte, adocicado e com sabor picante.

Seu nome científico é Illicium verum e pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e farmácias de manipulação.

Por vezes, o anis-estrelado é confundido com o anis-verde, que é a erva-doce, mas estas são plantas medicinais diferentes. Saiba mais sobre o anis-verde, também conhecido como erva-doce

Para que serve o Anis-Estrelado e quais os benefícios

Para que serve e benefícios

O Anis-estrelado apresenta propriedades anti-flatulentas, expetorantes, digestivas, antiespasmódicas, diuréticas, anti-inflamatórias e fungicidas. Por isso, pode ser usado para combater os gases intestinais e para auxiliar no tratamento de doenças respiratórias, como gripe, resfriado ou bronquite, por exemplo.

Além disso, o Anis-estrelado também pode ser usado na comida, como condimento, para aromatizar bebidas e em produtos cosméticos. 

Como usar

As partes usadas do Anis-estrelado são os seus frutos, para fazer óleos, tinturas e chás. O chá pode ser preparado da seguinte forma:

Ingredientes

  • 2 estrelas de Anis-estrelado;
  • 1 L de água.

Modo de preparo

Usar 2 estrelas inteiras de Anis-estrelado para cada litro de água fervente, deixar descansar por 10 minutos e coar. Pode-se beber 1 xícara de chá, de 3 a 4 vezes ao dia. 

Possíveis efeitos colaterais 

Os efeitos colaterais do Anis-estrelado incluem náuseas, vômitos e reações alérgicas respiratórias e na pele, principalmente se for consumido em excesso.

Quando não deve ser usado

O Anis-estrelado está contra-indicado para pessoas com hipersensibilidade, em grávidas e mulheres em fase de amamentação, devendo também ser evitado por pacientes com hiperestrogenismo. Além disso, também não deve ser usado por bebês e crianças com menos de 10 anos de idade. 

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem