Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Angioplastia com Stent: o que é, riscos e como é feita

A angioplastia com stent é um procedimento médico realizado com o objetivo de restaurar o fluxo sanguíneo por meio da introdução de uma malha de metal no interior do vaso obstruído. Existem dois tipos de stent:

  • Stent farmacológico, em que há a liberação de fármacos na corrente sanguínea de forma progressiva, diminuindo o acúmulo de novas placas de gordura, por exemplo, além de ser menos agressivo e haver menos risco de formação de coágulos;
  • Stent não-farmacológico, cujo objetivo é manter o vaso aberto, regularizando o fluxo sanguíneo.

O stent é colocado pelo médico no local em que o sangue passa com dificuldades, seja devido a uma placa de gordura ou devido à diminuição do diâmetro dos vasos em função do envelhecimento. Esse procedimento é recomendado principalmente em pessoas com riscos cardíacos devido à alterações no fluxo sanguíneo.

A angioplastia com stent deve ser realizada com um cardiologista ou cirurgião vascular e custa aproximadamente R$15.000,00, no entanto alguns planos de saúde cobrem essa despesa, além de estar disponível pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Angioplastia com Stent: o que é, riscos e como é feita

Como é feita

A angioplastia com stent é feita sob anestesia local e consiste na inserção de um cateter em uma artéria na coxa ou do braço e que é posicionado no lugar em que há a obstrução. Em seguida, o médico infla o balão e libera o stent, que é uma placa metálica, deixando o vaso aberto e restabelecendo o fluxo sanguíneo local.

O procedimento dura em torno de 1 hora e é minimamente invasivo devido ao auxílio de uma microcâmera que normalmente é acoplada ao cateter para que o médico consiga identificar o local correto de implantação.

Confira como acontece o procedimento:

Possíveis riscos

A angioplastia é um procedimento pouco invasivo e muito seguro, com taxas de sucesso entre 90 e 95%. No entanto, assim como qualquer outro procedimento cirúrgico, tem seus riscos. Um dos riscos da angioplastia com stent é que durante o procedimento ocorra a liberação de um coágulo, podendo resultar em um coágulo.

Além disso, pode haver sangramento, hematomas, infecções pós operatórias e, em casos mais raros, hemorragia, sendo necessária transfusão sanguínea. Em alguns casos, mesmo com a implantação do stent, o vaso pode voltar a ficar obstruído, sendo necessária a colocação de outro stent.

Como é a recuperação

A recuperação após uma angioplastia com stent é relativamente rápida. Quando a cirurgia não é realizada de urgência, geralmente a pessoa recebe alta hospitalar no dia seguinte com recomendação de evitar exercícios vigorosos ou levantar pesos acima de 10 kg nas primeiras 2 semanas da angioplastia. Em 2 a 3 dias o trabalho e a atividade sexual podem ser retomados.

É importante esclarecer que a angioplastia com stent não impede o acumulo de placas de gordura no interior das artérias e por isso é indicada a prática regular de atividade física e uma dieta balanceada para evitar o "entupimento" de outras artérias. Além disso, pode ser recomendado pelo médico o uso de algum medicamento com o objetivo de reduzir o colesterol, caso não seja colocado o stent farmacológico.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...