Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Hipogonadismo

O hipogonadismo é uma doença em que os ovários ou os testículos não produzem ou produzem poucos hormônios sexuais.

O resultado do hipogonadismo pode ser a infertilidade, ausência da puberdade, da menstruação ou pouco desenvolvimento do órgão sexual masculino.

Tratamento do hipogonadismo

O tratamento do hipogonadismo é feito através de medicamentos hormonais para repor os hormônios, estimular a ovulação na mulher e a produção de espermatozoides no homem. Em alguns casos pode ser necessário cirurgia.

Quando o hipogonadismo é causado por tumores, a radioterapia pode fazer parte do tratamento.

Causas do hipogonadismo

As causas do hipogonadismo podem ser primárias ou secundárias.

O hipogonadismo primário também é chamado de hipogonadismo hipergonadotrófico e o hipogonadismo secundário de hipogonadismo hipogonadotrófico.

Causas do hipogonadismo primário

As causas do hipogonadismo primário incluem:

  • Doenças autoimunes, renais ou hepáticas;
  • Problemas genéticos, como a Síndrome de Turner, na mulher, e a Síndrome de Klinefelter, no homem;
  • Infecção;
  • Radiação;
  • Cirurgia.

No hipogonadismo hipergonadotrófico os ovários ou testículos não funcionam corretamente, produzindo poucos ou nenhum hormônio sexual porque não respondem ao estímulo cerebral.

Causas do hipogonadismo secundário

As causas do hipogonadismo secundário podem incluir:

  • Sangramento anormal;
  • Problemas genéticos;
  • Infecção;
  • Deficiências nutricionais;
  • Excesso de ferro;
  • Radiação;
  • Perda rápida de peso;
  • Tumores;
  • Cirurgia.

No hipogonadismo hipogonadotrófico, o hipotálamo e a hipófise, que são os locais do cérebro que controlam as gônadas, que por sua vez são ovários e os testículos que não funcionam corretamente, havendo pouca ou nenhuma produção de hormônios sexuais.

Links úteis:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...