10 truques para acabar com a cólica menstrual rápido

Atualizado em janeiro 2024

Alguns truques para acabar com as cólicas menstruais rápido são colocar uma bolsa de água morna no abdômen, tomar o chá de gengibre com valeriana ou eliminar a cafeína da alimentação, por exemplo, pois melhoram a circulação sanguínea no abdômen e relaxam o útero, aliviando a dor e o desconforto.

A cólica menstrual, também conhecida como dismenorreia, é causada por substâncias inflamatórias, chamadas prostaglandinas, provocando contrações no útero, resultando na dor e desconforto, podendo estar acompanhada de náuseas, vômitos ou dor de cabeça, por exemplo.

Leia também: Cólica menstrual: o que é, sintomas, causas e tratamento tuasaude.com/colica-menstrual

Esses truques podem ajudar a aliviar a dor das cólicas menstruais, no entanto, caso a dor seja intensa ou frequente, é recomendado consultar o ginecologista para identificar se existe mais alguma causa, como endometriose, e assim iniciar o tratamento mais adequado.

youtube image - Como aliviar a CÓLICA MENSTRUAL

Como aliviar a cólica menstrual

As dicas para diminuir as cólicas menstruais de forma natural incluem:

1. Compressas de água morna no abdômen

Aplicar a compressa de água morna no abdômen é uma técnica muito eficaz para acabar com a cólica menstrual, pois ajuda a relaxar os músculos da região abdominal e aliviar as dores da cólica.

Para fazer esta técnica basta colocar uma bolsa de água morna ou compressas mornas sobre o abdômen, no local das cólicas e deixar por 10 a 15 minutos.

Caso a bolsa esteja muito quente, deve-se deixar esfriar um pouco e proteger a pele do contato direto, colocando uma toalha, ou um pano, entre a bolsa e a pele.

2. Tomar chá de gengibre com valeriana

Existem vários chás com propriedades que podem ajudam a aliviar as cólicas menstruais, no entanto, duas plantas que parecem ter um forte efeito para aliviar o desconforto são o gengibre e a valeriana, que podem ser associadas no mesmo chá para obter um efeito maior.

Para isso basta fazer um chá colocando 2 cm da raiz de gengibre com 1 colher (de chá) de raiz de valeriana em 250 mL de água fervente e deixar repousar por 10 a 15 minutos. Depois deve-se coar, deixar amornar e beber 2 a 3 vezes por dia.

Este chá junta o poder anti-inflamatório do gengibre com o efeito relaxante da valeriana, permitindo aliviar vários tipos de desconforto da menstruação, incluindo as cólicas. Além disso, por conter valeriana, este chá também pode ser uma excelente opção para mulheres que sofrem com crises de ansiedade durante a menstruação, por exemplo.

Confira outras opções de remédios caseiros para tratar as cólicas menstruais.

3. Utilizar pontos de reflexologia

A reflexologia é uma terapia natural que utiliza a pressão em alguns pontos do corpo para combater a dor e aliviar outros tipos de sintomas. Por ser uma prática natural, tem poucas contraindicações e, por isso, pode ser utilizada por qualquer mulher em casa.

Um dos pontos mais importantes para reduzir o desconforto causado pelas cólicas menstruais é o ponto "Mansion Cottage" que fica situado na linha logo acima da região pélvica, no local onde o abdômen se liga com as pernas.

Para usar esse ponto basta fazer uma ligeira pressão sobre o local, utilizando a palma da mão ou um dedo, e, mantendo a pressão, fazer uma pequena massagem circular, por 5 a 10 minutos.

4. Fazer exercícios para as cólicas

Alguns exercícios que ajudam a diminuir as cólicas menstruais são:

  • Exercício 1: deitar de barriga para cima e levar os joelhos ao peito, segurando as pernas com as mãos;
  • Exercício 2: deitada de barriga para cima, juntar os pés e puxá-los o mais próximo dos glúteos, abrindo as pernas para fora.

Além disso, fazer exercício físico regular libera endorfinas, que agem como um analgésico natural e que melhoram o humor.

Por isso, praticar exercício físico regularmente como caminhadas, natação, yoga ou ciclismo, por exemplo, pode ajudar a prevenir ou reduzir as cólicas menstruais.

5. Massagear a barriga

Massagear a barriga pode ajudar a relaxar os músculos pélvicos e a aliviar a dor da cólica menstrual rapidamente.

Para potencializar o efeito da massagem, pode-se usar óleos essenciais, como o óleo essencial de lavanda, misturado com  um óleo carreador, como óleo de coco, de amêndoas doce ou até azeite, e aplicar sobre a pele, massageando a barriga em movimentos circulares. Veja como massagear a barriga para aliviar a cólica menstrual.

6. Beber mais água

Beber mais água ajuda a reduzir o inchaço na barriga que pode causar mais dor e desconforto da cólica menstrual.

Além disso, beber mais água ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo no corpo, inclusive no útero, reduzindo a duração da menstruação e a intensidade das cólicas. 

Leia também: 10 benefícios da água para a saúde (com receitas saborosas) tuasaude.com/beneficios-de-beber-agua

7. Consumir alimentos anti-inflamatórios

Consumir alimentos anti-inflamatórios, como cúrcuma ou espinafre e alimentos ricos em ômega-3 como atum, sardinha, salmão, linhaça ou chia, ajudam a diminuir a produção de substâncias inflamatórias, e a aliviar a cólica menstrual mais rapidamente.

Esses alimentos devem ser consumidos diariamente ou, no caso dos peixes, pelo menos de 3 a 5 vezes por semana. Confira a lista completa de alimentos anti-inflamatórios.

8. Não ingerir cafeína 

A cafeína presente no café, chás, bebidas energéticas e chocolates, assim como bebidas alcoólicas, são substâncias que parecem agravar a intensidade das cólicas na maior parte das mulheres.

Por esse motivo, é importante retirar, ou pelo menos, diminuir o consumo desse tipo de alimentos na dieta, durante as crises.

9. Evitar comer doces e salgados

Os doces e os salgados causam inchaço e retenção de líquido, aumentando o aparecimento de cólicas menstruais.

Por esta razão, é importante ter uma dieta equilibrada, procurando evitar o excesso de doces e salgados e comendo mais legumes e verduras, frutas, frango e peixe, com pequenas refeições e intervalos entre elas.

10. Consumir alimentos ricos em magnésio

Alguns estudos [1,2] mostraram que o magnésio pode ajudar a reduzir a produção de prostaglandinas que causam as contrações no útero, e desta forma, pode prevenir ou reduzir as cólicas menstruais.

Assim, é recomendado consumir alimentos ricos em magnésio, como sementes, amendoim, aveia, banana ou leite, por exemplo. Veja a lista completa de alimentos ricos em magnésio.

Além disso, outra opção é usar suplementos de magnésio receitados pelo ginecologista para prevenir a cólica menstrual.

Veja mais dicas para reduzir os sintomas da TPM no vídeo a seguir:

youtube image - Como aliviar os sintomas de TPM

O que fazer quando a cólica não passa

Nos casos em que a cólica não passa com as medidas caseiras, é recomendado consultar o ginecologista para que seja feita uma avaliação e indicado o melhor remédio para aliviar as cólicas.

Marque uma consulta com um ginecologista na região mais próxima de você:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Ginecologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

Os remédios para cólica possuem ação analgésica, anti-inflamatória ou antiespasmódica, promovendo o alívio da dor e diminuindo as contrações uterinas.

Alguns exemplos de remédios para cólica são ibuprofeno, cetoprofeno, escopolamina e paracetamol, por exemplo, que são indicados pelo ginecologista de acordo com a intensidade da cólica e presença ou não de sintomas associados. Conheça mais sobre os remédios para cólica.