Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

5 maneiras de estimular o bebê ainda na barriga

Estimular o bebê ainda no útero, com música ou leitura, pode promover seu desenvolvimento cognitivo, uma vez que ele já está consciente do que acontece à sua volta, respondendo aos estímulos através dos batimentos cardíacos, que ficam mais calmos, dos seus movimentos e imitando o movimento de sucção.

Além disso, os exercícios utilizados para estimular o bebê também ajudam a fortalecer os laços entre a mãe e o bebê, reduzindo o risco de depressão pós-parto, por exemplo.

5 maneiras de estimular o bebê ainda na barriga

Algumas maneiras de estimular o bebê ainda na barriga são:

1. Tocar ligeiramente na barriga

Tocar na barriga durante a gravidez é um movimento que quase todas as grávidas fazem desde o início da gravidez e, normalmente, é interpretado como a grávida querendo dar carinho para o bebê que está crescendo na sua barriga.

No entanto, vários estudos indicam que o toque pode também ser sentido pelo bebê, especialmente após as 8 semanas de gestação, fazendo-o sentir mais relaxado e amado, facilitando o seu desenvolvimento. Muitas vezes, o bebê pode até responder ao toque, mexendo-se no útero ou empurrando os pés e as mãos contra a barriga.

2. Colocar fones de ouvido na barriga

A partir das 25 semanas de gravidez, o ouvido do bebê está suficientemente desenvolvido para conseguir escutar vozes e sons do exterior da barriga e, por isso, já é capaz de reconhecer estímulos como a música.

A música normalmente tem um efeito relaxante sobre o bebê, além de ajudar na compreensão da linguagem, já que músicas com palavras, como as canções infantis, podem ajudar o bebê a reconhecer mais facilmente palavras depois de nascer.

3. Contar histórias para o bebê

Assim como a música, contar histórias para o bebê também ajuda a que o bebê consiga reconhecer palavras mais cedo, facilitando o processo de desenvolvimento da linguagem.

Embora as histórias possam ser contadas pelo pai, também é importante que seja contadas pela mãe, já que é a voz da mãe que o bebê melhor reconhece, por ser a voz que está sempre mais próxima do útero durante todo o dia.

4. Fazer exercícios na água

Estar dentro de água é uma das formas mais simples de relaxar durante a gravidez, pois ajuda a aliviar todo o peso e a pressão criadas sobre o corpo, facilitando até que a mãe consiga liberar todo o estresse emocional que está sentindo.

Liberar o estresse é muito importante, não só para a saúde da grávida, mas também para o bebê, já que quando os hormônios do estresse estão muito elevados, podem dificultar o desenvolvimento do cérebro.

5. Pegar sol todos os dias

Pegar sol todos os dias, por pelo menos 20 minutos, ajuda o bebê a desenvolver ossos mais fortes e também evita o surgimento de problemas cardíacos. Além disso, o sol ajuda o organismo a produzir mais vitamina D, que pode prevenir o surgimento de autismo.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...