Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Alfaestradiol

O alfaestradiol é um remédio comercializado com o nome Avicis, em forma de solução, que está indicado para o tratamento da alopécia androgenética em homens e mulheres, que se caracteriza pela queda de cabelo causada por fatores hormonais.

Este medicamento pode ser comprado em farmácias, por um preço de cerca de 135 reais, mediante apresentação de receita médica.

Alfaestradiol

Como usar

O produto deve ser aplicado no couro cabeludo, uma vez ao dia, de preferência à noite, com a ajuda do aplicador, durante cerca de 1 minuto, de forma a que aproximadamente 3 mL da solução atinja o couro cabeludo.

Depois de aplicar o alfaestradiol, deve-se massagear o couro cabeludo de forma a melhorar a absorção da solução e lavar as mãos no final. O produto pode ser aplicado no cabelo seco ou molhado, mas caso seja usado logo após o banho, deve-se secar bem o cabelo com uma toalha antes de aplicar.

Como funciona

O alfaestradiol age inibindo a 5-alfa-redutase na pele, que é uma enzima responsável pela conversão da testosterona em diidrotestosterona. A diidrotestosterona é um hormônio que acelera o ciclo dos cabelos, conduzindo mais rapidamente à fase telogênica e, consequentemente, à queda de cabelo. Assim, ao inibir a enzima 5-alfa-redutase, o medicamento impede que a diidrotestosterona cause a queda dos fios.

Quem não deve usar

Este medicamento não deve ser usado por pessoas com hipersensibilidade aos componentes da fórmula, mulheres grávidas ou que estejam a amamentar e crianças com menos de 18 anos de idade.

Veja outros remédios que podem ser usados para o tratamento da queda de cabelo.

Possíveis efeitos colaterais

Alguns efeitos colaterais que podem ocorrer durante o tratamento com alfaestradiol são desconforto da pele do couro cabeludo, como queimação, coceira ou vermelhidão, o que se pode dever à presença de álcool na solução, sendo sintomas geralmente passageiros. No entanto, se estes sintomas persistirem, deve-se ir ao medico e suspender o medicamento.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem