Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e tratar a fratura do pênis

A fratura do pênis ocorre quando o pênis em ereção é fortemente pressionado de forma errada, forçando o órgão a dobrar ao meio. Isso normalmente acontece quando a mulher está sobre o homem e o pênis escapa da vagina, fazendo com que ela sente abruptamente sobre o órgão do parceiro, causando o rompimento dos corpos cavernosos do pênis, local onde acontece a fratura.

Outra causa mais rara é dobrar o pênis ereto com a mão na tentativa de interromper a ereção, como quando um filho entra no quarto, por exemplo. Em geral, o tratamento é feito com cirurgia e a recuperação total demora cerca de 4 a 6 semanas.

Sinais de fratura no pênis

A fratura no pênis é fácil de ser identificada, pois é possível ouvir o barulho de um estalo no momento em que ocorre o rompimento dos tecidos do órgão.

Então, logo em seguida ocorre dor forte, perda de ereção, hematomas de cor azulada ou preta e grande inchaço, aumentando também o tamanho do saco escrotal. Caso a lesão afete também a uretra, é possível notar sangue ao urinar.

Como identificar e tratar a fratura do pênis

O que fazer

Logo que sentir os sinais da fratura peniana, deve-se ir ao pronto socorro procurar ajuda. A confirmação da fratura é feita através de exame clínico, raio-X do pênis, cavernosografia, uretrocistografia.

Em alguns casos, também pode ser necessário fazer uma citoscopia, procedimento em que um pequeno tubo com uma câmera é colocado na uretra, canal por onde sai a urina, para avaliar se ela também foi lesionada.

Como tratar

Após saber o tamanho e onde ocorreu a lesão, normalmente é necessário fazer uma cirurgia para reparar os tecidos rompidos, que deve ser feita em até 3 dias após a fratura, pois quando mais cedo for feita, melhor será a recuperação. Em geral, o tempo de internamento é de 3 a 6 dias.

O tratamento apenas com remédios anti-inflamatórios e antibióticos só é feito quando a fratura é muito pequena, com poucos hematomas e inchaço. Além disso, durante a recuperação é necessário colocar gelo na região, tomar medicamentos que inibem a ereção noturna involuntária e não ter contato íntimo por cerca de 4 a 6 semanas.

Complicações

As complicações da fratura podem ser presença de curvatura no pênis ereto e disfunção erétil, pois o tecido de cicatrização impede que o pênis fique ereto normalmente.

No entanto, essas complicações geralmente só acontecem quando o tratamento no hospital não é feito ou quando o homem demora para buscar ajuda médica.

Veja as causas e o tratamento da impotência sexual masculina.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...