Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tratamento para curar o câncer de intestino

O tratamento para o câncer de intestino é feito de acordo com o estágio e gravidade da doença, localização, tamanho e características do tumor, podendo ser indicada a realização de cirurgia, quimioterapia, radioterapia ou imunoterapia.

O câncer de intestino tem cura quando o diagnóstico é feito nas fases iniciais da doença e o tratamento é iniciado logo em seguida, pois assim é mais fácil evitar metástase e controlar o desenvolvimento do tumor. No entanto, quando o câncer é identificado em fases mais tardias, torna-se mais difícil alcançar a cura, mesmo o tratamento sendo realizado de acordo com a orientação médica.

Tratamento para curar o câncer de intestino

1. Cirurgia

A cirurgia é normalmente o tratamento de escolha para o câncer de intestino e normalmente envolve a retirada de uma porção do intestino que esteja afetada e uma pequena parte do intestino saudável, para garantir que não restem células cancerígenas no local.

Quando o diagnóstico é feito nas fases inciais, a cirurgia pode ser feita apenas retirando uma pequena porção do intestino, no entanto quando o diagnóstico é feito em fases mais avançadas, pode ser necessário que a pessoa realize quimio ou radioterapia para diminuir o tamanho do tumor e ser possível realizar a cirurgia. Veja como é feita a cirurgia para câncer de intestino.

A recuperação após a cirurgia do câncer de intestino é demorada e durante o pós operatório a pessoa pode apresentar dor, cansaço, fraqueza, prisão de ventre ou diarreia e presença de sangue nas fezes, sendo importante informar ao médico caso esses sintomas sejam persistentes.

Após a cirurgia, o médico pode indicar o uso de analgésicos ou anti-inflamatórios, para promover a recuperação e aliviar os sintomas que podem surgir após a cirurgia, além de antibióticos para prevenir infecções. Além disso, dependendo da extensão e gravidade do câncer, o médico pode indicar a realização de quimio ou radioterapia.

2. Radioterapia

A realização da radioterapia pode ser indicada para diminuir o tamanho do tumor, sendo recomendada antes da cirurgia. Além disso, pode ser também indicada com o objetivo de controlar os sintomas e evitar o desenvolvimento do tumor. Assim, a radioterapia pode ser aplicada de diferentes formas:

  • Externa: a radiação vem de uma máquina, sendo necessário o paciente ir ao hospital fazer o tratamento, durante alguns dias por semana, de acordo com a indicação. 
  • Interna: a radiação vem de um implante contendo o material radioativo colocado junto do tumor,  e dependendo do tipo, o paciente deve permanecer no hospital durante alguns dias para o tratamento.  

Os efeitos colaterais da radioterapia geralmente são menos agressivos que os da quimioterapia, mas incluem irritação da pele na região tratada, náuseas, fadiga e irritação no reto e bexiga. Estes efeitos tendem a diminuir ao final do tratamento, mas a irritação do reto e da bexiga podem persistir por meses.

3. Quimioterapia

Assim como a radioterapia, a quimioterapia pode ser utilizada antes da cirurgia para diminuir o tamanho do tumor ou como forma de controlar os sintomas e o desenvolvimento do tumor, no entanto essa terapia também pode ser realizada após a cirurgia com o objetivo de eliminar as células cancerígenas que não foram totalmente eliminadas.

Dessa forma, os principais tipos de quimioterapia utilizadas no câncer de intestino podem ser:

  • Adjuvante: realizada após a cirurgia para destruir as células cancerígenas que não foram removidas na cirurgia;
  • Neoadjuvante: utilizada antes da cirurgia para diminuir o tumor e facilitar a sua retirada;
  • Para câncer avançado: utilizada para diminuir o tamanho do tumor e aliviar os sintomas causados pelas metástases. 

Alguns exemplos de remédios utilizados na quimioterapia são o Capecitabina, 5-FU e o Irinotecano, que podem ser administrados por injeção ou em forma de comprimido. Os principais efeitos colaterais da quimioterapia podem ser queda de cabelo, vômitos, perda de apetite e diarreia recorrente.

4. Imunoterapia

A imunoterapia utiliza determinados anticorpos que são injetados no organismo para identificar e atacar as células cancerígenas, impedindo o crescimento do tumor e as chances de metástases. Estes medicamentos não afetam as células normais diminuindo assim os efeitos colaterais. Os medicamentos mais utilizados na imunoterapia são o Bevacizumab, Cetuximab ou Panitumumab.

Os efeitos colaterais da imunoterapia no tratamento para câncer de intestino podem ser erupção cutânea, dor de barriga, diarreia, sangramento, sensibilidade à luz ou problemas respiratórios.

Bibliografia >

  • NHS. Bowel cancer. Disponível em: <https://www.nhsinform.scot/illnesses-and-conditions/cancer/cancer-types-in-adults/bowel-cancer#about-bowel-cancer>. Acesso em 16 Abr 2020
  • AMERICAN CANCER SOCIETY. Treating Colorectal Cancer. Disponível em: <https://www.cancer.org/cancer/colon-rectal-cancer/treating.html>. Acesso em 20 Abr 2020
  • PROJETO DIRETRIZES AMB/CFM. Diagnóstico, Estadiamento e Tratamento Cirúrgico e Multidisciplinar do Câncer Colorretal. 2001. Disponível em: <https://diretrizes.amb.org.br/_BibliotecaAntiga/diagnostico-estadiamento-e-tratamento-cirurgico-e-multidisciplinar-do-cancer-colorreta.pdf>. Acesso em 20 Abr 2020
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE- SECRETARIA DE ATENÇÃO À SAÚDE. Diretrizes Diagnósticas e Terapêuticas do Câncer de Cólon e Reto. 2014. Disponível em: <http://conitec.gov.br/images/Artigos_Publicacoes/ddt_Colorretal__26092014.pdf>. Acesso em 20 Abr 2020
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem