Fezes escuras ou pretas: 6 causas (e o que fazer)

Revisão médica: Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
fevereiro 2022

As fezes escuras ou pretas normalmente surgem quando existe sangue digerido na composição do cocô e, por isso, podem ser um importante sinal de sangramento na parte inicial do sistema digestivo, especialmente no esôfago ou no estômago, provocado por úlceras ou varizes.

No entanto, as fezes escuras, ou negras, também podem surgir em outras situações menos preocupantes, como quando se faz uma dieta rica em ferro, quando se está tomando suplementos de ferro ou quando se faz uso de alguns tipos específicos de remédios.

Ainda assim, sempre que as fezes permanecerem escuras por mais de 2 dias é importante consultar um gastroenterologista para fazer exames de fezes ou uma colonoscopia, por exemplo, para identificar a causa e iniciar o tratamento adequado.

Conheça outras alterações da cor do cocô e suas causas comuns.

As causas mais comuns para o aparecimento de fezes escuras incluem:

1. Ingestão de alimentos ricos em ferro

Fazer uma alimentação muito rica em alimentos como feijão, carne vermelha ou beterraba aumenta os níveis de ferro no organismo, fazendo que o intestino não absorva todo o ferro disponível nos alimentos, sendo eliminado na fezes e provocando uma coloração escura.

No entanto, as fezes escuras que surgem devido à ingestão excessiva normalmente não apresentam um cheiro fétido, como as fezes que se encontram escurecidas devido à presença de sangue, por exemplo.

O que fazer: deve-se evitar a ingestão exagerada de alimentos ricos em ferro e observar se as fezes voltam a apresentar uma coloração mais clara. Veja quais os alimentos ricos em ferro, que deve evitar.

2. Consumo de alimentos vermelhos ou pretos

Além dos alimentos ricos em ferro, aqueles que possuem uma coloração vermelha muito intensa ou que têm cor preta, também podem alterar a cor das fezes, deixando-as mais escuras. Alguns exemplos de alimentos incluem:

  • Alcaçuz;
  • Mirtilos;
  • Chocolate negro;
  • Gelatina com corante vermelho;
  • Beterraba.

Caso se desconfie que esta possa ser a causa é recomendado ter atenção à alimentação durante 2 ou 3 dias, evitando esse tipo de alimento, e observar se as fezes acabam por clarear. Se ainda assim as fezes continuarem muito escuras é possível que seja outra causa e é importante consultar um gastroenterologista.

3. Uso de suplementos e remédios

O uso de alguns suplementos, especialmente os de ferro e chumbo, assim com o uso de alguns remédios, como anticoagulantes ou anti-inflamatórios, podem levar ao escurecimento das fezes cerca de 1 a 2 dias após o início do tratamento.

O que fazer: caso a alteração na coloração das fezes surja pouco tempo após iniciar o tratamento com um remédio ou suplemento, é recomendado consultar o médico que o prescreveu para trocar o remédio, caso seja possível.

4. Úlceras no estômago

A úlcera no estômago, também conhecida como úlcera gástrica, é uma ferida que pode ser formada na mucosa do estômago e levar ao aparecimento de alguns sintomas, como dor no estômago, enjoo, vômito e sangramentos no estômago, que é notado através das fezes, que ficam mais escuras e com o cheiro mais forte.

O que fazer: é importante que o gastroenterologista seja consultado para que seja identificada a causa das úlceras e, assim, seja iniciado o tratamento mais adequado, que pode envolver o uso de medicamentos para diminuir e/ ou neutralizar a acidez do estômago, o que ajuda a aliviar os sintomas. Confira mais detalhes do tratamento para úlceras gástricas.

5. Varizes esofágicas

As varizes esofágicas acontecem quando os vasos sanguíneos do esôfago ficam dilatados, o que é normalmente consequência de alterações do fígado, e podem levar ao aparecimento de sintomas quando rompem, resultando em vômito com sangue e sangue nas fezes, o que as tornam escuras. Além disso, é possível notar palidez, tontura e respiração mais ofegante, por exemplo. Saiba reconhecer os sintomas de varizes esofágicas.

O que fazer: nos casos em que o sangramento é muito intenso e a pessoa perde a consciência, é recomendado que o SAMU seja acionado. Além disso, caso já se tenha tido o diagnóstico de varizes esofágicas, o médico pode recomendar o uso de alguns medicamentos de acordo com a gravidade das varizes e a causa, além de também poder ser indicada a realização de cirurgia, em alguns casos.

6. Câncer no estômago ou no intestino

O câncer no estômago ou no intestino podem também deixar as fezes mais escuras devido à maior sensibilidade dessa região, havendo maior risco de sangramentos, o que é observado nas fezes.

O que fazer: nesse caso é importante seguir o tratamento indicado pelo médico, que tem como objetivo diminuir a taxa de multiplicação das células cancerígenas e promover a sua eliminação, podendo envolver a realização de sessões de quimio e/ ou radioterapia e cirurgia.

O que deixa as fezes escuras no bebê

As fezes escuras no bebê são normais quando acontecem logo após o parto, sendo chamadas de mecônio. O mecônio é uma substância de cor verde escuro produzida pelo feto durante a gestação, que é expelido nas primeiras horas de vida. Até o sexto dia de vida pode ser normal fezes em tom marrom ou verde bastante escuro. Veja outras causas de fezes verdes.

Porém, com o passar de algumas semanas e meses, as fezes vão mudando de cor e textura, especialmente após a introdução de novos alimentos, como mingaus, frutas, legumes, carnes e ovos, por exemplo.

Em alguns casos, nos bebês, pode aparecer uma pequena quantidade de sangue nas fezes, tornando-a mais escura, mas geralmente não é grave, pois são causadas por gripes ou alergia ao leite. No entanto, se isso ocorrer é importante informar o pediatra para que seja identificada a causa e iniciado o tratamento.

Entenda melhor por que as fezes do bebê podem ficar escuras.

Quando ir ao médico

Sempre que existe suspeita de que as fezes escuras estão sendo causadas pela presença de sangue digerido é muito importante consultar um gastroenterologista. No entanto, também é importante consultar o médico se existirem sinais e sintomas como:

  • Presença de cheiro fétido;
  • Dor abdominal intensa;
  • Náuseas e vômitos;
  • Presença de sangue vermelho vivo nas fezes ou vômito;
  • Perda de peso;
  • Alterações do apetite.

Nestes casos, é normal que, além de avaliar os sintomas e o histórico clínico da pessoa, o médico também peça a realização de alguns exames, principalmente exame de fezes e endoscopia.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em fevereiro de 2022. Revisão médica por Dr.ª Clarisse Bezerra - Médica de Saúde Familiar, em fevereiro de 2020.

Bibliografia

  • NHS. Bleeding from the bottom (rectal bleeding). Disponível em: <https://www.nhs.uk/conditions/bleeding-from-the-bottom-rectal-bleeding/>. Acesso em 07 fev 2020
  • GOLDMAN, Lee; SCHAFER, Andrew I.. Goldman-Cecil Medicina. 25.ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2018. 892-898.
Mostrar bibliografia completa
  • AMERICAN CANCER SOCIETY. Blood in Stool. Disponível em: <http://www.cancer.org/treatment/treatments-and-side-effects/physical-side-effects/stool-or-urine-changes/blood-in-stool.html>. Acesso em 07 fev 2020
Revisão médica:
Dr.ª Clarisse Bezerra
Médica de Saúde Familiar
Formada em Medicina pelo Centro Universitário Christus e especialista em Saúde da Família pela Universidade Estácio de Sá. Registro CRM-CE nº 16976.

Tuasaude no Youtube

  • O que a cor das fezes diz sobre a sua saúde

    03:23 | 324393 visualizações