Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Toracotomia: o que é, tipos e indicações

Atualizado em Junho 2019

A toracotomia é um procedimento cirúrgico médico que consiste na abertura da cavidade torácica e que pode ocorrer em diferentes regiões do tórax, com o objetivo de proporcionar a via mais direta de acesso ao órgão afetado e uma largura suficiente para permitir um bom campo operatório, evitando a lesão de órgãos.

Existem diferentes tipos de toracotomia, que devem ser realizados consoante o órgão a que se pretende aceder e o procedimento que é necessário realizar, sendo que, pode ser utilizado para analisar ou remover órgãos ou estruturas lesadas, controlar sangramentos, tratar uma embolia gasosa, realizar massagem cardíaca, entre outros.

Toracotomia: o que é, tipos e indicações

Tipos de toracotomia

Existem 4 diferentes tipos de toracotomia, que estão relacionados com a região em que é realizada a incisão:

  • Toracotomia posterolateral: este é o procedimento mais comum, e o método geralmente usado para aceder aos pulmões, para remover um pulmão ou a porção de um pulmão devido a um câncer, por exemplo. Durante esta cirurgia, é feita uma incisão ao longo do lado do peito em direção às costas, entre as costelas, e as costelas são separadas, podendo ser necessário remover uma delas para se poder visualizar o pulmão.
  • Toracotomia mediana: Neste tipo de toracotomia a incisão é feita ao longo do esterno, de forma a abrir acesso ao peito. Geralmente, o procedimento é usado quando se pretende realizar uma cirurgia ao coração.
  • Toracotomia axilar: Neste tipo de toracotomia, é feita uma incisão na região da axila, que é geralmente utilizada para tratar o pneumotórax, que consiste na presença de ar na cavidade pleural, entre o pulmão e a parede do tórax.
  • Toracotomia anterolateral: Geralmente, este procedimento é utilizado em casos de emergência, em que é realizada uma incisão ao longo da parte da frente do peito, que pode ser necessária após a ocorrência de um trauma no peito ou para permitir o acesso direto ao coração após uma parada cardíaca. 

Possíveis efeitos colaterais

Algumas das complicações que podem ocorrer após a execução de uma toracotomia são:

  • Ventilação após a cirurgia;
  • Vazamento de ar, sendo necessária a utilização prolongada de um tubo torácico após o procedimento;
  • Infecção;
  • Sangramento;
  • Formação de coágulos sanguíneos;
  • Complicações decorrentes da anestesia geral;
  • Ataque cardíaco ou arritmias;
  • Alterações das cordas vocais;
  • Fístula broncopleural;

Além disso, em alguns casos, a região onde foi realizada a toracotomia, pode causar dor por um longo período após a cirurgia. Nestes casos, ou caso a pessoa detete alguma anomalia no período de recuperação, o médico deve ser informado.

Bibliografia >

  • CARREIRO, Paulo Roberto Lima. Toracotomia de reanimação. Rev Med Minas Gerais. 19. 3; 237-241, 2009
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem