Tomar laxante emagrece?

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
março 2022

Os laxantes não ajudam a emagrecer, pois a função desse medicamento é estimular o intestino para favorecer a saída das fezes, sendo principalmente indicado para aliviar a prisão de ventre.

O que acontece é que as pessoas com prisão de ventre costumam apresentar distensão abdominal e utilizam os laxantes para esvaziar o intestino, o que faz com que o abdômen fique mais plano e menos inchado, dando uma falsa impressão de que aconteceu a perda de peso.

O uso de laxantes como Dulcolax e Lactopurga, por exemplo, deve ser feito sob orientação médica, pois podem causar alguns efeitos secundários não desejados, como interferir na absorção de alguns nutrientes, principalmente quando utilizados a longo prazo.

Efeitos secundários do uso de laxantes

Os efeitos secundários mais frequentes relacionados com o uso de laxantes são diarreia, dor abdominal, gases e distensão abdominal. No entanto, o uso frequente e prolongado desse tipo de medicamento pode causar outros efeitos secundários mais graves, sendo os principais:

  • Atrasar o trânsito intestinal, já que o intestino pode ficar "viciado", ou seja, pode funcionar apenas após o uso do medicamento, dificultando a defecação de forma natural;
  • Provocar desidratação, pois os laxantes podem provocar diarreia e perda de água, potássio e outros sais, causando um desequilíbrio eletrolítico no organismo, podendo aumentar o risco de alterações cardíacas, cansaço excessivo e fraqueza muscular;
  • Causar deficiência de vitaminas e minerais, pois a diarreia interfere na absorção de nutrientes a nível intestinal;
  • Aumentar o risco de problemas cardíacos e complicações renais, a longo prazo.

Além disso, a alteração da microbiota intestinal causada pelo uso frequente de laxantes pode trazer consequências, podendo a pessoa ter episódios alternados de diarreia e prisão de ventre de forma frequente. Por isso, o uso de laxantes só deve ser feito sob indicação médica.

Como soltar o intestino naturalmente

O mais aconselhado para quem sofre com o intestino preso e com a barriga inchada é investir em alimentos ricos em fibras, devendo aumentar progressivamente o consumo de frutas e vegetais com casca, assim como cereais integrais. Confira uma lista de alimentos ricos em fibras.

As fibras atuam como um laxante natural, já que favorecem o bom funcionamento do intestino, pois não são digeridas pelo organismo, ajudam a tornar as fezes mais macias e a aumentar o volume do bolo fecal, fazendo com que sejam eliminadas com maior facilidade e frequência. Além disso, as fibras aumentam a sensação de saciedade, fazendo com que a pessoa diminua a quantidade de alimentos que consome, favorecendo a perda de peso.

É importante que a dieta rica em fibras seja acompanhada pelo consumo adequado de água, que é de cerca de 2,5 litros por dia. Veja no vídeo a seguir mais dicas do que fazer para combater a prisão de ventre sem que seja necessário usar laxantes:

Como emagrecer e perder barriga sem remédios

Para emagrecer e perder barriga de forma saudável é importante diminuir a quantidade de calorias consumidas, sendo indicado para isso realizar uma alimentação variada e equilibrada em que as furtas, vegetais, cereais integrais, proteínas e gorduras boas façam parte. É importante também evitar o consumo de alimentos ricos em gorduras e açúcares, assim como de bebidas alcoólicas.

Também é importante praticar atividade física de forma regular, principalmente exercícios cardiovasculares como caminhar, correr, nadar e/ ou dançar, por exemplo.

Para saber quantos kg você precisa emagrecer insira seus dados:

Erro
anos
Erro
cm
Erro

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em março de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em março de 2022.

Bibliografia

  • AGENCIA ESPAÑOLA DE MEDICAMENTOS Y PRODUCTOS SANITARIOS,. Prospecto: Dulcolaxo Bisacodilo 5 mg comprimidos gastrorresistentes Bisacodilo. Disponível em: <https://cima.aemps.es/cima/dochtml/p/28410/Prospecto_28410.html>. Acesso em 23 fev 2022
  • DIVINS Maria. Laxantes. Elsevier. 21. 1; 34-38, 2007
Mostrar bibliografia completa
  • INFORMACIÓN FARMACOTERAPÉUTICA DE LA COMARCA. Estreñimiento y laxantes. Actualización. 2015. Disponível em: <https://www.euskadi.eus/contenidos/informacion/cevime_infac_2015/es_def/adjuntos/INFAC_Vol_23_n_10_estenimiento.pdf>. Acesso em 23 fev 2022
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.

Tuasaude no Youtube

  • LAXANTE FUNCIONA PARA EMAGRECER?

    06:07 | 311338 visualizações