Tipos de daltonismo e como tratar (com teste online)

O daltonismo é classificado em diferentes tipos, como daltonismo vermelho-verde, daltonismo azul-amarelo e daltonismo completo, que variam conforme as cores que a pessoa consegue enxergar.

O daltonismo é uma condição que pode causar dificuldade em ver as cores e o brilho de forma natural, incapacidade para diferenciar tons de cores iguais ou similares ou de ver qualquer cor e de ver tudo apenas em tons de cinza.

Leia também: Daltonismo: o que é, sintomas, tipos e tratamento tuasaude.com/daltonismo

Para identificar corretamente o tipo de daltonismo, é aconselhado consultar o oftalmologista, para que seja feita uma avaliação completa, incluindo testes, e indicar o tratamento adequado, que pode ser feito com o uso de óculos e lentes de contato especiais.

Imagem ilustrativa número 1

Principais tipos de daltonismo

O daltonismo pode ser classificado em:

1. Daltonismo vermelho-verde

O daltonismo vermelho-verde é o tipo mais comum desta condição, que dificulta diferenciar a cor vermelho e verde.

Existem 4 tipos de daltonismo vermelho-verde:

  • Deuteranomalia: é o tipo mais comum de daltonismo vermelho-verde, que faz com que alguns tons de verde sejam mais parecidos com vermelho;
  • Protanomalia: neste tipo, alguns tons de vermelho parecem mais verdes e menos brilhantes.

Já a protanopia e a deuteranopia, são tipos de daltonismo vermelho-verde que impedem a pessoa de diferenciar entre a cor vermelha e a verde.

2. Daltonismo azul-amarelo

O daltonismo azul-amarelo pode surgir em homens e mulheres, sendo um tipo menos comum. A pessoa que apresenta este tipo de daltonismo, tem dificuldades para diferenciar entre várias combinações de cores diferentes.

O daltonismo azul-amarelo pode ser classificado em tritanomalia, que dificulta a distinção entre o azul e o verde e entre o amarelo e o vermelho. Já na tritanopia, as cores parecem menos brilhantes e a pessoa não consegue diferenciar entre azul e verde, roxo e vermelho, e amarelo e rosa.

3. Daltonismo completo

No daltonismo completo, também conhecido como monocromacia ou acromatopsia, a pessoa apresenta deficiência total de visão de cores, não conseguindo ver as cores.

Esse tipo de daltonismo é muito raro e a pessoa que apresenta esse tipo, também pode apresentar dificuldades em enxergar com clareza e ter maior sensibilidade à luz.

Teste online de sintomas

Para saber as suas chances de ter daltonismo, responda as questões no teste a seguir:

Este teste é apenas uma ferramenta de orientação e, por isso, não deve ser usado como diagnóstico e nem substituir a consulta com o oftalmologista.

Como identificar o daltonismo

O daltonismo é identificado pelo oftalmologista, através de diferentes testes de visão de cores, como teste Ishihara, que é feito para avaliar se a pessoa possui daltonismo vermelho-verde através de cartões com pontos coloridos.

Se deseja saber o risco de ter daltonismo, marque uma consulta com o especialista mais próximo da sua região:

Cuidar da sua saúde nunca foi tão fácil!

Marque uma consulta com nossos Oftalmologistas e receba o cuidado personalizado que você merece.

Marcar consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Foto de uma doutora e um doutor de braços cruzados esperando você para atender

O oftalmologista também pode aplicar o teste de Farnsworth ou ainda o teste de lãs de Holmgreen, que consiste em separar fios de lã com cores de diferentes tons em uma ordem pré-determinada.

Como é feito o tratamento

O daltonismo não tem cura e o tratamento indicado pelo médico pode incluir o uso de óculos ou lentes de contato especiais, que ajudam a diferenciar as cores e aumentar o contraste.

Se o daltonismo for causado por outro problema de saúde, o médico pode recomendar o tratamento para esta condição. Em caso de pessoas que usam medicamentos que causam daltonismo, o médico poderá ajustar a dosagem ou mudar o medicamento.

Além disso, existem aplicativos que permitem tirar fotos com o telefone ou tablet e, depois, tocar em uma parte da foto para descobrir a sua cor.