Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Tamponamento cardíaco

Tamponamento cardíaco  é uma emergência médica, onde ocorre acúmulo de líquido entre as duas membranas do pericárdio, que envolve o coração.
A consequência será o bombeamento ineficiente de sangue para os órgãos e tecidos do corpo, reduzindo a pressão arterial, podendo causar choque e morte, se não tratada a tempo.

Sintomas do tamponamento cardíaco

Os sintomas do tamponamento cardíaco são os seguintes:

  • Redução da pressão arterial;
  • Aumento da frequência respiratória e cardíaca;
  • Pulsação paradoxal: desaparece ou diminui durante a inspiração;
  • Veias do pescoço distendidas;
  • Dor no tórax;
  • Queda do nível de consciência;
  • Pés e mãos frias e roxas;
  • Falta de apetite e dificuldade para engolir:
  • Tosse e dificuldade para respirar.

Caso sejam percebidos os sintomas descritos acima, associados a manifestações de insuficiência renal aguda, deve-se seguir imediatamente para as urgências do hospital pois pode se tratar de tamponamento cardíaco.

Causas do tamponamento cardíaco

As causas do tamponamento cardíaco estão relacionadas às diversas situações que possam acumular líquido no espaço pericárdico. São algumas delas:

  • Trauma no tórax por acidentes de carro;
  • História de câncer, especialmente dos pulmões e coração;
  • Hipotireoidismo: diminuição na produção de hormônios da glândula tireoide;
  • Pericardite: doença do coração que resulta de infecções bacterianas ou virais;
  • História de insuficiência renal;
  • Ataque cardíaco recente;
  • Lúpus eritematoso sistêmico;
  • Tratamento de radioterapia;
  • Uremia: elevação de ureia no sangue;
  • Cirurgia recente do coração que causem lesões no pericárdio.

As causas do tamponamento devem ser identificadas e tratadas, para que complicações cardíacas sejam evitadas o mais brevemente possível.

Diagnóstico do tamponamento cardíaco

O diagnóstico do tamponamento cardíaco é confirmado através dos seguintes exames:

  • Rx de Tórax;
  • Eletrocardiograma ou ECG;
  • Ecocardiograma transtorácico;
  • Ressonância magnética.

É importante realçar que logo que surjam os sintomas de tamponamento cardíaco, deve-se fazer um ecocardiograma o mais rápido possível pois é o exame de escolha para confirmar o diagnóstico nestes casos.

Tratamento para tamponamento cardíaco

O tratamento para tamponamento cardíaco deve ser feito em caráter de urgência, através das seguintes condutas:

  • Tomada de analgésicos, como a morfina, e diuréticos, como a furosemida: visam  estabilizar o quadro até que o líquido possa ser retirado através de cirurgia;
  • Reposição do volume de sangue do organismo;
  • Administração de oxigênio: tem objetivo de reduzir a carga sobre o coração, diminuindo a necessidade que os órgãos possuem de fluxo sanguíneo;
  • Repouso absoluto com a cabeça ligeiramente levantada;
  • Pericardiocentese: cirurgia para retirada do líquido em excesso do coração. 

É importante referir que a pericardiocentese é um procedimento  provisório, mas suficiente para aliviar os sintomas e salvar a vida do paciente. O tratamento definitivo será uma cirurgia conhecida como janela pericárdica, que possibilita a drenagem do líquido pericárdico para a cavidade pleural que envolve os pulmões.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...