Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é o surfactante pulmonar e como funciona

O surfactante pulmonar é um líquido produzido pelo organismo cuja função é formar uma camada de filme que facilita a troca dos gases respiratórios nos pulmões. Sua ação permite que os alvéolos pulmonares, que são pequenos sacos responsáveis pelas trocas gasosas, fiquem abertos durante a respiração, através de uma tensão, o que facilita a entrada de oxigênio na circulação de sangue. 

Os recém nascidos muito prematuros podem ainda não ter uma produção suficiente de surfactante pulmonar para garantir uma respiração eficiente e, por isso, podem desenvolver a síndrome do desconforto respiratório infantil, causando intensa dificuldade para respirar.

Felizmente, existe um medicamento que é o surfactante exógeno, que imita a substância natural do corpo, e ajuda a respiração do bebê até que ele consiga produzir sozinho. Este medicamento pode ser administrado já na primeira hora após o nascimento do bebê, para um resultado mais rápido, através de uma sonda direto nos pulmões.

O que é o surfactante pulmonar e como funciona

O que causa a falta de surfactante 

O surfactante é produzido ao longo do amadurecimento dos pulmões do bebê, ainda no útero materno, após cerca de 28 semanas. Por isso, bebês prematuros que nascem antes deste período, ainda podem não ter a produção suficiente desta substância, o que causa a síndrome do desconforto respiratório infantil.

Esta doença, também conhecida com síndrome da membrana hialina ou síndrome da angústia respiratória, causa dificuldade para respirar, respiração rápida, chiado para respirar e lábios e dedos azulados, o que pode, até, ser fatal.

Nestes casos, o pediatra pode indicar a dose de surfactante exógeno ao recém nascido, que pode ser natural, extraído de animais, ou sintético, o que pode substituir a função do surfactante produzido nos pulmões e permitir uma respiração adequada. Saiba mais sobre os sintomas e como tratar a síndrome do desconforto respiratório infantil

Funções do surfactante

A principal função do surfactante pulmonar é permitir a adequada abertura dos alvéolos pulmonares e permitir a respiração, através da:

  • Manutenção da abertura dos alvéolos;
  • Diminuição da força necessária para a expansão dos pulmões;
  • Estabilização do tamanho dos alvéolos.

Desta forma, os pulmões ficam sempre ativos e capazes de realizar as trocas gasosas adequadamente.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...