Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar o prolapso retal

O prolapso retal é caracterizado por dores abdominais, sensação de evacuação incompleta, dificuldade para defecar, ardência no ânus e sensação de peso no reto, além de ser possível ver o reto, que é um tecido vermelho escuro e úmido em forma de tubo.

O prolapso retal é mais comum de acontecer a partir dos 60 anos devido ao enfraquecimento dos músculos da região, no entanto também pode acontecer em crianças devido à falta de desenvolvimento dos músculos, ou devido à força realizada no momento da evacuação.

Como identificar o prolapso retal

Principais sintomas

O principal sintoma do prolapso retal é a observação de um tecido vermelho escuro, úmido e em forma de tubo fora do ânus. Outros sintomas associados ao prolapso retal são:

  • Dificuldade para defecar;
  • Sensação de evacuação incompleta;
  • Cólicas abdominais;
  • Alterações nos hábitos intestinais;
  • Diarreia;
  • Presença de muco ou sangue nas fezes;
  • Sensação de presença de uma massa na região anal;
  • Sangramento no ânus;
  • Sensação de pressão e peso no reto;
  • Desconforto e sensação de ardência no ânus.

O prolapso retal é mais frequente em mulheres a partir dos 60 anos, devido ao músculo anal estar fraco e em pessoas com histórico prolongado de prisão de ventre devido a um esforço intenso na hora de evacuar.

Contudo, o prolapso retal também pode ocorrer em crianças até aos 3 anos de idade devido aos músculos e ligamentos do reto ainda estarem em desenvolvimento.

Tratamento para prolapso retal

O tratamento para prolapso retal envolve a compressão de uma nádega contra a noutra, a inserção manual do reto para dentro do ânus, aumento da ingestão de alimentos ricos em fibras e ingestão de cerca de 2 litros de água por dia. A cirurgia também pode ser recomendada nos casos em que o prolapso retal é frequente. Veja o que fazer em caso de prolapso retal.

Como é feito o diagnóstico

O diagnóstico do prolapso retal é feito pelo médico por meio da avaliação do orifício anal da pessoa em pé ou agachado fazendo força, assim o médico pode avaliar a extensão do prolapso e indicar a melhor forma de tratamento.

Além disso, o médico pode realizar o toque retal além de outros exames como radiografia com contraste, colonoscopia e sigmoidoscopia, que é um exame feito para avaliar a mucosa da parte final do intestino. Entenda o que é e como é feita a sigmoidoscopia.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem