Andropausa: o que é, sintomas e tratamento

A andropausa é uma situação caracterizada pela diminuição da produção de testosterona pelos homens, o que faz com que surjam sintomas semelhantes ao da menopausa nas mulheres, como alterações do humor, diminuição da libido, perda de massa muscular e cansaço excessivo, por exemplo.

Embora, a andropausa seja uma etapa normal do envelhecimento do homem, pode ser controlada através da reposição de testosterona através de remédios prescritos pelo endocrinologista ou urologista.

Andropausa: o que é, sintomas e tratamento

Sintomas de andropausa

Os sintomas da andropausa costumam surgir a partir dos 50 anos, isso porque nessa idade os níveis de testosterona produzidos e circulantes no organismo masculino passam a ser menores. Assim, os principais sinais e sintomas relacionados com a andropausa são:

  1. Cansaço excessivo;
  2. Alterações do humor frequentes;
  3. Ondas de calor;
  4. Diminuição da libido;
  5. Dificuldade de ereção;
  6. Diminuição da quantidade de pelos no corpo;
  7. Perda da massa muscular e aumento da quantidade de gordura no corpo;
  8. Dificuldade de concentração;

Na presença desses sinais e sintomas, é importante que o homem consulte o urologista para que sejam verificados os níveis de testosterona circulantes e os sintomas apresentados e, assim, ser possível avaliar a necessidade de iniciar tratamento.

Teste online

Selecione no teste a seguir os sintomas que possa estar apresentando para saber o risco de estar na andropausa:

  1. 1. Falta de energia e cansaço excessivo
  2. 2. Sentimentos de tristeza frequentes
  3. 3. Suores e ondas de calor
  4. 4. Diminuição do desejo sexual
  5. 5. Diminuição da capacidade de ereção
  6. 6. Ausência de ereções espontâneas pela manhã
  7. 7. Diminuição de pelos no corpo, incluindo na barba
  8. 8. Diminuição da massa muscular
  9. 9. Dificuldade de concentração e problemas de memória
Imagem que indica que o site está carregando

Como é tratamento

O tratamento para andropausa deve ser orientado pelo urologista e endocrinologista de acordo com os sintomas apresentados pelo homem e níveis de testosterona e tem como objetivo aliviar os sintomas e prevenir o desenvolvimento de complicações, como doenças cardíacas, anemia e osteoporose.

Na maioria dos casos, é recomendado que o homem realize a terapia de reposição hormonal, que pode ser feita de duas formas principais:

  • Comprimidos de testosterona: servem para aumentar os níveis de testosterona e, desta forma, diminuir os sintomas. Um exemplo de remédio para andropausa é o Undecanoato de Testosterona, que possui poucos efeitos colaterais;
  • Injeções de testosterona: são as mais econômicas e utilizadas no Brasil, usadas para aumentar os níveis de testosterona e reduzir os sintomas. Geralmente, aplica-se 1 dose da injeção por mês.

Após o início do tratamento, é normalmente indicado que o homem realize o exame de toque retal e a dosagem do PSA com o objetivo de verificar se houve alguma alteração importante na próstata devido ao tratamento.

Além disso, é importante que o homem adote hábitos saudáveis, como praticar atividade física de forma regular, dormir de 6 a 8 horas e ter uma alimentação equilibrada e variada, rica em alimentos que também poderiam aumentar os níveis de testosterona. Veja no vídeo a seguir o que comer para aumentar a testosterona naturalmente:

Esta informação foi útil?
Mais sobre este assunto: