Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sintomas causados pelo Zika vírus

​​Os sintomas da Zika incluem febre baixa, dor nos músculos e articulações, além de vermelhidão nos olhos e manchas vermelhas na pele. A doença é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, e os sintomas normalmente surgem 10 dias após a picada.

Normalmente a transmissão do Zika vírus ocorre através da picada do Aedes Aegypti, mas já existem casos de pessoas que contaminaram outras através do contato sexual sem camisinha. Uma das maiores complicações desta doença ocorre quando a gestante é contaminada com o vírus, o que pode causar microcefalia, uma grave doença neurológica em seu bebê.

Como saber se está com Zika vírus

Os sintomas da Zika são semelhantes aos da Dengue, porém, o Zika vírus é mais fraco e por isso, os sintomas são mais leves e desaparecem entre 4 a 7 dias, porém é importante ir ao médico para confirmar se realmente está com Zika. Inicialmente, os sintomas podem ser confundidos com uma simples gripe, provocando:

1. Febre baixa

A febre baixa, que pode variar entre 37,8°C e 38,5°C ocorre porque com a entrada do vírus no organismo existe um aumento da produção de anticorpos e este aumento eleva a temperatura corporal, assim a febre não deve ser encarada como sendo algo ruim, mas se sinaliza que os anticorpos estão trabalhando para combater o agente invasor.

Como aliviar: Além dos remédios indicados pelo médico pode ser útil evitar roupas muito quentes, tomar banho levemente mornos para adequar a temperatura da pele ou colocar panos levemente frios na nuca e axilas para diminuir a temperatura corporal.

2. Manchas vermelhas na pele

Pequenas manchas vermelhas na pelePequenas manchas vermelhas na pele

Estas ocorrem por todo corpo e apresentam-se ligeiramente elevadas. Elas iniciam no rosto e depois se espalham pelo corpo e algumas vezes podem ser confundidas com o sarampo ou com a dengue, por exemplo. No posto médico, a realização da prova do laço pode diferenciar os sintomas da dengue, já que o resultado será sempre negativo em caso de Zika. Diferentemente da dengue a Zika não pode causar complicações hemorrágicas.

3. Coceira no corpo

Além das pequenas manchinhas na pele a Zika também provoca coceira na pele na maioria dos casos, no entanto a coceira tende a diminuir em 5 dias e pode ser tratada com anti-histamínicos receitados pelo médico.

Como aliviar: Tomar banhos frios também pode ajudar a aliviar a coceira. Aplicar papa de maisena ou aveia fina nas áreas mais afetadas também pode ajudar a controlar este sintoma.

4. Dor nas articulações e nos músculos

Dor nas articulações, principalmente nas mãos e pésDor nas articulações, principalmente nas mãos e pés

A dor causada pelo Zika afeta todos os músculos do corpo, e ocorre principalmente nas pequenas articulações das mãos e dos pés. Além disso a região pode ficar levemente inchada e avermelhada, como também ocorre em caso de artrite. A dor pode ser mais intensa quando se movimenta, estando parado dói menos.

Como aliviar: Medicamentos como o Paracetamol e Ibuprofeno são úteis para aliviar esta dor mas compressas frias também podem ajudar a desinchar as articulações, aliviando a dor e o desconforto, além disso, deve-se repousar sempre que possível.

5. Dor de cabeça

A dor de cabeça causada pelo Zika afeta principalmente a parte detrás dos olhos, a pessoa pode ter a sensação que a cabeça está latejando, mas em algumas pessoas a dor de cabeça não é muito forte.

Como aliviar: Colocar compressas de água fria na testa e tomar um chá morno de camomila podem ajudar a aliviar este desconforto.

6. Cansaço físico e mental

Com a atuação do sistema imune contra o vírus, há um maior gasto energético e consequentemente a pessoa se sente mais cansada, com dificuldade para se movimentar e se concentrar. Isso ocorre como forma de proteção para que a pessoa descanse e o corpo possa se concentrar em combater o vírus.

Como aliviar: Deve-se descansar o máximo possível, beber bastante água para facilitar a eliminação do vírus e avaliar a possibilidade de não frequentar a escola ou o trabalho.

7. Vermelhidão e sensibilidade nos olhos

Vermelhidão nos olhos sem secreçãoVermelhidão nos olhos sem secreção

Esta vermelhidão é provocada pelo aumento da circulação sanguínea periorbital. Apesar de ser semelhante à conjuntivite não há qualquer secreção amarelada, embora possa haver um ligeiro aumento da produção de lágrimas. Além disso, os olhos ficam mais sensíveis à luz do dia e pode ser mais confortável usar óculos escuros.

Outros sintomas menos frequentes incluem alterações gastrointestinais como aftas, dor no abdômen, náuseas, vômitos, diarreia ou prisão de ventre. Dor de garganta também ocorre em algumas pessoas, embora seja menos frequente. Se tem algum destes sintomas, leia: Como saber se está com Zika vírus.

Em cerca de 80% dos casos, a Zika não causa nenhum sintoma, sendo por isso chamada de assintomática. Acredita-se que as pessoas que não manifestam sintomas de Zika tenham um sistema imune mais forte e por isso não chegam a apresentar os sintomas relacionadas à doença.

Transmissão do Zika vírus

O Zika vírus é transmitido aos humanos através de picadas do mosquito Aedes Aegypti, que geralmente picam ao final da tarde e à noite.

Mosquito Aedes Aegypti causador da ZikaMosquito Aedes Aegypti causador da Zika

O vírus pode passar de mãe para filho durante a gravidez provocando um grave doença chamada microcefalia, e também através da relação sexual com pessoas que estejam com a doença. Além disso, também existe a suspeita de que o Zika possa ser transmitido através do leite materno, fazendo com que o bebê desenvolva os sintomas de Zika e também através da saliva, mas estas hipóteses não estão confirmadas e parecem ser muito raras.

Se estiver grávida ou amamentando fale com o médico e siga todas as suas orientações. Veja como a Zika pode afetar a gravidez.

O Zika vírus é da mesma família dos causadores da Dengue e da Febre Chikungunya, causando sintomas semelhantes, porém menos intensos, mas suas consequências podem ser muito graves.

Remédios para tratar a Zika

O tratamento para Zika vírus é muito semelhante ao da dengue, no entanto, em caso de Zika vírus, o médico pode indicar o uso dos seguintes medicamentos:

  • Analgésicos como Paracetamol ou Dipirona, de 8 em 8 horas para combater a dor e a febre;
  • Anti-infamatórios como Ibuprofeno, de 8 em 8 horas, para diminuir as dores nas articulações e nos músculos;
  • Anti-alérgicos, como Loratadina, Cetirizina ou Hidroxizina para aliviar a vermelhidão na pele, nos olhos e a coceira no corpo;
  • Colírio lubrificante como Moura Brasil, para aplicar nos olhos 3 a 6 vezes ao dia.

Além dos remédios, é importante descansar durante 7 dias e fazer uma alimentação rica em vitaminas e minerais, além de beber muita água, para se recuperar mais rápido.

Se for o seu bebê que esta com Zika, pode ser um pouco mais complicado identificar os sintomas, sendo por isso necessário ficar bem atenta aos sinais que ele pode apresentar como febre e irritabilidade, o tratamento em bebês é ligeiramente diferente. Veja Como tratar do seu bebê com zika.

Além disso, os remédios que contém ácido acetil salicílico não devem ser utilizados, assim como ocorre em caso de dengue, porque eles podem aumentar o risco de hemorragias. Veja exemplos de remédios contraindicados nessas duas doenças em: Remédios para dengue.

Azitromicina na gravidez

O antibiótico Azitromicina encontra-se em fases de estudos para ser usados nas mulheres como forma de combate ao Zika vírus e prevenção da microcefalia no bebê.

Acredita-se que este antibiótico possa ser usado em grávidas com Zika e também nas mulheres que estão tentando engravidar, porque já podem estar grávidas e ainda não saberem. No entanto, esta possibilidade ainda encontra-se em estudos e deve ser discutida com o obstetra antes de começar a ser utilizado. Confira as contraindicações da Azitromicina

Assista o vídeo para saber como se proteger do Aedes Aegypti:

Complicações do Zika vírus

Apesar de normalmente a Zika ser mais branda que a dengue, em algumas pessoas podem surgir complicações como microcefalia nos bebês de mulheres infectadas na gravidez e síndrome de Guillain- Barré, por exemplo. Entenda como o Zika pode ser grave.

Por isso, se além dos sintomas típicos do Zika, a pessoa apresentar alguma alteração ou agravamento dos sintomas deve ir ao médico o mais rápido possível para realizar exames que possam confirmar estas outras doenças.

Saiba quais são os mitos e as verdades sobre o zika vírus e tire as suas dúvidas.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...