Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como identificar e diagnosticar a síndrome de Sjögren

O que é: 

A síndrome de Sjögren é uma doença reumática crônica e auto-imune, caracterizada por inflamação de algumas glândulas do corpo, como da boca e dos olhos, o que resulta em sintomas como boca seca e sensação de areia nos olhos, além do aumento do risco de infecções como cáries e conjuntivites. 

A síndrome de Sjögren pode se apresentar de 2 formas:

  • Primária: quando se apresenta isoladamente, devido a alterações da imunidade;
  • Secundária: quando surge em associação com outras doenças auto-imunes, como artrite reumatóide, lúpus, esclerodermia, vasculite, ou com hepatite crônica. 

Esta doença, apesar de não ter cura, tem uma evolução benigna, e se desenvolve ao longo de muitos anos, existindo também opções de tratamentos para aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida da pessoa, como colírios e saliva artificial.

Como identificar e diagnosticar a síndrome de Sjögren

Principais sintomas

Na síndrome de Sjögren há uma desregulação da imunidade da pessoa, o que provoca uma inflamação e autodestruição de glândulas, principalmente as salivares e lacrimais. Desta forma, estas glândulas não conseguem produzir secreções, e surgem sintomas como:

  • Boca seca, conhecida como xerostomia;
  • Dificuldade para engolir alimentos secos;
  • Dificuldade para falar por muito tempo;
  • Dor na barriga;
  • Olhos secos;
  • Sensação de areia nos olhos e vermelhidão;
  • Vista cansada;
  • Sensibilidade à luz;
  • Risco de ulcerações da córnea;
  • Aumento do risco de infecções como cáries, gengivite e conjuntivite;
  • Pele seca e ressecamento da mucosa das partes íntimas.

Esta síndrome é mais comum em mulheres jovens, mas pode acontecer em pessoas de todas as idades. Em alguns casos, os primeiros sintomas surgem na gravidez, pois este é um período em que as alterações hormonais e os estímulos emocionais podem exacerbar este tipo de doença.

Outros tipos de sintomas

Em situações mais raras, esta síndrome pode provocar sinais e sintomas que não estão relacionados com as glândulas, chamadas de manifestações extraglandulares. Algumas são:

  • Dor nas articulações e no corpo;
  • Cansaço e fraqueza;
  • Tosse seca;
  • Alterações na pele, como urticárias, manchas roxas, feridas na pele e alterações da sensibilidade.

Além disso, a síndrom de Sjögren pode provocar sintomas neurológicos, sendo um tipo de manifestação mais grave, que pode apresentar perda da força em um local do corpo, alterações na sensibilidade, convulsões e dificuldades na movimentação.

Apesar de pouco comum, as pessoas com a síndrome de Sjögren também podem ter uma chance aumentada de desenvolver um linfoma, o que pode acontecer em fases mais avançadas da doença. 

Como identificar e diagnosticar a síndrome de Sjögren

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico da síndrome de Sjögren é feito pelo reumatologista, que avalia os sintomas, faz o exame físíco das glândulas e pode solicitar exames como marcadores da imunidade, chamados de anti-Ro/SSA, anti-La/SSB e FAN.

A biópsia do lábio pode ser solicitada para confirmar quando há dúvida do diagnóstico ou para avaliar a presença de outros fatores que podem causar sintomas semelhantes ao desta síndrome, como infecções virais, diabetes, uso de alguns medicamentos ou causas psicológicas, por exemplo. Confira quais podem ser as outras causas de boca seca e como combater

Além disso, também é importante pesquisar a existência de Hepatite C, pois esta infecção pode causar sintomas muito semelhantes aos da síndrome de Sjögren. 

Como tratar

O tratamento para a síndrome de Sjögren é feito, principalmente, para controlar os sintomas, com uso de colírios lubrificantes e salivas artificiais, além de remédios como anti-inflamatórios, corticóides ou Hidroxicloroquina, por exemplo, para reduzir a inflamação, prescritos pelo reumatologista.

Outras alternativas naturais incluem mascar chicletes sem açúcar, tomar água com gotas de limão ou chá de camomila e consumir alimentos ricos em ômega 3, como peixes, azeite de oliva e óleo de semente de linhaça. Saiba mais detalhes de como é feito o tratamento da síndrome de Sjogren

Mais sobre este assunto:


Carregando
...