Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Síndrome de Lennox-Gastaut: o que é, sintomas, causas e tratamento

Revisão médica: Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
dezembro 2022

A síndrome de Lennox-Gastaut é uma forma rara de epilepsia que pode surgir na infância, provocando crises convulsivas, atraso do desenvolvimento motor, dificuldade de aprendizado e problemas comportamentais.

A epilepsia é uma doença causada por alterações no funcionamento do cérebro que, no caso da síndrome de Lennox-Gastaut, surgem devido a malformações cerebrais e doenças como meningite ou encefalite, por exemplo. No entanto, nem sempre é possível identificar a causa. Entenda melhor o que é epilepsia.

Em caso de suspeita de síndrome de Lennox-Gastaut é importante consultar um neuropediatra. Embora não tenha cura, o tratamento com anticonvulsivantes, dieta cetogênica e/ou fisioterapia, pode melhorar a qualidade de vida.

Imagem ilustrativa número 1

Principais sintomas

Os principais sintomas da síndrome de Lennox-Gastaut são:

  • Crises convulsiva;
  • Atraso do desenvolvimento motor;
  • Dificuldade de aprendizado;
  • Problemas comportamentais, como agitação, agressividade ou irritabilidade.

As crises convulsivas tendem a ocorrer diariamente e podem provocar a contração e rigidez dos músculos no corpo, especialmente à noite. Além disso, podem acontecer quedas frequentes durante o dia e episódios de olhar fixo e vago, como se a criança estivesse “fora do ar” ou “desligada do mundo”. Conheça outros sintomas de crises convulsivas.

Os outros sintomas, como o atraso do desenvolvimento neurológico e problemas comportamentais, tendem a surgir após o início das crises convulsivas e piorar caso as crises não sejam tratadas adequadamente. 

Possíveis causas

A Síndrome de Lennox-Gastaut normalmente é causada por doenças que podem afetar o funcionamento do cérebro, como meningite ou encefalite, malformações cerebrais ou lesões no cérebro devido a dificuldades no parto, por exemplo. 

No entanto, algumas vezes nenhuma causa específica é identificada. Além disso, em alguns casos, a síndrome de West, uma outra doença que também provoca crises convulsivas, pode evoluir para a síndrome de Lennox-Gastaut. Entenda melhor o que é a síndrome de West.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico de síndrome de Lennox-Gastaut normalmente é confirmado pelo neuropediatra levando em consideração os sintomas apresentados e o resultado do eletroencefalograma, que pode identificar alterações características da síndrome. 

Como é feito o tratamento

O tratamento da síndrome de Lennox-Gastaut pode envolver o uso de medicamentos, como ácido valpróico, topiramato e lamotrigina, a adoção de dietas específicas, como a dieta cetogênica, e até cirurgia para controlar as crises convulsivas. Entenda como é o tratamento de crises convulsivas em caso de epilepsia.

Além disso, dependendo das dificuldades de movimentação e alimentação, por exemplo, a reabilitação com fisioterapia e fonoaudiologia, também podem ser indicadas para evitar complicações, como dor, deformidades nas articulações e engasgos durante a alimentação.

Síndrome de Lennox-Gastaut tem cura?

A síndrome de Lennox-Gastaut não tem cura, no entanto, por meio do tratamento adequado é possível controlar as crises e melhorar a qualidade de vida em alguns casos. 

É comum que as crises sejam de difícil controle, necessitando de mais de um anticonvulsivante no seu tratamento.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em dezembro de 2022. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • STATPEARLS. Lennox Gastaut Syndrome. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK532965/>. Acesso em 19 dez 2022
  • JAHNGIR, Muhammad U; AHMAD, Malik Q; JAHANGIR, Memoona. Lennox-Gastaut Syndrome: In a Nutshell. Cureus. Vol.10, n.8. 2018
Mostrar bibliografia completa
  • MASTRAGELO, Mario. Lennox-Gastaut Syndrome: A State of the Art Review. Neuropediatrics. Vol.48, n.3. 143-151, 2017
  • ASADI-POOYA, Ali A. Lennox-Gastaut syndrome: a comprehensive review. Neurol Sci. Vol.39, n.3. 403-414, 2017
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Clínico geral
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878