Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Sais e soluções para terapia de reidratação oral (TRO)

Os sais e soluções de reidratação oral são produtos que estão indicados para fazer a reposição das perdas acumuladas de água e de eletrólitos, ou para manutenção da hidratação, em pessoas com vômitos ou com diarreia aguda.

As soluções são produtos já prontos a usar que contêm eletrólitos e água, enquanto que os sais são apenas eletrólitos que ainda precisam de ser diluídos na água, antes de serem utilizados.

A reidratação oral é um passo muito importante no tratamento dos vômitos e da diarreia, já que evita a desidratação, que pode ter consequências graves para o organismo. Saiba como identificar os sinais e sintomas da desidratação.

Sais e soluções para terapia de reidratação oral (TRO)

Que produtos usar

Os sais e soluções de reidratação oral podem ser encontrados nas farmácias com os nomes Rehidrat, Floralyte, Hidrafix ou Pedialyte, por exemplo. Estes produtos têm na sua composição sódio, potássio, cloro, citrato, glicose e água na sua composição, que são essenciais para prevenir a desidratação.

Como usar

As soluções de reidratação oral só devem ser usadas se forem recomendadas por um profissional de saúde.

Geralmente, estas soluções ou sais diluídos, devem ser ingeridos após cada dejeção diarreica ou vômito, na seguinte quantidade:

  • Crianças até 1 ano de idade: 50 a 100 mL;
  • Crianças de 1 a 10 anos de idade: 100 a 200 mL;
  • Crianças e adultos com idade superior a 10 anos: 400 mL ou conforme necessidade.

Em geral, as soluções de reidratação oral e os sais preparados devem ser conservados na geladeira depois de abertos ou preparados, num prazo máximo de 24 horas.

Os sucos, chás e sopas substituem a reidratação oral?

Para manter a hidratação, podem ser utilizados líquidos industrializados ou caseiros, como sucos, chás, sopas, soro caseiro e a água de coco verde. Porém, é importante que a pessoa saiba que embora sejam considerados hidratantes orais líquidos seguros e com concentrações aceitáveis de açúcar, apresentam na sua composição teores muitos baixos de eletrólitos, com quantidades de sódio e potássio inferiores a 60 mEq e 20mEq respetivamente, não sendo recomendados como reidratantes orais em casos mais severos, porque podem não ser suficientes para evitar a desidratação.

Assim, em casos mais severos e justificados pelo médico, recomenda-se que a reidratação oral seja feita com soluções industrializadas cujas concentrações de seus constituintes estejam dentro das faixas recomendadas pela Organização Mundial de Saúde (OMS). 

Além disso, o uso do soro caseiro deve ser evitado como reidratante em casos mais severos, já que a sua composição pode apresentar concentrações de solutos muito variadas, como risco de serem inadequadas por conter com mais açúcar e/ou mais sal do que o recomendado.

Bibliografia >

  • CARMO LF ET AL.. Concentração de sódio e glicose em soro de reidratação oral preparado por Agentes Comunitários de Saúde. 2010. Disponível em: <https://www.scielo.br/pdf/csc/v17n2/a17v17n2.pdf>. Acesso em 30 Abr 2020
  • SENA, Lauro Virgílio. Avaliação do conhecimento de mães sobre terapia de reidratação oral e concentração de sódio em soluções sal-açúcar de preparo domiciliar. Jornal de Pediatria . Vol.77. 6.ed; 2001
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem