Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Fisioterapia e Exercícios para Sacroileíte

A fisioterapia com exercícios é uma excelente estratégia para combater a sacroileíte porque consegue reposicionar a articulação no local certo e fortalecer os músculos envolvidos que ajudam a manter a estabilização da região pélvica.

A sacroileíte ocorre quando as articulações entre os ossos do sacro e ilíaco, da pélvis são afetadas pela inflamação. Ela pode ser classificando como sendo uni ou bilateral, e neste último caso os dois lados são afetados, causando dor no fundo das costas, que pode afetar o bumbum e a parte de trás ou interna das coxas.

O tratamento da sacroileíte pode ser feito com remédios analgésicos e anti-inflamatórios, além de sessões de fisioterapia. O uso de palmilhas ortopédicas de uso contínuo é indicado para equilibrar a altura das pernas, quando a pessoa apresenta um desnível maior que 1 cm no comprimento das pernas.

Fisioterapia para sacroileíte 

A fisioterapia é uma das formas de tratamento indicadas e dentre as opções terapêuticas têm-se o uso de aparelhos anti-inflamatórios como o ultrassom, calor, laser e tens, por exemplo. Estes ajudam a diminuir a dor local, facilitando os movimentos.

A mobilização articular e as manobras de osteopatia também podem ser indicadas para o tratamento, além de massagens de relaxamento nas costas, glúteos e posterior das pernas.

A prática do Pilates é uma grande aliada no tratamento ajudando a manter os músculos sustentadores da coluna devidamente tonificados e melhora a amplitude dos movimentos. Sentar-se de forma correta, evitar esportes de grande impacto, como corridas e futebol, são algumas das recomendações a serem seguidas.

Colocar um saco de gelo no local da dor durante 15 minutos, 2 vezes, por dia pode ajudar no tratamento.

Exercícios para sacroileíte 

Os exercícios mais indicados são os de fortalecimento dos abdominais, músculos da parte interna da coxa, e os que ajudam a manter o quadril devidamente estável. Alguns exemplos de exercícios para combater a sacroileíte são:

1. Ponte

Fisioterapia e Exercícios para Sacroileíte

Deitar de barriga para cima, dobrar os joelhos e sugar o umbigo para trás, mantendo essa contração do músculo transverso abdominal. O movimento consiste em elevar o quadril do chão, mantendo-o elevado por 5 segundos. Repetir 10 vezes.

2. Apertar uma bola entre as pernas

Fisioterapia e Exercícios para Sacroileíte

Na mesma posição deve colocar uma bola com cerca de 15 à 18 cm de diâmetro entre os joelhos. O movimento é apertar a bola durante 5 segundos de cada vez e depois soltar, sem deixar a bola cair. Repetir 10 vezes.

3. Elevação da perna 

Fisioterapia e Exercícios para Sacroileíte

Deitado de barriga para cima, manter as pernas esticadas e sugar o umbigo para trás, para manter a contração dos músculos profundos do abdômen. O movimento consiste em elevar uma perna o máximo que conseguir e depois baixar. Só depois disso, deve-se elevar a outra perna. Elevar 5 vezes cada perna. 

4. Círculos no ar 

Fisioterapia e Exercícios para Sacroileíte

Deitado de barriga para cima, dobrar uma perna enquanto a outra permanece esticada. Elevar a perna esticada até o meio e depois o movimento consiste em imaginar que tem um pincel nos dedos dos pés e 'desenhar' círculos no teto. 

5. Enrolar as costas 

Fisioterapia e Exercícios para Sacroileíte

Sentar com as pernas levemente esticadas e dobrar as costas e ir deitando devagar. Deve encostar primeiro o fundo das costas, depois o meio e por último a cabeça. Virar de lado para levantar e depois voltar à posição inicial. Repetir 3 vezes. 

Estes exercícios podem ser realizados diariamente, durante o tratamento, que pode demorar de 4 à 8 semanas. 

Outra opção de tratamento para a sacroileíte bilateral é a proloterapia, que consiste em injetar substâncias esclerosantes nos ligamentos da articulação, o que estimula a produção de ligamentos mais rígidos e mais abundantes e o resultado disso seria uma maior estabilidade articular. Alguns exemplos destas substâncias são a Dextrose e Fenol.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...