Saco gestacional expelido: sintomas, causas e o que fazer

novembro 2022

O saco gestacional expelido é quando o saco gestacional, que se forma no inicio da gravidez, é expulso do útero, normalmente devido a um aborto.

Quando o saco gestacional é expelido, surgem sintomas como cólica no abdome e sangramento vaginal, que embora seja parecido com a menstruação tende a ser mais volumoso e ter mais coágulos.

Em caso de suspeita de que o saco gestacional tenha sido expelido, é importante consultar um obstetra, que pode indicar exames como o ultrassom ou dosagem de beta-hCG para confirmar o diagnóstico.

Principais sintomas

Os sintomas que podem indicar que o saco gestacional foi expelido são:

  • Cólica no abdome;
  • Sangramento vaginal;
  • Saída de coágulos misturados no sangue.

Normalmente, o sangramento tem uma aparência semelhante àquele que ocorre na menstruação, por isso pode ser difícil de identificar. Além disso, algumas vezes também pode ser notado um sangramento mais volumoso ou com coágulos maiores. 

A saída do saco gestacional geralmente ocorre no início da gestação e os sintomas da gravidez, como náusea e alterações nas mamas, tendem a desaparecer em poucos dias após ser expelido. 

Possíveis causas

O saco gestacional normalmente é expelido devido a um aborto, que é mais comum de ocorrer quando surgem alterações genéticas durante o desenvolvimento do embrião ou malformações que impedem que a gravidez continue. 

Além disso, alterações hormonais, gravidez anembrionária, doenças crônicas como diabetes ou doença celíaca, anormalidades da coagulação ou alterações na forma do útero, por exemplo, também podem causar um aborto e fazer com que o saco gestacional seja expelido. Conheça outras causas de aborto e como identificar.

O saco gestacional sai sozinho?

O saco gestacional normalmente sai sozinho e nem sempre é percebido pela mulher, especialmente quando acontece um aborto no início da gravidez. No entanto, existem situações em que pode demorar algumas semanas até que seja expelido completamente.  

Além disso, algumas vezes o saco gestacional pode não sair completamente ou mesmo acabar não saindo, como acontece em caso de aborto incompleto ou retido. 

Por isso, em caso de suspeita de aborto é indicado consultar um obstetra, preferencialmente em uma emergência obstétrica, para uma avaliação.

Pode ser expelido na menstruação?

O saco gestacional geralmente não é expelido na menstruação. Embora possa causar um sangramento vaginal parecido, isso não significa que a menstruação voltou.

Como confirmar se o saco foi expelido

Para se saber se o saco gestacional foi expelido é importante consultar um obstetra. Normalmente são indicados exames como o ultrassom e a dosagem de beta-hCG no sangue para confirmar se o saco gestacional foi expelido.

O saco gestacional normalmente é avaliado por meio do ultrassom durante a gestação e as suas características podem indicar se a gravidez está evoluindo como deveria. Confira o que é o saco gestacional e o seu tamanho na gravidez.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Jonathan Panoeiro - Neuropediatra, em novembro de 2022.

Bibliografia

  • STATPEARLS. Anembryonic Pregnancy. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK499938/>. Acesso em 23 nov 2022
  • JURKOVIC, Davor; OVERTON, Caroline; BENDER-ATIK, Ruth. Diagnosis and management of first trimester miscarriage. BMJ. Vol.346. 2013
Mostrar bibliografia completa
  • ACOG. Early Pregnancy Loss. 2018. Disponível em: <https://www.acog.org/clinical/clinical-guidance/practice-bulletin/articles/2018/11/early-pregnancy-loss>. Acesso em 23 nov 2022
  • STATPEARLS. Miscarriage. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK532992/>. Acesso em 23 nov 2022
  • STATPEARLS. Spontaneous Abortion. 2022. Disponível em: <https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK560521/>. Acesso em 23 nov 2022
  • MINER, Louise. Spontaneous Expulsion of an Intact Gestational Sac Following an Arrested Pregnancy. JOGC. Vol.43, n.1. 2021
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.