Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Ruptura testicular - sintomas e como tratar

A ruptura testicular acontece quando existe uma pancada muito forte na região íntima que leva a que a membrana exterior do testículo se rompa, causando uma dor muito intensa e o inchaço do escroto.

Normalmente, este tipo de lesão é mais frequente em apenas um testículo e em atletas que praticam esportes de alto impacto, como futebol ou tênis, por exemplo, mas também pode acontecer devido a acidentes de trânsito quando o testículo é pressionado com muita força contra os ossos da região pélvica, especialmente em acidentes de moto.

Sempre que existe suspeita de ruptura do testículo é recomendado ir imediatamente ao pronto-socorro para fazer um exame de ultrassom e avaliar a estrutura dos testículos. Caso exista ruptura é necessário fazer uma cirurgia para corrigir a lesão.

Ruptura testicular - sintomas e como tratar

Principais sintomas

A ruptura testicular geralmente provoca sintomas muito intensos, como:

  • Dor muito forte nos testículos;
  • Inchaço do escroto;
  • Sensibilidade aumentada na região dos testículos;
  • Hematoma e mancha roxa nos testículos;
  • Presença de sangue na urina;
  • Vontade incontrolável de vomitar.

Em alguns casos, devido às dores muito fortes na região dos testículos também é comum que o homem desmaie. Devido a todos estes sintomas mais intensos que uma simples pancada, normalmente é fácil identificar que é necessário ir ao hospital.

Quando a ruptura é identificada e tratada nas primeiras horas existe maior taxa de sucesso para reparar a lesão sem que seja necessário remover completamente o testículo afetado.

Como é feito o tratamento

O tratamento da rutpura testicular deve ser orientado por um urologista, no entanto, quase sempre é necessário fazer uma cirurgia com anestesia geral para parar o sangramento, retirar o tecido do testículo que está morrendo e fechar a ruptura na membrana.

Nos casos mais graves, o testículo pode ficar muito afetado e, por isso, antes de iniciar a cirurgia o médico normalmente pede autorização para remover o testículo afetado caso seja necessário.

Como é a recuperação da cirurgia

Após a cirurgia para ruptura testicular é preciso ficar com um pequeno dreno no escroto, que consiste de um fino tubo que ajuda a retirar o excesso de líquidos e sangue que podem se acumular durante o processo de cicatrização. Este dreno, normalmente, é retirado após 24 horas antes do paciente voltar para casa.

Após a alta, é preciso tomar os antibióticos receitados pelo urologista, assim como os anti-inflamatórios, não só para aliviar o desconforto mas também para acelerar a recuperação. É ainda aconselhado manter o máximo de repouso possível na cama e aplicar compressas geladas sempre que necessário para reduzir o inchaço e melhorar a dor.

A consulta de revisão após a cirurgia normalmente acontece após 1 mês e serve para avaliar o estado da cicatrização e para receber orientações sobre o tipos de exercícios que se pode fazer.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...