Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Remédios para insuficiência cardíaca

Os remédios para insuficiência cardíaca ajudam o coração a bombear mais sangue e devem ser receitados pelo cardiologista. Alguns exemplos são:

  • Remédios inibidores do ECA, como Captopril, Enalapril, Ramipril, Benazepril ou Lisinopril: dilatam os vasos sanguíneos, diminuindo a pressão e facilitando o trabalho do coração;
  • Remédios diuréticos, como Furosemida, Hidroclorotiazida ou Indapamida: ajudam os rins a eliminar o excesso de água, diminuindo o excesso de sangue no coração e prevenindo o aparecimento de inchaços no corpo;
  • Remédios diuréticos poupadores de potássio, como Espironolactona: eliminam o excesso de água mas mantêm os níveis de Potássio para fortalecer o músculo do coração;
  • Remédios cardiotônicos, como Digoxina: ajudam a aumentar a força das contrações do coração e estabilizam os batimentos cardíacos irregulares;
  • Remédio betabloqueadores, como Metoprolol, Bisoprolol ou Carvedilol: diminuem a tensão sobre o coração, permitindo diminuição dos batimentos cardíacos e aumentando a força do músculo cardíaco.

Os remédios utilizados no tratamento da insuficiência cardíaca podem causar efeitos colaterais como tonturas, tosse, náuseas, cansaço e diminuição da pressão sanguínea.

Geralmente, os remédios para insuficiência cardíaca devem ser tomados durante toda a vida ou até indicação contrária do cardiologista.

Para complementar os remédios para insuficiência cardíaca, os pacientes devem fazer uma alimentação equilibrada, exercício físico regular e evitar beber ou fumar. Confira os benefícios da atividade física para melhorar a insuficiência cardíaca.

Assista o vídeo a seguir para saber como a alimentação pode ser útil para controlar os sintomas, por diminuir o esforço cardíaco com a nutricionista Tatiana Zanin:

Veja como deve ser feito o tratamento:

Mais sobre este assunto:


Carregando
...