Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Remédio para ejaculação precoce

Os remédios para ejaculação precoce ajudam a atrasar a vontade de ejacular e geralmente atuam diminuindo a sensibilidade do pênis, quando aplicados localmente, ou atuam no cérebro, reduzindo a ansiedade do homem ou mesmo por terem como efeito colateral o atraso da ejaculação.

Assim, os remédios para ejaculação precoce mais utilizados incluem:

Remédio para ejaculação precoce

1. Antidepressivos

Um dos efeitos colaterais de alguns antidepressivos é atrasar a ejaculação. Por essa razão, os antidepressivos inibidores seletivos da recaptação da serotonina como a sertralina, paroxetina, fluoxetina ou dapoxetina, são muito usados para tratar este problema. Além disso, estes antidepressivos também ajudam a reduzir a ansiedade, que é uma das causas da ejaculação precoce.

Estes medicamentos demoram cerca de 10 dias para fazer efeito, no entanto, é preciso mais algum tempo para o efeito ser satisfatório.

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso destes medicamentos são enjoos, suor excessivo, sonolência e diminuição do apetite sexual.

2. Analgésicos

O Tramadol é um analgésico muito usado para tratar a dor e, assim como os antidepressivos, tem como efeito colateral o atraso da ejaculação. No entanto, este medicamento só deve ser prescrito se os antidepressivos não forem eficazes. 

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso de tramadol são enjoos, dor de cabeça, sonolência e tonturas.

3. Inibidores da 5-fosfodiesterase

Os inibidores da 5-fosfodiesterase, como o sildenafil ou tadalafil, conhecidos por Viagra e Cialis respetivamente, são medicamentos usados para tratar a disfunção erétil. No entanto, também ajudam a retardar a ejaculação, principalmente se forem usados em conjunto com um antidepressivo.

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso destes medicamentos são dor de cabeça, vermelhidão facial e má digestão.

4. Cremes ou pomadas de aplicação local 

Também podem ser usados anestésicos locais como a lidocaína, benzocaína ou prilocaína por exemplo, que devem ser aplicados sobre o pênis cerca de 10 a 15 minutos antes do contacto íntimo, para reduzir a sensibilidade, o que vai diminuir a vontade de ejacular. Porém, podem causar efeitos colaterais como diminuição do prazer ou surgimento de reações alérgicas.

Devido ao fato de todos os medicamentos para tratar a ejaculação precoce apresentarem efeitos colaterais, é recomendado consultar um urologista para iniciar o tratamento com o remédio e a dose mais adequados, dependendo dos objetivos de cada pessoa.

Além disso, a ejaculação precoce também pode ser controlada com outras técnicas que, quando associadas aos medicamentos, podem aumentar os efeitos pretendidos. Veja outras formas de tratar o problema.

Remédio caseiro para ejaculação precoce

Um bom remédio caseiro para ejaculação precoce é o pó de saw palmetto, pois ajuda a evitar a ejaculação precoce, ao mesmo tempo que aumenta o desejo sexual. Para isso, deve-se colocar 1 colher de chá do pó de saw palmetto num copo de água, dissolver e tomar 2 vezes ao dia.

Este remédio caseiro deve ser utilizado para completar o tratamento médico da ejaculação precoce e, por isso, é recomendado consultar um urologista antes de utilizar.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade

LIVE | Saúde da Prostata

A Tatiana e o Manuel vão estar te esperando num encontro informal para falar tudo sobre problemas na próstata.

A sua presença vai fazer o evento ser mais especial.

Se inscreva e receba uma notificação quando começar, para não perder nenhum minuto.

Inscreva-se
* Não perca a oportunidade de fazer perguntas e participar deste momento em homenagem ao Novembro Azul.

Estamos ao vivo agora! Vem falar com a gente!

A Tati e o Manuel falam sobre problemas na próstata, o preconceito dos homens a respeito do exame de toque retal, e até sobre impotência sexual, que pode ser um complicação da detecção tardia desse tipo câncer.

Participe agora
* Vamos responder todas as perguntas que chegarem, sem tabus. Estamos te esperando!
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem