Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Saiba como acabar com o Refluxo na Gravidez

O tratamento para acabar com o refluxo na gravidez inclui fazer alterações na dieta, parar de fumar, evitar deitar logo após as refeições, tomar medicamentos e beber alguns chás permitidos, como o chá de gengibre e de camomila.

O refluxo na gravidez é caracterizado principalmente pelo sintoma de azia, que inicia em qualquer momento da gestação e piora com o aumento do tamanho do bebê. Esse problema aparece devido às alterações hormonais que deixam o fluxo intestinal mais lento e devido ao crescimento do feto, que comprime o estômago e força a comida para cima, causando o refluxo.

Sintomas

Os sintomas de refluxo na gravidez são os mesmo que doença provoca em todas as pessoas, como:

  • Azia e queimação;
  • Sensação da comida voltando e subindo pelo estômago;
  • Náuseas e vômitos;
  • Arrotos frequentes;
  • Inchaço na barriga.

Esses sintomas costumam ficar mais fortes e frequentes a partir da 27ª semana de gestação, e mulheres que já tinham este problema antes ou que já estiveram grávidas têm mais chances de desenvolver refluxo.

Saiba como acabar com o Refluxo na Gravidez

Tratamento

O tratamento para refluxo durante a gravidez inclui alterações na dieta, no estilo de vida e o uso de medicamentos, como mostrado a seguir:

Dieta

As alterações na dieta incluem consumir apenas pequenas quantidade de alimentos em cada refeição, aumentando o número de refeições por dia para manter a ingestão adequada de calorias.

Além disso, deve-se evitar o consumo de chocolate, menta, café, pimenta e alimentos ácidos, como laranja e abacaxi, pois eles relaxam o músculo do esôfago, facilitando o retorno do alimento, e irritam o estômago, piorando os sintomas da doença.

É importante estar atenta a quais alimentos causam o aparecimento dos sintomas para retirá-los da dieta, pois os alimentos prejudiciais variam de acordo com o organismo de cada pessoa. Veja mais dicas em Dieta para refluxo.

Alterações no estilo de vida

Além de cuidar da dieta, também é importante parar de fumar e evitar se deitar logo após as refeições, devendo-se esperar pelo menos 2 horas.

Em casos de refluxos noturnos, deve-se elevar de 5 a 15 cm a cabeceira da cama, pois esta inclinação ajuda a evitar que a comida retorne do estômago.

Remédios

Alguns medicamentos a base de magnésio ou cálcio podem ser usados durante a gravidez para combater os sintomas de refluxo, como as pastilhas de Magnésia Bisurada, o Leite de magnésia ou o Milanta plus.

No entanto, é importante lembrar que todo medicamento deve ser tomado de acordo com orientação médica. Além disso, mulheres grávidas devem evitar o uso de medicamentos a base de bicarbonato de sódio, pois eles aumentam a retensão de líquidos.

Tratamento natural

Para tratar o refluxo de forma natural, pode-se utilizar alternativas como a acupuntura e a aromaterapia, que utiliza óleos essenciais de limão e laranja para massagear o peito e as costas ou para exalar vapores no ambiente.

Outra alternativa é consumir os chás de hortelã-pimenta, camomila, gengibre e dente-de-leão, lembrando que o dente-de-leão é contraindicado em casos de diabetes, pois interfere com a medicação. Veja a lista completa dos chás que são proibidos durante a gravidez.

O vídeo a seguir traz dicas sobre a alimentação para combater o refluxo, mas é importante lembrar que durante a gravidez não é recomendado perder peso.

Se além de refluxo você também tem gastrite, veja como tratar este problema aqui.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...