Picada de abelha ou vespa: o que fazer

As picadas de abelha ou vespa podem causar muita dor, inchaço e vermelhidão local e, em alguns casos, pode haver uma reação exagerada do organismo, conhecida como choque anafilático que pode colocar em risco a vida da pessoa. Assim, ao acontecer uma picada por abelha ou vespa é importante seguir o seguinte passo a passo:

  1. Remova o ferrão com a ajuda de uma pinça ou agulha, caso o ferrão ainda esteja grudado na pele;
  2. Lave a região afetada com água fria e sabão;
  3. Passe um antisséptico na pele, como iodopovidona, por exemplo;
  4. Aplique uma pedrinha de gelo enrolada em papel toalha ou pano para reduzir o inchaço e aliviar a dor;
  5. Passe uma pomada para picada de inseto na região afetada e deixe secar sem cobrir a pele, caso a vermelhidão não melhore.

Quando acontece a ferroada de uma abelha ou vespa na pele, há a injeção de um veneno, que é responsável pelos sinais e sintomas da picada. Este veneno, normalmente, não faz mal e não é prejudicial para a maioria das pessoas, mas, se a pessoa tiver histórico de alergia, pode causar uma reação mais séria, sendo importante que o atendimento seja feito no hospital.

Como desinchar a picada

Depois de tratar a picada, é muito comum que o local fique inchado por alguns dias, desaparecendo gradualmente. No entanto, uma boa forma de reduzir mais rapidamente esse inchaço consiste em aplicar gelo na região por 15 minutos, protegido com um pano limpo, várias vezes ao dia, assim como dormir com o local da picada um pouco mais elevado.

Porém, se o inchaço for muito intenso, pode-se ainda consultar um clínico geral para que possa ser iniciado o uso de um remédio anti-histamínico que, além de diminuir o inchaço, também melhora o desconforto e a coceira no local.

Quando ir ao pronto-socorro

É recomendado chamar uma ambulância ou se dirigir ao pronto-socorro quando surgem sinais e sintomas indicativos de reação grave do organismo, o que poderia colocar a vida da pessoa em risco. Assim, é recomendado procurar atendimento médico caso seja notado:

  • Aumento da vermelhidão, coceira e inchaço no local da picada;
  • Dificuldade para respirar ou para engolir a saliva;
  • Inchaço do rosto, boca ou garganta;
  • Sensação de desmaio ou tonturas.

Além disso, se a ferroada acontecer na boca ou se a pessoa for picada por várias abelhas ao mesmo tempo, é fundamental que seja feita uma avaliação no hospital.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • SUCUPIRA, Ana Cecilia; ARAÚJO, Rita de Cassia. Manual Primeiros Socorros. São Paulo: 2004. 28.
  • INTERPREV. Manual de Formação: Primeiros Socorros Âmbito Laboral. 2015. Acesso em 02 Abr 2019
  • AAD. How to treat a bee sting. Disponível em: <https://www.aad.org/public/skin-hair-nails/injured-skin/bug-bites-and-stings/how-to-treat-a-bee-sting>. Acesso em 02 Abr 2019
  • MINISTRY OF HEALTH NEW ZEALAND. Bee and wasp stings. Disponível em: <https://www.health.govt.nz/your-health/conditions-and-treatments/accidents-and-injuries/bites-and-stings/bee-and-wasp-stings>. Acesso em 02 Abr 2019
Mais sobre este assunto: