Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Insolação pode causar queimaduras graves

A insolação é um problema sério que pode chegar mesmo a causar desidratação grave e queimaduras de 2º ou 3º grau e é causada pela exposição solar excessiva e irresponsável.

Assim, para evitar ter uma insolação, é importante não se expôr ao sol nas horas de maior calor, entre as 12h e as 16h, e usar protetor solar, chapéus ou bonés e roupas largas e frescas.

Insolação pode causar queimaduras graves

Quais os sintomas

Alguns dos principais sintomas que podem indicar de que uma pessoa está ficando com uma insolação quando se encontra exposto ao sol são dor de cabeça forte, calor e suor excessivo, sensação de febre, queimação na pele e vermelhidão, tontura ou má disposição, vômitos e diarreia.

Apesar dos sintomas de insolação serem mais frequentes na praia ou na piscina, ela também pode acontecer quando se está andando pelas ruas, sob o sol, especialmente durante o verão e em regiões quentes. Por isso, deve-se ficar atento ao surgimento dos sintomas e proteger-se do sol sempre que possível. 

O que fazer em caso de Insolação

Caso se manifeste algum dos sintomas de insolação, é recomendado:

  • Abrigar-se do sol em algum lugar fresco e arejado;
  • Beber líquidos para hidratar, como água ou sucos de fruta;
  • Tomar banho com água fria e aplicar compressas com soro fisiológico ou chá de camomila sobre a pele, para ajudar a refrescar o corpo;
  • Passar um creme hidratante ou uma loção pós-sol sobre todo o corpo.

Porém, se os sintomas não melhorarem após alguns minutos e se a pessoa continuar com tonturas ou dor de cabeça forte, deve ir imediatamente à urgência médica. Veja mais sobre o que pode fazer em caso de insolação.

Insolação pode causar queimaduras graves

Principais perigos

Uma insolação além de sintomas leves como dor de cabela, tontura e transpiração excessiva, pode também trazer perigos mais graves para a saúde como aumento das chances de ter queimaduras de 2º ou 3º causadas pelo sol, desidratação, falhas no mecanismo da transpiração e febre, convulsões e danos cerebrais.

Por isso, para evitar estes perigos, é importante saber identificar desde cedo os principais sintomas de insolação e ter os cuidados necessário para prevenir que isto aconteça, sendo as crianças e os idosos, os grupos com maiores riscos.

Como prevenir a insolação

Para prevenir a insolação, existem alguns cuidados e dicas que são fundamentais, como:

  • Passar protetor solar adequado para o tipo de pele, pelo menos 15 minutos antes de ficar debaixo do sol. Saiba qual é o melhor protetor solar para sua pele e como usar;
  • Beber muitos líquidos ao longo do dia, especialmente em dias muito quentes;
  • Evitar ficar debaixo do sol nas horas de maior calor, entre 12h e as 16 horas, tentando abrigar-se em locais com sombra, frescos e arejados;
  • Se a pessoa estiver na praia ou se for constantemente à água, deve passar protetor solar de 2 em 2 horas, para garantir o máximo efeito;
  • Usar chapéus ou bonés para proteger a cabeça e roupas largas e frescas para proteger o corpo contra queimaduras solares.

Geralmente, o tratamento para a insolação é simples, sendo apenas necessário abrigar em local fresco e arejado e ingerir líquidos como água e sucos de frutas, porém é importante prestar atenção aos primeiros sinais e sintomas que possam surgir.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem