Pâncreas: o que é, para que serve e principais funções

Revisão médica: Dr. Arthur Frazão
Oftalmologista
maio 2022

O pâncreas é uma glândula com cerca de 15 a 25 cm de comprimento, em forma de folha, que fica situada na parte de trás do abdômen, atrás do estômago, entre a porção superior do intestino e o baço. Este órgão é composto por três regiões principais: a cabeça, que fica no lado direito do abdômen e é conectada ao duodeno; o corpo e a cauda, que é a parte final estreita do pâncreas e que se ​​estende até o lado esquerdo do corpo.

O pâncreas é responsável pela produção de alguns hormônios como insulina, glucagon e somatostatina, que controlam os níveis de glicose no sangue, e enzimas importantes como amilase, lipase e tripsina, que participam do processo digestivo. 

Quando o pâncreas não funciona corretamente podem surgir doenças como diabetes, problemas digestivos, inflamação ou câncer. Alguns sintomas que podem indicar problemas no pâncreas incluem dor no abdômen, náuseas frequentes e vômitos.

Principais funções

As principais funções do pâncreas estão relacionadas com o tipo de célula do pâncreas e substância produzida. As células conhecidas como ilhotas de Langerhans são responsáveis pela produção dos hormônios insulina e glucagon, enquanto que as células dos ácinos pancreáticos produzem enzimas que participam da digestão dos alimentos.

Dessa forma, as principais funções do pâncreas são:

1. Controle da glicemia

As células das ilhotas de Langerhans do pâncreas tem uma função endócrina, pois produzem insulina e glucagon que são hormônios responsáveis por controlar os níveis de açúcar no sangue e o metabolismo do corpo. 

Além disso, estas células também produzem o hormônio somatostatina que controla a produção de insulina e glucagon, participando também no controle da glicemia.

2. Digestão de alimentos

O pâncreas exócrino, formado por conglomerados de células chamadas ácinos, produz o suco pancreático que contém enzimas como a amilase que digere carboidratos e açúcares, a tripsina que digere proteínas e a lipase que digere gorduras. 

Estas enzimas são liberadas no duodeno, que é a primeira parte do intestino, por meio de um pequeno tubo no pâncreas chamado ducto pancreático, permitindo a quebra dos alimentos em pedaços menores para que possam passar para o intestino, auxiliando na digestão dos alimentos e metabolismo dos nutrientes.

Sintomas de problemas no pâncreas

Os sintomas que normalmente indicam que pode estar surgindo ou se desenvolvendo algum problema no pâncreas podem incluir:

  • Dor abdominal, que pode iniciar de forma súbita e tornar-se progressivamente mais forte e contínua. Normalmente, acontece no centro do abdômen, espalhando-se para a parte superior e inferior;
  • Aumento da dor abdominal quando ao se deitar de costas;
  • Diarreia com eliminação de gordura nas fezes;
  • Náuseas e vômitos após alimentação, geralmente associados à dor.

Estes sintomas ajudam o endocrinologista a identificar alguma doença no pâncreas como diabetes, pancreatite, cisto ou câncer no pâncreas. Confira as principais doenças do pâncreas e como tratar.

Para confirmar o diagnóstico, o médico deve solicitar exames de imagem como ultrassom, ressonância magnética, tomografia ou colangiografia e exames de sangue como hemograma e níveis de enzimas pancreáticas, amilase e lipase. Desta forma, o médico pode indicar o tratamento de acordo com a doença específica no pâncreas.

Qual médico consultar

Quando existe suspeita de algum problema no pâncreas é aconselhado consultar um endocrinologista. O médico irá avaliar os sintomas apresentados e pedir exames para confirmar, ou descartar, algum problema no pâncreas.

Como prevenir doenças no pâncreas

Algumas medidas podem ajudar a evitar ou reduzir os riscos de doenças no pâncreas como:

  • Fazer uma alimentação saudável e variada;
  • Manter o peso saudável;
  • Não beber álcool ou beber com moderação;
  • Não fumar;
  • Fazer exercícios físicos regularmente.

Além disso, caso já se tenha alguma alteração no pâncreas como pancreatite ou diabetes, por exemplo, é importante seguir as orientações do médico e fazer uma dieta equilibrada. 

Assista o vídeo sobre alimentação para a pancreatite:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Manuel Reis - Enfermeiro, em maio de 2022. Revisão médica por Dr. Arthur Frazão - Oftalmologista, em fevereiro de 2016.

Bibliografia

  • WEBMD. Picture of the Pancreas. Disponível em: <https://www.webmd.com/digestive-disorders/picture-of-the-pancreas#1>. Acesso em 06 jan 2021
  • JOHNS HOPKINS MEDICINE. The Pancreas. Disponível em: <http://pathology.jhu.edu/pancreas/basicoverview3.php?area=ba>. Acesso em 06 jan 2021
Mostrar bibliografia completa
  • COLUMBIA SURGERY - THE PANCREAS CENTER. The Pancreas and Its Functions. Disponível em: <https://www.columbiaeye.org/education/digital-reference-of-ophthalmology/cornea-external-diseases/non-infectious/chemosis>. Acesso em 19 set 2019
Revisão médica:
Dr. Arthur Frazão
Clínico geral
Médico generalista, especialista em Oftalmologia pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, em 2008, com registro profissional no CRM/PE 16878

Tuasaude no Youtube

  • Obesidade, Cigarro e Álcool | Com Drauzio Varella (1/2)

    24:43 | 42672 visualizações
  • PEDRA NA VESÍCULA? | Tati Comenta #11

    01:25 | 30923 visualizações
  • PANCREATITE: Sintomas, alimentação e suplementação

    04:16 | 336514 visualizações
  • Como saber se é diabetes

    03:43 | 216255 visualizações