Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Remédios para induzir a ovulação em tratamentos de fertilidade

Atualmente, existem várias opções de tratamento para casos de infertilidade, que geralmente dependem da causa que está na origem do problema, que pode estar relacionado com o processo de ovulação, de fecundação ou da fixação do óvulo fecundado na parede do útero. 

Assim, existem técnicas e medicamentos que podem atuar em qualquer um destes passos, como remédios que estimulam a ovulação, que promovem a maturação dos óvulos, ou que melhoram a qualidade do endométrio, por exemplo.

Remédios para induzir a ovulação em tratamentos de fertilidade

Os remédios indutores da ovulação podem atuar no cérebro ou nos ovários: 

Remédios que atuam no cérebro

Os remédios que atuam no cérebro, estimulam o eixo hipotálamo-hipófise a produzir os hormônios LH e FSH, que por sua vez estimulam os ovários a liberar óvulos.

Os remédios que são usados na indução da ovulação e que atuam no cérebro são o Clomid, Indux ou Serophene, que têm na sua composição Clomifeno, que age estimulando a hipófise a produzir mais LH e FSH, que por sua vez vão estimular os ovários a maturar e liberar os óvulos. Uma das desvantagens deste medicamento é que ele dificulta a implantação do embrião no endométrio. Saiba como é o esquema de tratamento com clomifeno e quais os efeitos colaterais mais comuns.

Outro medicamento mais recentemente utilizado na indução da ovulação é o Femara, que tem na sua composição letrozole, que geralmente é indicado para tratar o câncer de mama. No entanto, em algumas situações é usado no tratamento de fertilidade, porque além de ter menos efeitos colaterais que o Clomifeno, mantém também as boas condições do endométrio.

Remédios que atuam nos ovários

Os remédios que são usados na indução da ovulação e que atuam nos ovários são as gonadotropinas, como é o caso do Menopur, Bravelle, Gonal-F ou Puregon, por exemplo, que têm na composição FSH e/ou LH, que estimulam os ovários a maturar e liberar os óvulos.

Os efeitos colaterais mais comuns que podem ocorrer com o uso destes medicamentos são retenção de líquidos, gravidez múltipla e formação de cistos.

Além destes, existem outros remédios que também são incluídos em tratamentos de infertilidade, para ajudar a melhorar a qualidade do endométrio e ainda para melhorar a fertilidade masculina. Saiba mais sobre os remédios que ajudam a engravidar.

Assista ainda o vídeo seguinte e saiba o que comer para engravidar com mais facilidade e ter uma gestação saudável:

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem