Ressaca: o que é, por que acontece, sintomas e como evitar

A ressaca é um conjunto de sintomas físicos e mentais que surgem devido ao consumo excessivo de bebidas alcoólicas, o que resulta em uma leve desidratação, aumento da atividade do fígado para eliminar o excesso de álcool do sangue e alteração no sistema nervoso devido à hipoglicemia induzida pelos altos níveis de álcool circulantes, resultando em alguns sintomas como dor de cabeça, enjoo, mal estar geral e sede excessiva.

O álcool é diurético e por isso a pessoa quando bebe faz muito xixi, ficando rapidamente desidratada, aumentando a concentração de álcool no sangue. Assim, é importante beber 1 copo de água para cada copo de bebida alcoólica para evitar os sintomas da ressaca.

Ressaca: o que é, por que acontece, sintomas e como evitar

Por que acontece

A ressaca acontece devido ao aumento da concentração de álcool no sangue, que é metabolizado no fígado até acetaldeído, que é responsável pelos sintomas da ressaca. O aumento desse metabólito na circulação faz com que exista a liberação do hormônio antidiurético, o que tem como consequência a menor absorção de água pelos rins, resultando na maior vontade para urinar e em urina mais diluída.

É comum que exista aumento na concentração de corpos cetônicos e ácidos graxos na circulação, o que também está associada à desidratação, aumento da sede e boca seca. Além disso, o consumo de álcool em excesso também estimula a liberação de substâncias pró-inflamatórias, induz um quadro de hipoglicemia, que pode interferir diretamente no funcionamento do cérebro, promove alterações no sono e favorece a produção de suco gástrico.

Sintomas de ressaca

Os sintomas de ressaca surgem após o consumo de quantidades excessivas de álcool, o que faz com que o fígado não seja capaz de metabolizar todo o álcool consumido, bem como o rim é incapaz de filtrar essa substância para que seja eliminada na urina. Alguns dos principais sintomas da ressaca são:

  • Dor de cabeça forte;
  • Dor nos olhos e sensibilidade ao som e à luz;
  • Enjoo e vômito;
  • Mal-estar geral;
  • Dores no corpo;
  • Dor de estômago;
  • Boca seca e muita sede;
  • Falta de apetite;
  • Não se lembra do que aconteceu na noite anterior.

Geralmente estes sintomas surgem no dia seguinte, depois de dormir, mas podem surgir antes, entre 4 a 6 horas após parar de beber. A intensidade dos sintomas varia de acordo com a quantidade de álcool que a pessoa consumiu e por isso, se a pessoa não se lembra de nada da noite anterior, significa que ela consumiu uma grande quantidade de álcool e encontra-se num estado chamado Blackout Alcoólico, que é a perda temporária de memória.

Como evitar a ressaca

Para evitar a ressaca, é recomendado beber 1 copo de água para cada copo de bebida para garantir a hidratação, não beber de estômago vazio e, de preferência, tomar sempre a mesma bebida, evitando misturar cerveja, vinho, vodka e caipirinha, por exemplo.

Além disso, para evitar a ressaca pode ser interessante tomar carvão ativado antes de ingerir a bebida alcoólica, pois isso dificulta a absorção do álcool no organismo.

Ao adotar essas dicas, é possível evitar que a pessoa fique rapidamente bêbada, além de fazer com que beba menos, mantenha a hidratação e dando mais tempo ao organismo para metabolizar o álcool, ajudando, assim, a evitar a ressaca. No entanto, estas dicas não devem ser usadas para conseguir beber mais, uma vez que o consumo excessivo de álcool pode levar a problemas mais sérios de saúde como o coma alcoólico e a cirrose hepática, por exemplo.

Como curar a ressaca mais rápido

Para curar a ressaca mais rápido, é essencial beber bastante água para aumentar os níveis de hidratação, bem como ter uma alimentação leve e saudável e rica em vitamina C. O uso de remédios para a ressaca podem também ser indicados, já que ajudam a aliviar os sintomas mais rápido. Veja o que fazer para curar a ressaca.

Veja no vídeo a seguir mais dicas do que fazer para curar a ressaca mais rápido:

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • CENTRO DE INFORMAÇÕES SOBRE SAÚDE E ÁLCOOL. Ressaca: efeitos da intoxicação aguda por álcool. Disponível em: <https://cisa.org.br/index.php/pesquisa/artigos-cientificos/artigo/item/34-efeitos-da-intoxicacao-aguda-por-alcool-ressaca>. Acesso em 13 Ago 2021
  • NIH. National Institute on Alcohol Abuse and Alcoholism. 2021. Disponível em: <https://www.niaaa.nih.gov/sites/default/files/publications/Hangovers_Portuguese.pdf>. Acesso em 13 Ago 2021
Mais sobre este assunto: