Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Como é feito o tratamento para o Ebola

Não há medicamentos específicos para o Ebola, por isso o tratamento é feito através da monitorização da pressão arterial e dos níveis de oxigênio da pessoa, além do uso de medicações antipiréticas para alívio dos sintomas

É importante que a doença seja identificada logo e o tratamento iniciado logo em seguida com o paciente internado para aumentar as chances de cura e evitar a transmissão entre outras pessoas.

Apesar de não existir um tratamento específico para curar o Ebola, alguns pacientes tratados com medicamentos para aliviar os sintomas foram capazes de eliminar o vírus do seu organismo.

Como é feito o tratamento para o Ebola

Como é feito o tratamento do Ebola

Não há remédio específico para tratar a infecção pelo vírus Ebola, sendo o tratamento realizado conforme o aparecimento dos sintomas e com a pessoa em isolamento, para evitar a transmissão do vírus para outras pessoas.

Assim, o tratamento para o Ebola é feito com o objetivo de manter a pessoa hidratada e com a pressão arterial e níveis de oxigênio normais. Além disso, pode ser recomendado o uso de medicamentos para controlar as dores, febre, diarreia e vômitos, e remédios específicos para tratamento de outras infecções que também podem estar presentes.

É de extrema importância que o paciente fique em isolamento para evitar o espalhamento do vírus, já que essa doença pode ser facilmente transmitida de pessoa para pessoa.

Apesar de não haver medicamento específico para combater o vírus, há vários estudos em desenvolvimento que analisam o potencial efeito de produtos sanguíneos, imunoterapia e uso de medicamentos na eliminação do vírus e, assim, combate à doença.

Sinais de melhora

Os sinais de melhora do Ebola podem surgir após algumas semanas e normalmente incluem:

  • Diminuição da febre;
  • Redução dos vômitos e da diarreia;
  • Recuperação do estado de consciência;
  • Diminuição do sangramento pelos olhos, boca e nariz.

Geralmente, após o tratamento, o paciente ainda deve ficar de quarentena e fazer exames de sangue para garantir que o vírus responsável pela doença foi eliminado do seu organismo e, dessa forma, não existir risco de transmissão entre outras pessoas.

Os sinais de piora do Ebola são mais comuns após 7 dias de manifestação dos primeiros sintomas e incluem vômitos escuros, diarreia com sangue, cegueira, insuficiência renal, problemas no fígado ou coma.

Como acontece a transmissão do vírus Ebola

A transmissão do vírus Ebola acontece por contato direto com o vírus, sendo também considerada que a transmissão aconteça por meio do contato com animais infectados e, depois, de pessoa para pessoa, já que se trata de um vírus altamente infeccioso.

A transmissão de pessoa para pessoa acontece por meio do contato com sangue, suor, saliva, vômito, sêmen, secreções vaginais, urina ou fezes de uma pessoa contaminada pelo vírus Ebola. Além disso, a transmissão também pode acontecer através do contato com qualquer objeto ou tecido que tenham entrado com essas secreções ou com a pessoa infectada.

Em caso de suspeita de contaminação, a pessoa deve ir ao hospital para que seja mantida sob observação. Os sintomas de infecção pelo vírus normalmente surgem 21 dias após o contato com o vírus e é quando surgem os sintomas que a pessoa é capaz de transmitir a doença. Assim, a partir do momento que é observado algum sintoma de Ebola, a pessoa é encaminhada para o isolamento no hospital, onde são realizados exames para diagnosticar o vírus e, em caso de diagnóstico positivo, é iniciado o tratamento. 

Saiba reconhecer os sintomas de Ebola.

Como é feito o tratamento para o Ebola

Como evitar a infecção

Para não pegar Ebola é importante seguir todas as instruções de prevenção do vírus Ebola sempre que estiver em locais em períodos de epidemia.

As principais formas de prevenção do Ebola são:

  • Evitar o contato com indivíduos ou animais infectados, não tocando em feridas que estejam sangrando ou em objetos contaminados, usando preservativo em todas as relações sexuais ou não permanecendo no mesmo cômodo que um indivíduo infectado;
  • Não comer frutas roídas, pois podem estar contaminadas com a saliva de animais contaminados, especialmente em locais onde existem morcegos de fruta;
  • Usar roupa especial para proteção individual composta por luvas impermeáveis, máscara, jaleco, óculos, touca e protetor para sapatos, se for necessário o contato próximo com indivíduos contaminados;
  • Evitar frequentar locais públicos e fechados, como shoppings centers, mercados ou bancos em períodos de epidemia;
  • Lavar as mãos com frequência, usando água e sabão ou esfregar as mãos com álcool.

Outras medidas importantes para se proteger do Ebola é não viajar para os países como Congo, Nigéria, Guiné Conacri, Serra Leoa e Libéria, nem para locais que façam fronteira, porque são regiões que normalmente têm surtos desta doença, e também é importante não tocar nos corpos dos indivíduos que morreram com Ebola, pois podem continuar transmitindo o vírus mesmo depois de mortos.


Bibliografia

  • MÉDICOS SEM FRONTEIRAS. Ebola. Link: <www.msf.org.br>. Acesso em 24 Mai 2019
  • MINISTÉRIO DA SAÚDE. Ebola. Link: <portalms.saude.gov.br>. Acesso em 24 Mai 2019
  • CDC. Ebola (Ebola Virus Disease) - Treatment. Link: <www.cdc.gov>. Acesso em 24 Mai 2019
  • CDC. Ebola (Ebola Virus Disease) - Transmission. Link: <www.cdc.gov>. Acesso em 24 Mai 2019
  • WHO. Preliminary results on the efficacy of rVSV-ZEBOV-GP Ebola vaccine using the ring vaccination strategy in the control of an Ebola outbreak in the Democratic Republic of the Congo: an example of integration of research into epidemic response. 2019. Link: <www.who.int>. Acesso em 24 Mai 2019
  • WHO. Ebola virus disease. Link: <www.who.int>. Acesso em 24 Mai 2019
  • DAVEY, Richard T. et al. A Randomized, Controlled Trial of ZMapp for Ebola Virus Infection. The New England journal of Medicine. Vol 375. 15 ed; 1448-1456, 2016
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem