Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

3 técnicas para mudar a cor dos olhos

A cor dos olhos é determinada pela genética e, por isso, mantém-se muito semelhante desde o momento do nascimento. No entanto, também existem casos de bebês que nascem com olhos claros que, depois, vão escurecendo ao longo do tempo, especialmente nos primeiros anos de vida.

Mas após os primeiros 2 ou 3 anos da infância, a cor da íris dos olhos geralmente já está definida e fica igual para o resto da vida, podendo ser uma das 5 cores naturais:

  • Marrom;
  • Azul;
  • Avelã;
  • Verde;
  • Cinza.

Qualquer outra cor, como vermelho, preto ou branco não surge por um processo natural e, por isso, só é conseguida através de outras técnicas, como o uso de lentes ou cirurgia, por exemplo.

3 técnicas para mudar a cor dos olhos

Mesmo pessoas que querem trocar a cor dos olhos para uma das 5 cores naturais, não o conseguem fazer por um processo natural e precisam usar técnicas artificiais, como:

1. Uso de lentes de contato coloridas

Esta é a técnica mais conhecida e mais utilizada para alterar a cor da íris dos olhos e consiste no uso de lentes de contato artificias que ficam sobre o olho, alterando a cor que está por baixo.

Existem 2 tipos principais de lentes para alterar a cor dos olhos:

  • Lentes opacas: alteram completamente a cor do olho, pois possuem uma camada de tinta que tapa completamente a cor natural do olho. Embora causam a maior alteração na cor do olho e possam ser de praticamente qualquer cor, também podem parecer muito falsas, não sendo a melhor opção para quem quer manter a cor do olho o mais natural possível.
  • Lentes de melhoramento: possuem uma ligeira camada de tinta que melhora a cor natural do olho, além de tornar os limites da íris mais definidos.

Em ambos os casos, as tintas usadas nas lentes são seguras e não causam qualquer risco para a saúde. No entanto, e assim como as lentes usadas para corrigir problemas de visão, é preciso ter alguns cuidados na hora de colocar ou retirar as lentes, para evitar infecções ou lesões no olho. Veja os cuidados que precisa ter ao usar lentes de contato.

Embora estas lentes possam ser compradas livremente sem receita médica, o melhor sempre é consultar um oftalmologista.

2. Cirurgia de implante de íris

Esta ainda é uma técnica bastante recente e controversa, na qual a íris, que é a parte do olho que tem cor, é retirada e substituída por outra de um dador comaptível. Inicialmente, esta cirurgia foi desenvolvida para corrigir lesões na íris, mas tem sido cada vez mais utilizada por pessoas que querem trocar definitivamente a cor do olhos.

Embora possa ser um técnica com resultados duradouros, tem vários riscos como perda da visão, glaucoma ou surgimento de cataratas. Dessa forma, embora possa ser feita em alguns locais, é muito importante discutir com o médico os possíveis riscos e avaliar qual a experiência do médico na realização desse procedimento.

3 técnicas para mudar a cor dos olhos

3. Uso de maquiagem para melhorar a cor dos olhos

A maquiagem não consegue trocar a cor dos olhos, no entanto, quando é bem utilizada, pode ajudar a melhorar a cor natural do olho, intensificando o tom da íris.

De acordo com a cor dos olhos, deve-se usar um tipo específico de sombra para os olhos:

  • Olhos azuis: usar sombra com tons alaranjados, como coral ou champanhe;
  • Olhos marrom: aplicar uma sombra roxa ou azulada;
  • Olhos verdes: preferir sombras roxas ou marrom.

Já no caso dos olhos cinza ou avelã, é comum possuirem uma mistura de outra cor, como azul ou verde, e, por isso, deve-se usar tons de sombra azulados ou verdes de acordo com a cor que se pretende fazer sobressair mais.

Confira ainda 7 dicas importantes para ter uma maquiagem perfeita e melhorar o efeito.

A cor dos olhos muda ao longo do tempo?

A cor dos olhos mantém-se igual desde a infância, pois é determinada pela quantidade de melanina no olho. Assim, pessoas com mais melanina apresentam cor mais escura, enquanto as outros têm olhos mais claros.

A quantidade de malina mantém-se semelhante ao longo dos anos e, por isso, a cor não se altera. Embora seja mais comum que a quantidade de melanina seja igual em ambos os olhos, também existem casos mais raros em que a quantidade varia de um olho para o outro, resultando em olhos de cor diferente, o que é conhecido como heterocromia.

Saiba mais sobre a heterocromia e porque é possível ter um olho de cada cor.

Gostou do que leu?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto.

Enviar Carregando elementos na página
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar