Menstruação atrasada: 10 causas comuns e o que fazer

Revisão médica: Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
setembro 2022

A menstruação atrasada nem sempre é sinal de gravidez, pois outras situações como excesso de estresse, emoções muito fortes, alterações hormonais ou mesmo o consumo exagerado de cafeína, podem levar ao atraso da menstruação.

De forma geral, o atraso da menstruação é de poucos dias, podendo regularizar no ciclo seguinte. No entanto, dependendo da causa, a menstruação pode atrasar alguns meses, sendo importante que o ginecologista seja consultado.

Se tiver havido contato íntimo desprotegido alguns dias antes do atraso da menstruação, existe a probabilidade de gravidez, sendo recomendado fazer um teste, que pode ser comprado nas farmácias. Veja como e quando fazer o teste de gravidez.

10 causas de menstruação atrasada

Se a menstruação está atrasada e a mulher já realizou pelo menos 2 testes de gravidez no último mês, com 7 dias de intervalo, e o resultado foi negativo, é muito provável que não seja gravidez.

Outras causas comuns para a menstruação atrasada são:

1. Excesso de atividade física

O excesso de atividade física, como acontece com atletas ou pessoas que estão em preparação para alguma prova ou competição esportiva, por exemplo, podem levar a alterações hormonais, como é o caso do aumento da prolactina, que pode levar ao atraso da menstruação. Porém, é importante que a pessoa saiba que é importante praticar atividade física regular, desde que não seja em excesso.

2. Dietas muito restritivas

Algumas dietas muito restritivas, podem levar a oscilações hormonais que causam alterações na menstruação. Além disso, a redução de aporte de nutrientes faz com que o organismo aproveite a pequena quantidade de nutrientes para funções mais importantes, o que se pode refletir em atrasos ou mesmo ausência na menstruação.

3. Alterações no sistema reprodutor

Alterações no sistema reprodutor, como endometriose, síndrome dos ovários policísticos ou a presença de miomas no útero, também podem causar oscilações nos hormônios sexuais femininos, podendo levar a alterações na menstruação.

4. Alterações do hipotálamo e hipófise

O hipotálamo e a hipófise são glândulas que estão localizadas no cérebro e que são responsáveis pela regulação dos hormônios sexuais. Doenças que causam alterações nestas glândulas podem levar a oscilações no ciclo e, consequentemente, atrasos ou antecipação da menstruação.

5. Pílula de uso contínuo

A pílula ou outros anticoncepcionais de uso contínuo, como fornecem hormônios ao organismo diariamente e sem pausas, impedem que ocorra a menstruação. Porém, podem ocorrer pequenos sangramentos ocasionalmente, mas em diferentes dias do ciclo.

6. Pré menopausa

Quando a fase da menopausa se começa a aproximar, é normal começarem a ocorrer atrasos ou mesmo falhas na menstruação. Algumas mulheres podem entrar na menopausa numa idade precoce e não perceber que é essa a causa dos atrasos da menstruação.

Saiba quando pode surgir a pré-menopausa e como identificar.

7. Pós-parto

No pós-parto, a menstruação só poderá voltar após a mulher parar de amamentar. Porém, é necessário usar métodos contraceptivos durante a amamentação, para evitar uma gravidez.

Entenda quando é normal que a menstruação volte depois do parto.

8. Uso de anticoncepcional

Em algumas mulheres que deixam de usar anticoncepcional como a pílula, implante ou injeção anticoncepcional, o ciclo menstrual pode demorar cerca de 6 meses a voltar a ser regular, o que é perfeitamente normal, não havendo motivo para preocupação.

9. Alterações hormonais na adolescência

Na adolescência, as alterações hormonais são comuns, pois o sistema endócrino ainda está em amadurecimento e o corpo está se adaptando às variações dos níveis de hormônio, podendo não ocorrer ovulação em alguns ciclos menstruais, causando irregularidades no ciclo ou atraso na menstruação.

No entanto, no caso de adolescentes que já tenham completado 16 anos de idade e ainda não menstruaram pela primeira vez, deve-se consultar o ginecologista para identificar a causa pois pode se tratar de amenorreia primária, que pode estar relacionada a defeitos no aparelho reprodutor, como hímen imperfurado, septo vaginal ou ausência de útero, por exemplo. Veja outras causas da amenorréia primária.

10. Estresse e ansiedade

O estresse e a ansiedade podem aumentar a liberação de cortisol na corrente sanguínea, que é um tipo de hormônio que participa da regulação hormonal realizada pelo hipotálamo, no cérebro, e interferir na liberação de estrógeno e progesterona, responsáveis por regular o ciclo menstrual, levando a alterações ou atraso na menstruação.

Quantos dias a menstruação pode atrasar

O atraso da menstruação pode atrasar normalmente 5 dias ou, no máximo, 1 ou 2 meses. No entanto, se for o atraso menstrual for superior a 3 meses pode indicar amenorreia, que é um termo médico que define a ausência de menstruação. Nesses casos, se não existir gravidez, a causa deve ser identificada por um ginecologista e tratada de forma adequada. Entenda melhor o que é amenorreia e porque acontece.

Quando marcar consulta

Quando a menstruação está atrasada, o primeiro passo é fazer um exame de gravidez de farmácia, para descartar uma possível gravidez. Se o teste der negativo, deve ser repetido após 7 dias. Se o teste de gravidez continuar dando negativo, é recomendado consultar um ginecologista, para identificar a causa e tratar o problema, se necessário.

O médico pode pedir exames, como o teste do progestágeno e a dosagem da prolactina, para conseguir identificar o motivo desse atraso e indicar o tratamento mais adequado.

Além disso, dependendo do que está a provocar o atraso na menstruação, também é importante:

  • Reduzir a intensidade do exercício físico;
  • Reduzir o estresse;
  • Manter uma alimentação equilibrada, evitando dietas muito restritivas;
  • Manter o peso ideal;
  • Tomar a pílula anticoncepcional, se recomendado pelo ginecologista, para regular o ciclo menstrual.

É recomendado fazer consultas médicas regulares, para identificar possíveis problemas de saúde ou doenças como ovários policísticos, endometriose, anorexia, bulimia, hipertireoidismo ou hipotireoidismo, que podem provocar alterações no ciclo menstrual.

Não tenho sintomas de gravidez, mas a menstruação ainda não desceu. O que fazer?

Os primeiros sintomas de gravidez podem ser tão sutis que somente algumas mulheres conseguem percebê-los, acabando por passar despercebidos na maior parte dos casos. Além da ausência da menstruação, os sintomas que podem surgir no início da gravidez são alterações de humor, cansaço excessivo, aumento da vontade para urinar, inchaço abdominal e corrimento rosa. Assim, se a ausência de menstruação persistir ou se forem notados outros sintomas, é indicado realizar um teste de gravidez, seja de farmácia ou de sangue, e consultar o ginecologista.

Fiz teste de farmácia negativo mas a menstruação continua atrasada. O que pode ser?

Apesar dos testes serem bastante confiáveis, é possível que dê falso negativo quando é realizado muito cedo, quando o ciclo da mulher é irregular ou quando se trata de uma gravidez ectópica, por exemplo. No entanto, é possível também que a mulher tenha alguns desequilíbrios hormonais que atrasam a vinda da menstruação, mesmo quando costuma ser regular, não sendo indicativo de gravidez. Veja o que pode ser o teste de gravidez negativo.

Remédios caseiros para descer a menstruação

Existem alguns remédios caseiros que podem ajudar a descer a menstruação, porém estes apenas devem ser tomados quando não existem suspeitas de gravidez.

1. Chá de canela

Para preparar este chá, é necessário:

Ingredientes

  • 2 canelas em pau;
  • 1 xícara de água fervente.

Modo de Preparo

Adicionar a canela em pau à água fervente, tapar e deixar repousar durante 10 a 15 minutos. Passado esse tempo, retirar os paus de canela e beber quando estiver morno. Este chá deve ser bebido 1 a 2 vezes por dia até a menstruação descer e, se necessário, pode ser adoçado com um pouco de mel ou açúcar.

2. Chá de agoniada

Para preparar este chá, é necessário:

Ingredientes

  • 5 gramas de flores secas de agoniada;
  • 500 ml de água fervente.

Modo de Preparo

Adicionar as flores de agoniada à água fervente e deixar repousar durante 10 a 15 minutos e coar antes de beber. Deve beber 2 a 3 xícaras deste chá por dia até a menstruação descer.

Estes chás são opções naturais para quando a menstruação está atrasada em alguns dias e apenas devem ser tomados durante 5 a 10 dias, sendo recomendado consultar o médico caso a menstruação não venha durante esse tempo. Além disso, não há comprovação científica de que funcionem na regulação da menstruação.

Quando deve vir a sua menstruação

Insira seus dados a seguir e saiba quando deve vir a sua menstruação:

Erro
Erro
Erro

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em setembro de 2022. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias - Ginecologista, em agosto de 2018.
Revisão médica:
Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
Médica mastologista e ginecologista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, em 2008 com registro profissional no CRM PE 17459.