Melasma: o que é, como identificar, causas e tratamento

junho 2022

O melasma é uma condição caracterizada pelo surgimento de manchas escuras na pele, principalmente no rosto, no entanto é possível também haver o aparecimento de manchas escuras em outras partes do corpo, como por exemplo braços ou pescoço.

O melasma é mais frequente em mulheres, principalmente durante a gravidez devido às alterações hormonais, sendo denominado cloasma. Além disso, as manchas escuras podem surgir devido ao uso de anticoncepcionais, predisposição genética e, principalmente, exposição frequente ou prolongada à luz ultravioleta ou visível, no caso de computadores e celulares, por exemplo.

O diagnóstico do melasma é feito pelo dermatologista a partir da observação das manchas e o tratamento pode ser feito com o uso de cremes que clareiam a pele, no entanto, as manchas podem não desaparecer por completo ou voltar a surgir caso não se use o protetor solar diariamente.

Como identificar

O melasma pode ser identificado através de algumas características, como:

  • Manchas escuras na pele, principalmente na testa, nariz e maçãs no rosto;
  • Manchas com formato irregular;
  • Manchas não coçam, doem ou ardem.

O aparecimento das manchas pode variar de acordo com a exposição aos fatores de risco, como o sol ou uso frequente de computador, por exemplo. Em alguns casos, pode ser notado o aparecimento das manchas do melasma em outras partes do corpo que ficam mais expostas à luz ultravioleta, como braços, pescoço e colo.

Para confirmar o melasma, é indicado consultar o dermatologista para que sejam feitos exames com o objetivo de avaliar as características das manchas e, assim, poder ser recomendado o tratamento mais adequado para clarear as manchas e prevenir o aparecimento de outras.

Qual a diferença entre cloasma e melasma?

Assim como o melasma, o cloasma é caracterizado pelo aparecimento de mancha escura na pele, principalmente no rosto, no entanto é uma situação exclusiva da gravidez, enquanto que o melasma pode surgir independentemente da gravidez, além de também poder surgir em homens. Conheça mais sobre o cloasma.

Possíveis causas

A causa do aparecimento do melasma ainda não é muito bem esclarecida, no entanto o aparecimento das manchas pode ser favorecido pela exposição à luz ultravioleta do sol ou à luz emitida no computador, tablets e smartphones, por exemplo. Além disso, algumas das possíveis causas do melasma são:

  • Uso de anticoncepcionais;
  • Gravidez;
  • Predisposição genética;
  • Alterações vasculares;

O desenvolvimento do melasma também pode estar relacionado com alterações hormonais, como mudança nos níveis de estrogênio nas mulheres e diminuição dos níveis de testosterona, no homem, o que é normal em função do avanço da idade.

Como é feito o tratamento

O tratamento para o melasma deve ser orientado pelo dermatologista de acordo com as características das manchas, local em que aparecem e frequência. Assim, o tratamento tem como objetivo clarear as manchas e diminuir a produção de melanina, que é um pigmento responsável por dar cor à pele.

Para isso, o médico pode indicar o uso de remédios em forma de cremes que devem ser aplicadas sobre as manchas para ajudar a clarear, ou recomendar a realização de procedimentos estéticos como peeling químico ou dermoabrasão, que também ajudam a clarear o melasma. Veja mais detalhes do tratamento do melasma.

É importante também que a pessoa tenha uma alimentação rica em alimentos fonte de vitamina C, E e selênio, como tomate, espinafre, beterraba, laranja e castanha do pará, pois auxiliam na regeneração da pele. Além disso, é fundamental beber pelo menos 2 litros de água por dia, para manter a pele hidratada, e passar protetor solar diariamente. Confira no vídeo a seguir algumas dicas para remover vários tipos de manchas escuras:

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em junho de 2022.

Bibliografia

  • STEINER, Denise; FEOLA, Camila; BIALESKI, Nediana; MORAIS E SILVA, Fernanda A. Tratamento do melasma: revisão sistemática. Surgical & Cosmetic Dermatology. Vol 1. 2 ed; 87-94, 2009
  • BARBOSA, Giovanna Stefanne L.; COSTA, Camila P. M.; BORGES, Mariana V. R. et al. Manejo do melasma em mulheres adultas. Research, Society and Development. Vol 10. 5 ed; 2021
Mostrar bibliografia completa
  • SIQUEIRA, BRENDA O.; CARDOSO, ISABELA KETHLEN V.; PASSOS, NATÁLIA V.; FONSECA, JOICE F. Uso de dermocosméticos no tratamento do melasma: uma revisão baseada em evidências. Disponível em: <https://repositorio.animaeducacao.com.br/bitstream/ANIMA/20618/3/TCC%20DOC%202021.pdf>. Acesso em 22 jun 2022
  • SOCIEDADE BRASILEIRA DE DERMATOLOGIA. Melasma. Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/pele/doencas-e-problemas/melasma/13/>. Acesso em 18 mai 2021
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Melhores Tratamentos para Manchas na Pele

    05:36 | 415588 visualizações