O que fazer em caso de injeção no glúteo errada?

“Fiz uma injeção no glúteo por causa da dor nas costas, mas acho que se passa algo. Como eu sei se estou tendo uma complicação e o que devo fazer?”

Dr.ª Janessa Oliveira

Farmacêutica e Bioquímica

CRF-SP 22143

Dr.ª Janessa Oliveira
Não tem agenda disponível
Buscar Médico perto de você

Algumas complicações podem ocorrer após a aplicação de uma injeção intramuscular glútea. Elas podem estar associadas a erros ou não. É importante conhecer o que pode dar errado para procurar ajuda rapidamente.

Veja abaixo o que pode acontecer e o que fazer nestes casos:

1. Dor ou perda de movimentos

Quando o nervo ciático é atingido pela agulha durante a aplicação da injeção, você pode sentir uma pequena dor passageira, dor mais intensa, dormência ou até a perda de movimento da perna. A lesão pode causar paralisia ou dormência permanentes da perna no lado onde a aplicação foi feita.

A lesão do nervo é a complicação mais comum após a injeção intramuscular. O nervo ciático é o nervo mais frequentemente afetado.

O que fazer: é importante procurar um médico para reduzir a gravidade do dano e iniciar o tratamento quanto antes, aumentando as chances de recuperação. O tratamento da lesão inclui o uso de medicamentos para dor, fisioterapia, uso de dispositivos auxiliares e exploração cirúrgica.

2. Limitação de movimentos

Quando fazemos um esforço com o músculo e sentimos que ele "endurece", ele está contraído. Quando relaxamos, ele deixa de ficar duro. Se você percebe que o músculo está sempre rígido e não relaxa, isso não é normal. Pode ser o caso da contratura do músculo glúteo.

A pessoa com esse problema apresenta uma rigidez no quadril que a impede de trazer ambos os joelhos juntos durante o agachamento.

Muitas causas são atribuídas à contratura do músculo glúteo, sendo que a aplicação repetida de injeção intramuscular glútea no mesmo músculo é a mais comum.

O que fazer: caso você sinta que o seu músculo está rígido e tem limitação de movimentos após uma ou mais injeções, procure um médico. Exames radiológicos conseguem detectar o problema e descartar outras causas. O tratamento com fisioterapia é indicado, mas pode ser necessário fazer cirurgia para corrigir o problema.

3. Alteração do efeito esperado para a injeção

Pessoas obesas, com sobrepeso e mulheres têm uma camada mais grossa de gordura na região do glúteo. Nestas pessoas a aplicação pode ser feita acidentalmente na região subcutânea. Isto afeta o efeito do medicamento feito para ser injetado no músculo, além de aumentar o risco de complicações.

Se o medicamento vazou depois da aplicação, o efeito pode ser afetado também. Consulte o médico para saber o que fazer neste caso.

Outras complicações mais raras

Infecções

Nos casos de infecção, você pode observar bolha ou abscesso (pode sair líquido ou não), vermelhidão, inchaço. Pode sentir dor intensa e ter febre nas 24 horas depois da injeção.

Mal-estar e outros sintomas como confusão, pressão baixa, hipotermia ou febre podem estar associados. Pode levar à necrose (morte de tecidos) no local e à infecção generalizada.

Evolui rapidamente e precisa de diagnóstico rápido. Por isso você deve procurar um médico com urgência caso tenha os sintomas descritos.

A fasciíte necrosante é uma complicação, não um erro. Ela é uma infecção rara e grave que pode estar associada à aplicação intramuscular de medicamentos. Infecção (por exemplo, na garganta), o uso de anti-inflamatórios ou de corticoides podem aumentar a chance de fasciíte.

Outras consequências de infecção após a aplicação de injeção são a gangrena gasosa e a formação de abscesso. Elas também são muito raras. A falta de cuidados de higiene na aplicação também pode causar infecções e suas consequências.

Exames de sangue e de imagem são utilizados para diagnóstico e avaliação da gravidade. Requer cirurgia imediata, tratamento de suporte com antibióticos e hemodinâmico.

Mancha roxa que pulsa (pseudoaneurisma)

Se você sente dor intensa, com inchaço, endurecimento (formação de “caroço”) no local da aplicação da injeção e vê hematoma (mancha roxa) que pulsa (em alguns casos), pode ser um caso de pseudoaneurisma.

O caroço que se forma pode comprimir o nervo ciático, causando sintomas como dor, dormência ou perda de movimento na perna do lado correspondente ao local da aplicação. Pode causar anemia e necrose (morte de tecidos).

Você precisa procurar um médico com urgência.

O pseudoaneurisma é uma lesão rara e pode ser causada pela perfuração durante a aplicação da injeção intramuscular glútea. Devido à perfuração, o sangue sai da artéria e causa como uma hemorragia interna.

Exames de imagem, como ultrassom, tomografia ou ressonância magnética conseguem detectar o problema. O tratamento consiste em fazer parar o sangramento e na drenagem do hematoma para diminuir a necrose e aliviar a dor.

Quem tem maior risco de complicações?

Atenção maior durante e após a aplicação intramuscular glútea em:

  • Crianças;
  • Idosos;
  • Pacientes com baixo peso.

Eles têm um risco maior de lesão do nervo ciático devido à aplicação. As crianças e os idosos podem não perceber o problema ou não se queixar.

As pessoas com problemas de imunidade são mais suscetíveis a infecções. Por isso, há maior risco de complicações como a fasciíte necrosante, abscessos e a gangrena gasosa nestes casos, apesar de serem raras.

60% dos leitores acham este conteúdo útil (25 avaliações nos últimos 12 meses)
  • Iremos publicar sua pergunta de forma anônima.
  • Faça uma pergunta clara, curta e sem incluir dados pessoais.
  • Não peça um diagnóstico ou 2ª opinião sobre tratamentos que já esteja realizando.
Iremos utilizá-lo para o notificar sobre a resposta. O seu email nunca será publicado online.
Marque consulta com um Médico perto de você!

Atendemos mais de 150 convênios em 9 estados do Brasil*.

Marcar Consulta

Disponível em: São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Pernambuco, Bahia, Maranhão, Pará, Paraná, Sergipe e Ceará.

Perguntas relacionadas

Pressão 11x6 é normal? O que fazer?

A pressão 11x6 é considerada normal. Mas quando apresenta sintomas como cansaço, sonolência ou tontura, pode ser baixa. Veja quando a pressão 11x6 é normal e quando ir ao médico.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janessa Oliveira
Dr.ª Janessa Oliveira

O que acontece se comer ovo de mosca?

Ao comer ovos de mosca presentes em alimentos contaminados, os ovos normalmente não sobrevivem à passagem pelo trato gastrointestinal e são eliminados com as fezes. Entenda melhor o que acontece se comer ovo de mosca.

Foto do autor do artigo Jonathan Panoeiro
Jonathan Panoeiro

O que significa decorticação pulmonar?

Entenda o que significa decorticação pulmonar, quando esse procedimento pode ser indicado e qual médico consultar em caso de dúvidas.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janyele Sales
Dr.ª Janyele Sales

O que podem ser bolinhas brancas na garganta?

As bolinhas brancas na garganta, especificamente nas amígdalas, normalmente são cáseos amigdalianos. Entenda melhor o que podem as bolinhas brancas na garganta e o que fazer.

Foto do autor do artigo Dr. Flávio Sakae
Dr. Flávio Sakae

O que é redução volumétrica encefálica?

Redução volumétrica encefálica significa que o cérebro diminuiu. É um efeito esperado com o avançar da idade quando é difusa (espalhada), não sendo necessariamente um sinal de problema ou doença. Entenda quando é normal e quando se preocupar.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janessa Oliveira
Dr.ª Janessa Oliveira

O que significa CID no atestado médico?

CID significa “Classificação Estatística Internacional de Doenças e Problemas Relacionados à Saúde”. Entenda melhor o que significa CID no atestado médico e porque é utilizado.

Foto do autor do artigo Dr.ª Janessa Oliveira
Dr.ª Janessa Oliveira

Mais sobre este assunto

Imagem ilustrativa do artigo Como aplicar injeção intramuscular: passos, locais e dúvidas

Como aplicar injeção intramuscular: passos, locais e dúvidas

A injeção intramuscular pode ser aplicada no glúteo, no braço ou na coxa e serve para administrar vacinas e alguns remédios, como o Voltaren ou o Benzetacil, diretamente no músculo.

Imagem ilustrativa do artigo Pressão 11x6 é normal? O que fazer?

Pressão 11x6 é normal? O que fazer?

A pressão 11x6 é considerada normal. Mas quando apresenta sintomas como cansaço, sonolência ou tontura, ela é considerada baixa.

Imagem ilustrativa do artigo Dor nas pernas: 7 causas comuns (e o que fazer)

Dor nas pernas: 7 causas comuns (e o que fazer)

A dor nas pernas geralmente é causada por lesões nos músculos, tendões ou articulações, mas também pode indicar alterações na coluna, dor ciática ou má circulação. Confira as causas mais comuns para o aparecimento de dor nas pernas e o que fazer em cada situação.

Imagem ilustrativa do artigo Dor no peito: 11 causas (e quando pode ser infarto)

Dor no peito: 11 causas (e quando pode ser infarto)

A dor no peito nem sempre é sintoma de infarto, estando quase sempre relacionada com problemas menos graves como excesso de gases, problemas gástricos ou ansiedade. Veja quando desconfiar de infarto, confira outras causas de dor no peito e saiba o que fazer em cada caso.

Imagem ilustrativa do artigo Dor embaixo da costela esquerda: 12 causas (e o que fazer)

Dor embaixo da costela esquerda: 12 causas (e o que fazer)

A dor do lado esquerdo abaixo da costela pode ser causada por uma inflamação ou infecção como gastrite, pancreatite ou pedra nos rins, e pode ser tratada com mudanças na alimentação ou uso de remédios. Veja as principais causas da dor do lado esquerdo abaixo da costela e o que fazer.

Imagem ilustrativa do artigo Dor no joelho: 11 causas comuns (e o que fazer)

Dor no joelho: 11 causas comuns (e o que fazer)

A dor no joelho pode surgir por desgaste na articulação, excesso de peso ou lesões, por exemplo. Mas também pode indicar problemas mais graves, como rompimento dos ligamentos ou osteoartrite. Conheça as causas mais comuns e o que fazer para aliviar a dor.

Imagem ilustrativa do artigo Dor no nervo ciático: o que é, sintomas e como aliviar

Dor no nervo ciático: o que é, sintomas e como aliviar

A dor no nervo ciático geralmente afeta as costas, glúteo e perna de um dos lados do corpo e é causada por alterações na coluna devido ao envelhecimento. No entanto, também por ser indicativo de hérnia de disco e até tumores. Veja o que é a dor no nervo ciático, sintomas, como confirmar, causas e tratamento.

Imagem ilustrativa do artigo Dor na coxa: o que pode ser e o que fazer

Dor na coxa: o que pode ser e o que fazer

A dor na coxa pode ser causada pelo excesso de atividade física, treino intenso, inflamação do nervo ciático ou pancada no local, sendo importante em todos os casos repousar para ajudar a aliviar a dor. Saiba mais sobre as principais causas de dor na coxa e o que fazer.