Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que são medicamentos manipulados e sua vantagens

Medicamentos manipulados são diferentes dos industrializados, pois podem ser preparados diretamente na farmácia, pelo profissional farmacêutico. Eles são produzidos a partir de fórmulas padronizadas e reconhecidas pela Anvisa, ou a partir da prescrição de um profissional habilitado, como o médico, que é capaz de que estabelecer em detalhes sua composição, dose e modo de usar.

Este tipo de remédio pode ter diversas finalidades, desde o tratamento de doenças, suplementação alimentar ou para fins estéticos, e apresenta algumas vantagens, já que contém o mesmo princípio ativo, mas que é personalizado para a pessoa que vai usar.

Entretanto, este tipo de medicamento também apresenta desvantagens, já que pode haver uma maior dificuldade de fiscalização pelos órgãos sanitários. Por isso, em geral, os remédios manipulados são confiáveis e eficazes, mas isto só é garantido caso a farmácia siga as práticas determinadas pelo Ministério da saúde, utilize matérias-primas de qualidade e exerça os processos de manipulação de forma rigorosa e controlada. 

Quais são as diferenças 

Segundo a Anvisa, que é o órgão responsável pela aprovação para comercialização dos medicamentos no Brasil, a principais diferenças entre os medicamentos manipulados e industrializados, são:

Medicamentos IndustrializadosMedicamentos Manipulados

São produzidos nas indústrias em grandes quantidades, com a utilização de equipamentos que produzem lotes de até milhares de unidades;

São manipulados de acordo com uma prescrição médica e em quantidade suficiente somente para atender às necessidades específicas do paciente;

São produzidos com dosagens ou concentrações padronizadas;

São personalizados, ou seja, prescritos e manipulados numa dosagem ou concentração especifica; 

Passam por controle de qualidade durante todo o processo de produção, com materiais e produtos analisados pelo fabricante do medicamento;

Não passam por controle de qualidade como na indústria. As análises das matérias-primas e dos materiais das embalagens são feitas pelos fornecedores e alguns testes são refeitos nas farmácias;

Os processos de fabricação são supervisionados por profissionais farmacêuticos qualificados;

Os processos de manipulação são supervisionados por profissionais farmacêuticos qualificados;

Possuem embalagens padronizadas. Os dados sobre indicação, uso, efeitos colaterais, contra-indicações e cuidados de conservação estão na bula. 

Contém rótulos com informações sobre a farmácia responsável pela manipulação, data e validade, farmacêutico responsável e cuidados de conservação. Não contém a bula. Outras informações, como forma de uso e efeitos, devem ser prestadas pelo médico e pelo farmacêutico;

Costumam ter um tempo maior de validade, pois contêm produtos estabilizantes e conservantes na sua forma;

O prazo de validade costuma ser somente o do período de tratamento do paciente, pois é feito para atender aquelas necessidades específicas;

Os medicamentos industrializados devem ser registrados na Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

As farmácias de manipulação devem ser registradas e fiscalizadas pelos serviços de vigilância sanitária dos estados e municípios brasileiros.

Principais vantagens 

Algumas das principais vantagens da manipulação dos medicamentos incluem:

  • Produz remédios em doses individualizadas, o que é um grande benefício, pois as doses padronizadas dos remédios industrializados nem sempre correspondem ao necessário para cada paciente; 
  • Permite a associação de duas ou mais substâncias, o queajuda no uso de uma menor quantidade de comprimidos ou cápsulas por dia;
  • Evita desperdícios, pois é produzido na quantidade necessária para o uso da pessoa;
  • Substitui medicamentos não comercializados nas farmácias, que não são produzidos separadamente ou por não haver interesse na comercialização pela indústria farmacêutica;
  • Prepara medicamentos sem substâncias excipientes, como conservantes, estabilizantes, açúcares ou, até, lactose, que podem estar presentes nas fórmulas padronizadas dos industrializados;
  • Produz remédios com formas de apresentação diferentes, como comprimidos, cápsulas, cremes, géis ou soluções, facilitando o uso da pessoa, como, por exemplo, produzir na forma de xarope um medicamento que só é vendido como comprimido.

Assim, se produzidos com qualidade, os medicamentos manipulados podem produzir o efeito desejado, com a vantagem de se adaptar melhor à pessoa que usa, caso isso seja necessário, facilitando o tratamento.

O que são medicamentos manipulados e sua vantagens

Principais desvantagens

Apesar de tantas vantagens, os medicamentos manipulados também apresentam alguns incovenientes, que podem ser desvantajosos, como:

  • Dificuldades de fiscalização pelos órgãos sanitários, devido ao crescimento na quantidade de farmácias de manipulação por todo o Brasil, o que pode comprometer a sua qualidade;
  • Risco de haver erros de dosagens, já que as análises são feitas pelos fornecedores dos princípios ativos e testados pelas próprias farmácias;
  • O prazo de validade é mais curto, e se não for usado por completo durante o tempo previsto, não poderá ser guardado;
  • Menos práticos e facilmente encontrados, sendo, geralmente, mais fácil e barato comprar o medicamento industrializado pronto na farmácia.

Assim, é muito importante que, antes de manipular um medicamento, a pessoa se certifique de que se trata de uma farmácia confiável e que segue as normas de manipulação corretamente, para evitar efeitos indesejados ao longo do tratamento. 

Mais sobre este assunto:


Carregando
...