Somos REDE D'OR
icon de informação icon de telefone 3003-3230
Número disponível apenas em território brasileiro, com custo de chamada local.

Marapuama: para que serve e como fazer o chá

janeiro 2023
  1. Para que serve
  2. Como usar
  3. Efeitos colaterais
  4. Contra-indicações

A marapuama é uma planta medicinal, das espécies Ptychopetalum unicatum A. ou Ptychopetalum alcaloides B., rica em alcaloides e esteróis, com propriedades afrodisíacas e tônicas, sendo por isso, muito utilizada popularmente, para aumentar a vitalidade e a libido e diminuir o cansaço e a fadiga.

As partes utilizadas dessa planta medicinal, que também é conhecida como liriosma ou pau-homem, são as folhas frescas ou a casca seca, de onde são extraídas as substâncias ativas para o preparo do chá ou cápsulas.

A marapuama pode ser encontrada em lojas de produtos naturais e algumas farmácias de manipulação, e deve ser usada com orientação do médico ou de um profissional com experiência em plantas medicinais.

Imagem ilustrativa número 1

Para que serve

A marapuama possui vários benefícios para a saúde, sendo normalmente indicada para:

  • Melhorar a circulação sanguínea;
  • Celulite;
  • Anemia;
  • Disfunção erétil em homens;
  • Aumentar a libido;
  • Combater o estresse e fadiga;
  • Melhorar a memória;
  • Diarreia;
  • Gripe;
  • Disfunções intestinais;
  • Reumatismo;
  • Inchaço;
  • Dor de estômago;
  • Cólica menstrual.

Além disso, a marapuama pode ser usada para auxiliar no tratamento da impotência sexual ou disfunção erétil, devido suas propriedades afrodisíacas e por melhorar a circulação sanguínea. Veja outras opções naturais para ajudar a tratar a impotência.

Embora tenha muitos benefícios, a marapuama não deve substituir o tratamento médico com remédios e nem ser utilizado sem que tenha sido orientado pelo médico ou fitoterapeuta.

Como usar

A marapuama pode ser encontrada na forma de cascas picadas e secas ou na forma fresca, e pode ser usada para preparar chá ou compressas para aplicar nas regiões afetadas pela má circulação.

1. Chá das cascas de marapuama

Esse chá deve ser feito utilizando as cascas secas e picadas da marapuama para aumentar a libido ou diminuir o cansaço e a fadiga, por exemplo.

Ingredientes

  • 2 colheres (de sopa) de cascas picadas e secas;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Colocar as cascas de marapuama em uma panela com a água e ferver durante 15 minutos. Desligar o fogo, aguardar amornar e coar. Beber até 3 xícaras desse chá por dia.

Esse chá também pode ser usado na forma de compressas, aplicadas sobre a articulação para aliviar a dor e auxiliar no tratamento do reumatismo.

2. Chá de marapuama em pó

Esse chá, preparado com a marapuama em pó, pode ser usado como afrodisíaco, para aumentar o desejo sexual e

Ingredientes

  • 1 colher (de sopa) de marapuama em pó;
  • 300 mL de água.

Modo de preparo

Adicionar a marapuama em pó e a água em uma panela e ferver. Desligar o fogo, deixar repousar por cerca de 10 minutos, esperar amornar, coar e beber 1 xícara de 2 a 3 vezes por dia.

Outra forma de usar a marapuama em pó, é adicionando em sucos ou bebidas frescas, devido ao seu sabor amargo.

3. Cápsulas de marapuama

A marapuama pode ser também encontrada na forma de cápsulas, em farmácias de manipulação ou lojas de produtos naturais, sendo que a quantidade de marapuama nas cápsulas pode variar de 100 mg a 500 mg.

Geralmente, as doses indicadas são de 500 mg a 1500 mg por dia de marapuama, de acordo com a orientação médica, por no máximo 1 mês de tratamento.

É importante ressaltar que o uso das cápsulas de marapuama deve ser orientado pelo médico, de acordo com a condição a ser tratada, e por isso, seu uso deve ser feito sempre com indicação médica, pois é um produto natural e não substitui o tratamento convencional.

Possíveis efeitos colaterais

A marapuama é considerada segura para adultos quando tomada nas doses recomendadas e por no máximo 1 mês de tratamento. No entanto, quando utilizadas em doses maiores do que 1500 mg por dia ou por tempo prolongado, pode causar efeitos colaterais como agitação, nervosismo, tremor nas mãos, palpitações ou ejaculação precoce.

Quem não deve usar

A marapuama não deve ser usada por crianças, mulheres grávidas ou em amamentação, ou por pessoas que têm pressão alta ou outros problemas cardiovasculares.

Além disso, a marapuama também não deve ser usada por pessoas que tenham alergia a qualquer um dos componentes dessa planta medicinal.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em janeiro de 2023.

Bibliografia

  • SIQUEIRA, I. R.; et al. Antioxidant activities of Ptychopetalum olacoides ("muirapuama") in mice brain. Phytomedicine. 14. 11; 763-9, 2007
  • BRUNETTI, P.; et al. Pharmacology of Herbal Sexual Enhancers: A Review of Psychiatric and Neurological Adverse Effects. Pharmaceuticals (Basel). 14. 13(10); 309, 2020
Mostrar bibliografia completa
  • TIAN; X.; et al. Qualitative and quantitative analysis of chemical constituents of Ptychopetalum olacoides Benth. Nat Prod Res. 32. 3; 354-357, 2018
  • POWERS, C. N.; SETZER, W. N. A molecular docking study of phytochemical estrogen mimics from dietary herbal supplements. In Silico Pharmacol. 3. 4, 2015
  • FERRINI, M. G.; et al. Effect of ginger, Paullinia cupana, muira puama and l- citrulline, singly or in combination, on modulation of the inducible nitric oxide- NO-cGMP pathway in rat penile smooth muscle cells. Nitric Oxide. 76. 81-86, 2018
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.

Tuasaude no Youtube

  • Dicas para Impotência Sexual

    08:02 | 334218 visualizações
  • RECEITA DE JANTAR ROMÂNTICO

    03:48 | 17920 visualizações
  • ESTIMULANTE SEXUAL NATURAL

    09:00 | 582300 visualizações