Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Bula da Lactulona (Lactulose)

Lactulona é um laxante do tipo osmótico que tem como substância ativa a Lactulose, uma substância capaz de tornar as fezes mais amolecidas por reter água no intestino grosso, sendo indicado para tratar a prisão de ventre.

Esse medicamento é disponível na forma de xarope, e os seus efeitos costumam ser obtidos após a sua utilização por alguns dias seguidos, já que sua função consiste em restabelecer o funcionamento regular do intestino ao intensificar o acúmulo de água no bolo fecal.

A Lactulona é produzida pelos laboratórios Daiichi Sankyo Brasil Farmacêutica, sendo encontrada nas principais farmácias, sendo também disponibilizado na sua forma genérica ou similares de outras marcas, como o Lactuliv. O seu preço é entre 30 a 50 reais por frasco, o que é variável de acordo com o local onde é vendido.

Bula da Lactulona (Lactulose)

Para que serve

A Lactulona é indicada para quem sofre de prisão de ventre, pois além de aumentar o número de evacuações diminui as dores abdominais e demais desconfortos causados por esse problema.

Além disso, este medicamento é indicado para a prevenção de quadros de encefalopatia do fígado (incluindo as etapas de pré-coma ou coma hepático), devido à melhoria do funcionamento do intestino.

Como tomar

A Lactuliona pode ser tomada preferencialmente em uma única dose pela manhã ou à noite, sozinha ou misturada em água ou alimentos, como suco de fruta, leite, iogurte, por exemplo, sempre seguindo a orientação médica.

A dose utilizada é indicada da seguinte forma:

Adultos

  • Prisão de ventre crônica: Administrar de 15 a 30 ml de lactulona diariamente.
  • Encefalopatia do fígado: Iniciar o tratamento com 60 ml por dia, podendo chegar, em casos graves até 150 ml diariamente.

Crianças

  • Prisão de ventre:

    • 1 a 5 anos de idade: Administrar 5 a 10 ml de Lactulona diariamente.
    • 6 a 12 anos de idade: Administrar 10 a 15 ml de Lactulona diariamente.
    • Acima de 12 anos de idade: Administrar de 15 a 30 ml de Lactulona diariamente.

Por não ser um medicamento irritante ao intestino, a Lactulose pode ser usada para tratamento a longo prazo para as pessoas sem contra-indicação, tendo um uso mais seguro do que os laxantes do tipo estimulantes do intestino, como o Bisacodil, por exemplo. Entenda quais são os perigos do uso dos laxantes

Possíveis efeitos colaterais

Alguns dos principais efeitos colaterais da Lactulona incluem cólicas abdominais, gases, eructação, diarréia, inchaço da barriga, enjoo.

Quem não deve usar

A Lactulona é contra-indicada em casos de:

  • Alérgia ao princípio ativo ou a qualquer componente da fórmula;
  • Intolerância a açúcares como lactose, galactose e frutose, já que podem estar presentes na fórmula;
  • Doenças gastrointestinais como gastrite, úlceras pépticas, apendicite, sangramento ou obstrução intestinal ou diverticulite, por exemplo;
  • Durante o preparo intestinal de pessoas que serão submetidas a exames proctológicos com o uso de eletrocautério.

Além disso, deve ser evitado ou utilizado somente sob indicação médica em casos de gravidez, amamentação e pessoas com diabetes.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...