Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que fazer para curar a labirintite

A labirintite pode ter cura, o que depende da sua causa e da realização correta do tratamento, com uso de remédios, como Betaístina, e com a realização de exercícios de fisioterapia, por exemplo.

Esta doença acontece por uma inflamação do labirinto, que é uma estrutura do ouvido interno, causando sintomas como perda de equilíbrio, tonturas, vertigens, zumbido no ouvido, vômitos e enjôos e, geralmente, ocorre quando o nervo que segue dentro da orelha interna é infectado por um vírus ou uma bactéria.

Apesar disto, a labirintite é o termo popularmente utilizado para descrever qualquer caso de vertigem, o que pode ter diversas causas, como a Vertigem Posicional Paroxística Benigna, ou VPPB, que é a causa mais comum de vertigem, a neurite vestibular, tumores, enxaqueca e a doença de Meniére, por exemplo. Entenda, melhor, o que é e como identificar a labirintite.

O que fazer para curar a labirintite

Tratamento para labirintite

Após confirmada a causa da vertigem, pela investigação dos sintomas e realização do exame físico, o médico otorrino irá indicar o melhor tratamento para cada caso, que pode ser:

  • Exercícios de reabilitação vestibular e realização de fisioterapia, muito importante em casos de vertigem posicional paroxística benigna e neurite vestibular;
  • Uso de medicamentos, como Betaístina e Flunarizina, que ajudam a controlar vertigens originadas de disfunções do labirinto;
  • Tratamento de doenças que podem estar desencadeando a vertigem, como uso de antibióticos e anti-inflamatórios para tratar infecções, realização de reabilitação para doenças neurológicas, como enxaqueca, AVC ou esclerose múltipla, além de sessões de psicoterapia e uso de antidepressivos ou ansiolíticos, para casos de ansiedade, depressão e fobias, por exemplo.

Além disso, é muito importante ter atenção à dieta durante o tratamento da labirintite, já que ela pode ser piorada por alimentos, como os ricos em açúcar, bebidas estimulantes, como café, coca-cola e chá mate, e bebidas alcoólicas, por exemplo, que devem ser evitados. 

Saiba, com mais detalhes, como é feito o tratamento para labirintite.  

O que fazer para curar a labirintite

Opções de tratamento natural

Algumas ótimas formas de potencializar o tratamento da labirintite orientado pelo médico, são:

  • Fazer uma alimentação anti-inflamatória, rica em alimentos com ômega-3 como salmão, sardinha ou sementes de chia, por exemplo, e vegetais, pois são ricos em antioxidantes. Aprenda mais sobre a dieta para labirintite;
  • Tomar chá de Gingko Biloba, pois essa planta melhora a circulação de sangue no cérebro aliviando os sintomas como tonturas e náuseas;
  • Fazer terapias alternativas, como meditação e yoga, que ajudam a combater o estresse e a ansiedade, que pioram a labirintite;
  • Fazer acupuntura, pois esta promete estimular pontos específicos do corpo que podem aliviar a tontura.

Além disso, é importante evitar o cigarro, pois o fumo também é responsável por desencadear sintomas e dificultar o tratamento desta doença.

Mais sobre este assunto:
Carregando
...