Hemorroidas na gravidez: porque aparecem e como tratar

Revisão médica: Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
setembro 2022

As hemorroidas na gravidez podem surgir como consequência do aumento do peso corporal, pressão exercida sobre a região pélvica ou prisão de ventre, por exemplo, sendo mais frequente o seu aparecimento a partir do segundo trimestre da gravidez.

As hemorroidas na gravidez podem ser curadas através de do consumo de fibras, água e banhos de assento, mas em alguns casos pode ser útil aplicar uma pomada ou usar laxantes de acordo com a orientação do obstetra.

Normalmente, elas desaparecem com o tratamento mas algumas vezes ela são mais difíceis de curar e podem permanecer até o parto. As hemorroidas externas na gravidez não impedem o trabalho de parto normal e não justificam uma cesárea, mas essa decisão depende do desejo da mulher e da opinião do obstetra.

Por que aparecem hemorroidas na gravidez?

Ter hemorroidas na gravidez é normal devido ao aumento do peso corporal e da pressão exercida na região pélvica, à prisão de ventre e ao aumento da quantidade de sangue que circula pelo corpo da gestante que faz com que as veias da região anal dilatem e fiquem inchadas, originando as hemorroidas.

As hemorroidas na gravidez podem aparecerem em qualquer trimestre da gestação, mas são mais frequentes a partir do segundo trimestre de gravidez, pois o aumento do peso e a pressão exercida na pélvis é maior. No entanto, elas tendem a desaparecer no pós-parto após cerca de 3 meses.

Principais sintomas

As hemorroidas da gravidez podem ser internas ou externas, podendo causar alguns sintomas, sendo os principais:

  • Dor na região anal, principalmente ao evacuar, andar ou sentar;
  • Coceira no ânus;
  • Presença de sangue vermelho vivo ao redor das fezes ou no papel higiênico após a limpeza da região anal;
  • Aparecimento de saliência no ânus, no caso de hemorroida externa.

Se a mulher sentir algum destes sintomas, deve consultar o obstetra para ele avaliar a região anal e indicar o tratamento adequado.

Como é feito o tratamento

Como na maioria das vezes a hemorroida acontece devido à prisão de ventre, é importante tratar essa situação, além de adotar medidas para aliviar a dor relacionada com a hemorroida.

O tratamento para hemorroida na gravidez deve ser indicado pelo obstetra, que pode indicar o uso de medicamentos analgésicos, como o paracetamol, laxantes e pomadas com propriedade analgésica e anti-inflamatória. Conheça as principais pomadas indicadas para hemorroidas.

Em alguns casos, o médico também pode recomendar a utilização de um microenema, que é uma espécie de supositório que deve ser inserido no ânus, tendo um efeito mais rápido e não sendo absorvido pelo organismo. Os mais recomendados são os compostos por glicerina, que facilitam a eliminação das fezes.

A cirurgia para hemorroidas na gravidez só deve ser realizada se todas as alternativas de tratamento forem insuficientes, se a situação for insuportável para a mulher e se o bebê não correr nenhum risco.

Tratamento caseiro

O tratamento caseiro para hemorroidas na gravidez pode ser feito com banhos de assento com água morna para aliviar os sintomas de hemorroidas, como dor na região anal ao sentar e ao evacuar, coceira na região do ânus e um ou mais papos na região anal. 

Para realizar o banho de assento, basta colocar um pouco de água morna em uma bacia, aproximadamente a 37 ºC, e sentar em seguida por cerca de 20 minutos, garantindo que as hemorroidas fiquem completamente na água. Confira outras opções de remédio caseiro para hemorroidas.

Veja mais sobre o tratamento caseiro para hemorroidas no vídeo a seguir:

Cuidados durante o tratamento

Durante o tratamento para hemorroidas na gravidez, a mulher deve ter alguns cuidados, sendo os principais:

  • Não usar papel higiênico, limpando a região anal sempre com lenços umedecidos ou água morna e sabonete neutro após urinar ou defecar;
  • Não permanecer muito tempo sentada, principalmente no vaso sanitário ou em pé;
  • Beber cerca de 2 litros de água por dia;
  • Ingerir alimentos ricos em fibras, como verduras, legumes, frutas, cereais, feijão, grão de bico ou pão integral, por exemplo;
  • Não comer alimentos com pimenta e evitar muitos condimentos ou frituras;
  • Usar uma almofada com uma abertura no centro quando se sentar.

Além disso, é recomendado que a mulher pratique atividade física como caminhada, yoga ou hidroginástica, por exemplo, desde que liberado pelo obstetra.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Marcela Lemos - Biomédica, em setembro de 2022. Revisão médica por Drª. Sheila Sedicias - Ginecologista, em fevereiro de 2016.
Revisão médica:
Drª. Sheila Sedicias
Ginecologista
Médica mastologista e ginecologista formada pela Universidade Federal de Pernambuco, em 2008 com registro profissional no CRM PE 17459.

Tuasaude no Youtube

  • Hemorroida | Remédios Caseiros

    01:20 | 1326011 visualizações