Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Para que serve a Garra do diabo (Harpagophytum procumbens)

Atualizado em Junho 2019

A Garra-do-diabo é uma planta medicinal, também conhecida por harpago, muito utilizada para tratar reumatismo, como artroses dolorosas nas articulações e dores na região lombar da coluna vertebral. Além disso, também está indicada para o tratamento de transtornos digestivos.

O seu nome científico é Harpagophytum procumbens e pode ser comprada em lojas de produtos naturais, farmácias de manipulação e em algumas feiras livres. Ele pode ser utilizado em forma de chá, comprimido ou gel.

Para que serve a Garra do diabo (Harpagophytum procumbens)

Para que serve

O harpago  possui propriedades analgésicas e anti-inflamatórias e, por isso, está indicado como auxiliar no tratamento do reumatismo, como em caso de artroses dolorosas, artrite, bursite e tendinite ou dores na coluna vertebral, e no tratamento de distúrbios gastrintestinais, como prisão de ventre, diarreia e excesso de gases intestinais.

Como usar

​As partes utilizadas do harpago são as raízes secundárias secas, para fazer chás e emplastros.

Para preparar o chá de garra-do-diabo, basta colocar 1 colher (de chá) das raízes secas numa panela, juntamente com 1 xícara de água. Deixar ferver por 15 minutos em fogo baixo, esfriar, coar e beber 2 a 3 xícaras por dia.

Possíveis efeitos colaterais

Em pessoas que tenham o estômago sensível, o harpago pode provocar transtornos gastrintestinais ligeiros, como diarreia, náuseas ou indigestão.

Quem não deve usar

O harpago está contraindico para pessoas com hipersensibilidade a esta planta medicinal, pessoas com úlcera do estômago ou do duodeno, e também não deve ser usado por grávidas ou mulheres que estejam a amamentar.


Bibliografia

  • MONOGRAFIA DA ESPÉCIE Harpagophytum procumbens DC. ex Meissn. (“GARRA-DO-DIABO”). Monografia, 2015. Ministério da saúde e ANVISA.
  • GRUNWALD, JORG; JANICKE, CHRISTOF. A farmácia verde. Espanha: Editora Everest, 2009. 346-347.
  • MYRALIS PHARMA. Bioflan - Harpagophytum procumbens. 2014. Link: <media.netfarma.com.br>. Acesso em 12 Jun 2019
Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Se ficou com alguma dúvida ou encontrou algum erro escreva aqui para que possamos melhorar o texto. Não lhe iremos responder directamente. Se quiser uma resposta clique em Contato.

Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem