Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Incontinência urinária na gravidez: como identificar e tratar

A incontinência urinária na gravidez é uma situação comum que acontece devido ao crescimento do bebê ao longo da gestação, que faz com que o útero vá pressionando a bexiga, levando a que fique com menos espaço para encher e aumentar de tamanho, gerando a vontade de urinar mais frequente.

Apesar de ser um problema que geralmente desaparece após o parto, em casos de parto induzido ou nas situações em que o bebê pesa mais que 4 kg, a mulher pode manter a incontinência urinária mesmo depois da gravidez, já que os músculos do períneo esticam muito durante o parto e ficam mais flácidos, provocando as perdas involuntárias de urina.

Incontinência urinária na gravidez: como identificar e tratar

Como identificar a incontinência urinária 

A incontinência urinária é uma situação que se manifesta com:

  • Perda de urina antes de chegar ao banheiro;
  • Saída de pequenos jatos de urina ao rir, correr, tossir ou espirrar;
  • Não conseguir segurar o xixi por mais de 1 minuto.

Normalmente a dificuldade de segurar o xixi passa depois do bebê nascer, mas fazer exercícios pélvicos, contraindo os músculos da vagina é a melhor forma de combater esse sintoma, tendo total controle da urina. 

Assista o vídeo seguinte com exercícios para incontinência urinária:

Como é feito o tratamento

O tratamento para a incontinência urinária na gravidez tem como objetivo fortalecer os músculos do assoalho pélvico através da sua contração para diminuir os episódios de incontinência urinária.

Isso pode ser feito através de fisioterapia com exercícios de contração dos músculos do pavimento pélvico, que são chamados de exercícios de Kegel, mas nos casos mais graves, pode ser preciso ainda recorrer a um aparelho de estimulação elétrica, em que os músculos pélvicos contraem involuntariamente devido a uma corrente elétrica leve e suportável.

Para realizar os exercícios deve:

  1. Esvaziar a bexiga;
  2. Contrair os músculos do assoalho pélvico durante 10 segundos. Para identificar quais são estes músculos, só se tem que interromper o fluxo de urina quando estiver urinando. Esse movimento é aquele que tem que utilizar na contração;
  3. Relaxar os músculos durante 5 segundos.

Os exercícios de Kegel devem ser repetidos 10 vezes seguidas, 3 vezes ao dia.

O mais importante é a mulher ter consciência do músculo que deverá contrair e contraí-lo várias vezes ao dia. Quanto mais exercícios fizer, mais rápido ficará curada. Este exercício pode ser feito sentada, deitada, com as pernas abertas ou fechadas.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Irá receber um email com um link que deverá aceder para confirmar que o email lhe pertence.
Mais sobre este assunto:

Publicidade
Carregando
...
Fechar Simbolo de finalizado

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem