Alimentos ricos em silício orgânico

Revisão clínica: Tatiana Zanin
Nutricionista
junho 2022

Os principais alimentos que são ricos em silício orgânico incluem algumas frutas, como uva passa e laranja; legumes e hortaliças, como beterraba e agrião; e cereais, como aveia, centeio e trigo.

O silício orgânico é um mineral muito usado em produtos de beleza, pois ajuda a manter a pele firme e os cabelos e as unhas bonitas e saudáveis.

Além das fontes alimentares, o silício também pode ser encontrado na forma de cápsulas, que podem ser compradas em farmácias e lojas de produtos naturais, devendo ser usado de acordo com a indicação de um médico, ou nutricionista. Veja como usar o silício em cápsulas.

Lista de alimentos ricos em silício

A tabela a seguir indica a quantidade de silício orgânico em cada 100g dos alimentos:

Alimento

Silício por cada 100g do alimento

Aveia

13 mg

Centeio

36 mg

Farelo de trigo

67,8 mg

Agrião

610,6 mg

Beterraba

25,4 mg

Feijão verde

43,9 mg

Espinafre

27 mg

Avelã

10 mg

Amendoim

4,7 mg

Abacaxi

9 mg

Banana

6 mg

Uva passa

14 mg

Outros alimentos que contêm silício, mas em menor quantidade, incluem a maçã, o morango, a ameixa, a água mineral e os laticínios em geral.

Benefícios do Silício

Os benefícios do silício para saúde estão principalmente relacionados com a beleza, a saúde dos ossos e das articulações, como:

  • Fortalece ossos e articulações, pois aumenta a produção de colágeno;
  • Ajuda na cicatrização de fraturas dos ossos;
  • Previne a queda de cabelo, e aumenta o brilho e a maciez;
  • Ajuda na recuperação de doenças respiratórias, como tuberculose;
  • Fortalece as unhas e previne infecções nas mãos;
  • Protege o cérebro contra a intoxicação por alumínio, um mineral que está relacionado à doenças como Alzheimer;
  • Previne a aterosclerose;
  • Participa na formação de colágeno, evitando rugas e envelhecimento precoce.

A deficiência de silício no corpo pode provocar sinais e sintomas, como enfraquecimento dos ossos, do cabelo e das unhas, aumento de rugas e envelhecimento da pele.

Quantidade recomendada

Ainda não há consenso sobre a quantidade recomendada de silício, mas em geral sugere-se a ingestão  de 10 a 25 mg por dia para adultos.

É importante lembrar que idosos e mulheres na menopausa têm maior dificuldade para absorver o silício, sendo recomendado passar por uma avaliação médica antes de iniciar a suplementação com esse mineral.

Como usar

Além de consumir os alimentos ricos em silício, esse mineral também pode ser usado em cremes e hidratantes diariamente, seguindo a orientação de um dermatologista.

O silício em cápsulas deve ser tomado somente sob a recomendação de um médico, ou nutricionista, sendo geralmente indicada a ingestão de 1 a 2 cápsulas desse suplemento por dia. Saiba como usar o suplemento de silício.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Karla S. Leal - Nutricionista, em junho de 2022. Revisão clínica por Tatiana Zanin - Nutricionista, em junho de 2022.

Bibliografia

  • R. JUGDAOHSINGH. Silicon and bone health. Journal of Nutrition, Health and Aging. Vol.11. 2.ed; 99-110, 2007
  • ROBBERECHT, Harry et al. Silicon in Foods: Content and Bioavailability. International Journal of Food Properties . Vol.11. 638–645, 2008
Mostrar bibliografia completa
  • MEDEIROS, Tais et al. Silício nos alimentos: uma revisão. Advances in Nutrition Science. Vol.1. 1.ed; 41-48, 2020
Revisão clínica:
Tatiana Zanin
Nutricionista
Formada pela Universidade Católica de Santos em 2001, com registro profissional no CRN-3 nº 15097.