Fedegoso: para que serve e como fazer o chá

O fedegoso, também conhecido como café negro ou folha do pajé, é uma planta medicinal rica em flavonóides, alcalóides, taninos e compostos fenólicos, com propriedades anti-inflamatórias, antimicrobianas, diuréticas e laxantes. Por isso, essa planta é popularmente utilizada como remédio caseiro para prisão de ventre, infecção urinária ou cólica menstrual, por exemplo.

O nome científico do fedegoso é Cassia occidentalis ou Senna occidentalis, e as partes normalmente utilizadas desta planta medicinal são as folhas e raízes, para o preparo do chá ou decocto. As sementes de fedegoso também podem ser utilizadas, no entanto, podem ser tóxicas para o organismo quando consumidas em quantidades excessivas.

O fedegoso pode ser comprado em ervanários, lojas de produtos naturais ou farmácias de manipulação, e deve ser usado com orientação de um médico ou outro profissional de saúde que tenha experiência com o uso de plantas medicinais.

Para que serve 

O fedegoso possui ação diurética, laxante, antimicrobiana, analgésica, antisséptica, anti-inflamatória, depurativa, anti-hepatotóxica, imunoestimulante e vermífuga, sendo popularmente utilizada para:

  • Febre;
  • Tosse;
  • Gripe;
  • Cólica menstrual;
  • Estimular o fluxo menstrual;
  • Anemia;
  • Má digestão;
  • Prisão de ventre;
  • Dor de cabeça;
  • Dor muscular;
  • Infecções urinárias;
  • Malária;
  • Vermes.

Além disso, o fedegoso pode ajudar a melhorar a saúde do fígado e prevenir a ocorrência de doenças hepáticas, como gordura no fígado ou icterícia.

Embora tenha muitos benefícios, esta planta medicinal não deve substituir o tratamento médico e nem ser utilizada sem que tenha sido orientada pelo médico ou profissional de saúde com experiência com o uso de plantas medicinais.

Além disso, apesar do fedegoso poder ser indicado nessas situações, são necessários mais estudos para confirmar os seus efeitos.

Como usar

As partes normalmente utilizadas do fedegoso são as raízes ou as folhas de onde são extraídas as substâncias ativas com propriedades medicinais. Além disso, o fedegoso pode ser encontrado na forma de pó, encontrado em lojas de produtos naturais.

1. Chá de fedegoso

O chá de fedegoso pode ser preparado com o pó ou as folhas dessa planta, para auxiliar no tratamento de gordura no fígado, cólica menstrual, prisão de ventre, dor de cabeça, tosse, gripes ou febre, por exemplo.

Ingredientes

  • 10 g do pó de fedegoso ou 1 xícara (de café) de folhas picadas de fedegoso;
  • 500 mL de água fervente.

Modo de preparo

Adicionar o pó de fedegoso ou as folhas picadas de fedegoso na água fervente e deixar repousar por cerca de 10 minutos. Em seguida, coar e beber até 2 xícaras por dia. 

2. Decocto de fedegoso

O decocto de fedegoso deve ser preparado utilizando as raízes dessa planta, e pode ser usado para auxiliar no tratamento de doenças do fígado ou como diurético.

Ingredientes

  • 3 colheres (de sopa) de raízes de fedegoso;
  • 1 litro de água.

Modo de preparo

Adicionar os ingredientes em uma panela e ferver por cerca de 10 minutos. Em seguida, deixar repousar por 10 minutos. Coar e beber até 6 a 8 colheres (de sopa) por dia para doenças do fígado, ou de 3 a 4 colheres (de sopa) por dia, como diurético.

Possíveis efeitos colaterais

Os efeitos colaterais do fedegoso normalmente estão relacionados com o consumo excessivo, que pode causar aborto em mulheres grávidas.

Além disso, o uso das sementes, devido a presença de compostos antracênicos na sua composição, pode provocar reações tóxicas no organismo, especialmente nos rins, e causar nefrite aguda. Entenda o que é a nefrite e como é feito o tratamento

Por isso, é importante que o uso de fedegoso seja feito sob orientação do médico ou do fitoterapeuta.

Quem não deve tomar

O fedegoso não deve ser usado por gestantes, uma vez que pode provocar contrações uterinas, e causar aborto.

Além disso, essa planta medicinal não deve ser usada por lactantes, crianças ou pessoas que possuem pressão baixa.

Esta informação foi útil?

Atualizado por Flávia Costa - Farmacêutica, em fevereiro de 2022.

Bibliografia

  • GRANDI, Telma Sueli Mesquita. Tratado das Plantas Medicinais: mineiras, nativas e cultivadas. 1ed. Minas Gerais: Adaequatio Estudio, 2014. 599-600.
  • DRUGS.COM. Coffee Senna. 2021. Disponível em: <https://www.drugs.com/npp/coffee-senna.html>. Acesso em 22 fev 2022
Mostrar bibliografia completa
  • MANIKANDASELVI, S.; et al. Studies on physicochemical and nutritional properties of aerial parts of Cassia occidentalis L.. Journal of Food and Drug Analysis. 24. 3; 508-515, 2016
  • ALAKSHMI, V.; et al. Pharmacological profile of Cassia occidentalis L - A review. Int J PharmPharm Sci. 5. 3; 29-33, 2013
  • YADAV, J. P.; et al. Cassia occidentalis L.: a review on its ethnobotany, phytochemical and pharmacological profile. Fitoterapia. 81. 4; 223-30, 2010
  • ERVANARIUM. Fedegoso. Disponível em: <https://ervanarium.com.br/planta/fedegoso/>. Acesso em 02 jul 2019
  • HERBAL SECRETS OF THE RAINFOREST. Technical Data Report for Fedegoso (Cassia occidentalis). 2003. Disponível em: <http://www.rain-tree.com/reports/fedegoso-tech.pdf>. Acesso em 02 jul 2019
Equipe editorial constituída por médicos e profissionais de saúde de diversas áreas como enfermagem, nutrição, fisioterapia, análises clínicas e farmácia.