Fecaloma: o que é, sintomas e tratamento

Revisão clínica: Manuel Reis
Enfermeiro
abril 2022

Fecaloma é um termo médico utilizado para descrever uma massa de fezes endurecida e seca que pode ficar acumulada no reto ou na porção final do intestino, especialmente no caso de idosos, pessoas acamadas ou com paraplegia.

Essa situação também pode ser chamada de "fecalito" e acontece principalmente devido a prisão de ventre crônica ou diminuição dos movimentos intestinais, resultando em sintomas como inchaço abdominal, dor e obstrução crônica do intestino.

O tratamento do fecaloma varia de acordo com o grau de obstrução e endurecimento das fezes, podendo ser usados laxantes ou feita remoção manual, que deve ser feita no hospital por um gastroenterologista ou enfermeiro, caso os laxantes não funcionem.

Principais sintomas

O fecaloma pode ser identificado por meio dos seguintes sintomas:

  • Dificuldade para evacuar;
  • Dor e inchaço abdominal;
  • Presença de sangue e muco nas fezes;
  • Cólicas;
  • Eliminação de fezes pequenas ou em forma de bolas;
  • Sensação de peso na região do ânus.

É importante ir ao gastroenterologista assim que surgirem os primeiros sintomas para que sejam solicitados exames e o tratamento adequado possa ser iniciado.

Como confirmar o diagnóstico

O diagnóstico é feito pelo médico através da análise dos sintomas e, em alguns casos, por palpação da região do ânus e reto.

Podem ainda ser pedidos exames de imagem, como raio X do abdômen, especialmente se existir suspeita de fecaloma localizado no intestino, ao invés do reto.

Causas do fecaloma

O fecaloma é mais comum em pessoas idosas e com dificuldade de locomoção, pois os movimentos intestinais são dificultados, não havendo eliminação completa das fezes, que permanecem no organismo e acabam por ressecar e endurecer.

Além disso, algumas situações, como Doença de Chagas por exemplo, podem levar à formação de fecalomas. Outras situações que podem favorecer o fecaloma são: sedentarismo, má alimentação, pouca ingestão de líquidos, uso de medicamentos e prisão de ventre.

Como é feito o tratamento

O tratamento para o fecaloma tem como objetivo remover a massa endurecida de fezes e, assim, desobstruir o sistema digestivo. Por isso, o gastroenterologista pode indicar o uso de laxantes, supositórios ou lavagem intestinal, com o objetivo de estimular a eliminação do fecaloma.

No entanto, quando nenhuma dessas opções surte efeito, ou quando a obstrução intestinal é grave, o médico pode recomendar a remoção manual do fecaloma, que deve ser feita no hospital por um médico ou enfermeiro.

É importante que o fecaloma seja tratado assim que identificado para evitar complicações, como fissuras anais, hemorroidas, prolapso retal, prisão de ventre crônica ou megacólon, por exemplo, que corresponde à dilatação do intestino grosso e dificuldade para eliminar as fezes e gases. Entenda mais sobre o megacólon.

Saiba também o que comer para evitar o intestino preso e, consequentemente, o fecaloma, assistindo o seguinte vídeo:

Esta informação foi útil?

Atualizado e revisto clinicamente por Manuel Reis - Enfermeiro, em abril de 2022.
Revisão clínica:
Manuel Reis
Enfermeiro
Pós-graduado em fitoterapia clínica e formado pela Escola Superior de Enfermagem do Porto, em 2013. Membro nº 79026 da Ordem dos Enfermeiros.

Tuasaude no Youtube

  • O que fazer para soltar o Intestino Preso

    02:59 | 3860566 visualizações