Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

5 exercícios que melhoram o contato íntimo

Praticar exercício físico regularmente ajuda a aumentar o desejo sexual porque libera testosterona, hormônio importante para estimular a libido tanto em homens quanto em mulheres, e hormônios que aliviam o estresse e dão a sensação de bem estar.

Além disso, praticar atividade física ajuda a conhecer melhor o corpo e tonificar os músculos, o que aumenta a segurança e auto estima em relação ao próprio corpo.

Veja a seguir os melhores exercícios para estimular a vida a dois.

1. Exercícios de kegel

Estes exercícios são muito importantes para as mulheres porque tonificam a musculatura da região íntima e aumentam a irrigação sanguínea, o que acaba favorecendo o contato íntimo, mas além disso estes mesmos exercícios combatem a perda involuntária de urina e ejaculação precoce.

Para praticar este exercício basta contrair os músculos da região pélvica, como se estivesse sugando algo com a vagina. Para algumas pessoas pode ser mais fácil perceber como este exercício deve ser realizado ao tentar segurar o xixi durante a micção.

Esta contração deve ser realizada durante 3 a 5 segundos, por 10 vezes seguidas e a qualquer hora do dia, podendo estar sentada, deitada ou de pé. Conforme for ficando mais fácil, pode-se aumentar o tempo de cada contração e também o número de repetições.

5 exercícios que melhoram o contato íntimo

Além disso, também pode optar por praticar Pompoarismo usando bolinhas tailandesas, que melhora e aumenta o prazer sexual durante o contato íntimo, através do fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico. Saiba mais sobre esta técnica em Pompoarismo  - A ginástica que Melhora a Vida Sexual

2. Corrida e exercícios aeróbicos

Praticar pelo menos 40 minutos de exercícios aeróbicos por dia, como correr, andar de bicicleta, caminhar ou nadar, melhora a circulação sanguínea e e ajuda a combater problemas de ereção.

Além disso, esse tipo de atividade alivia o estresse, que é um dos responsáveis pela diminuição da produção de testosterona, hormônio que aumenta vontade sexual.

3. Fortalecimentos de pernas e glúteos

Além de modelar as pernas e deixar os músculos mais firmes, fortalecer a região inferior do corpo ajuda a ter mais resistência na hora da relação íntima para experimentar novas posições e evitar o cansaço fácil.

Assim, deve-se investir em exercícios que fortalecem a coxa e o bumbum, como agachamento e afundo. Veja 6 exemplos desses exercícios aqui.

4. Alongamentos

Praticar exercícios que alongam o corpo ajuda a liberar a tensão dos músculos e o estresse, e dar maior flexibilidade ao corpo, facilitando a manutenção por mais tempo das posições sexuais e a adaptação a novas posições.

Além de promover a flexibilidade e o relaxamento, atividades como ioga e Pilates têm ainda a vantagem de fortalecer e tonificar os músculos, auxiliando ainda mais no desempenho da relações íntimas.

5. Musculação

O treino de musculação aumenta a testosterona, hormônio importante para manter o desejo sexual tanto em homem quanto em mulheres. Além disso, fortalecer os músculos melhora a auto estima e a disposição para ter relações íntimas mais duradouras e com maior intensidade.

Assim, fazer um treino de força pelo menos 4 vezes por semana durante 40 minutos vai melhorar o bem estar, aliviar o estresse e dar mais confiança e estímulo para a vida íntima.

Para estimular ainda mais o desejo, veja 12 Alimentos afrodisíacos para apimentar a relação.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...