Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

O que é e quais os sintomas da Esquizofrenia Paranoide

A esquizofrenia é um transtorno mental em que a pessoa perde total ou parcialmente o contato com a realidade objetiva, sendo que, estas pessoas costumam ver, ouvir e sentir sensações que não existem na realidade.

A esquizofrenia paranoide é o subtipo da esquizofrenia mais comum, em que predominam os delírios de perseguição ou grandeza, o que tornam muitas vezes a pessoa desconfiada, agressiva e violenta.

Esta doença não tem cura, mas pode ser controlada com o acompanhamento do psiquiatra e toma de medicamentos. Conheça os outros tipos de esquizofrenia.

O que é e quais os sintomas da Esquizofrenia Paranoide

Quais os sintomas

As pessoas com esquizofrenia paranoide apresentam como principais sintomas:

  • Acreditar que estão a ser perseguidas ou traídas;
  • Sentir que se têm super poderes;
  • Ter alucinações, como ouvir vozes ou ver algo que não é real;
  • Agressividade, agitação e tendência para serem violentas.

Apesar de estes serem os sintomas mais comuns deste subtipo de esquizofrenia, podem ocorrer, embora com menos frequência, outros sintomas, como alterações da memória, falta de concentração ou isolamento social, por exemplo. Conheça outros sintomas da esquizofrenia.

Possíveis causas

Não se sabe ao certo o que causa a esquizofrenia, mas pensa-se que esta é uma doença influenciada pela genética, já que é hereditária. Além disso, o uso de drogas, a ocorrência de infecções virais, ter pais com idade avançada no momento em que ocorreu a gravidez ou ter havido desnutrição durante a gestação, são também fatores que aumentam o risco de desenvolver esta doença.

Existem também um risco aumentado de desenvolver esquizofrenia em pessoas que sofreram experiências psicológicas negativas, abuso sexual ou algum tipo de abuso físico.

Em que consiste o diagnóstico

Para diagnosticar a esquizofrenia, o psiquiatra avalia um conjunto de sinais e sintomas apresentados pela pessoa e, caso considere necessário, pode solicitar exames como tomografia computadorizada ou ressonância magnética, por exemplo, para excluir outras doenças que podem provocar sintomas semelhantes, como tumor cerebral ou demência, por exemplo.

Como é feito o tratamento

A esquizofrenia paranoide não tem cura, mas deve ser realizado um tratamento contínuo, para evitar exacerbações da doença.

Geralmente, a pessoa é acompanhada por um psiquiatra, podendo ainda ser integrada numa equipa constituída por um psicólogo, um assistente social e um enfermeiro especialistas em esquizofrenia, que podem ajudar a melhorar a qualidade de vida da pessoa através de psicoterapia, acompanhamento nas atividades diárias e disponibilização de apoio e informação sobre a doença às famílias.

Os medicamentos que geralmente são prescritos pelo médico são os antipsicóticos, que ajudam a controlar os sintomas da doença. Aqueles que geralmente são receitados pelo médico são os antipsicóticos de segunda geração, porque possuem menos efeitos secundários, como é o caso do aripiprazol (Abilify), olanzapina (Zyprexa), paliperidona (Invega), quetiapina (Seroquel) ou risperidona (Risperdal), por exemplo.

No entanto, em alguns casos, o médico pode receitar antipsicóticos de primeira geração, que embora possuam mais efeitos secundários a nivel neurológico, são bem mais baratos.

Esta informação foi útil?   
Sim  /  Não

Ficou alguma dúvida. Deixe aqui a sua questão para que possamos melhorar o nosso texto:

Atenção! Só poderemos responder diretamente se deixar o seu email.
Mais sobre este assunto:


Publicidade
Carregando
...
Fechar

Pode perguntar

Fechar
É hora de acabar com todas as suas dúvidas!
Erro
Erro
Erro
Marque a caixa de verificação acima.
Enviar Mensagem