Ative as notificações para não perder as publicações de saúde e bem estar mais interessantes.
O que você precisa saber?

Esquizofrenia

A esquizofrenia é um distúrbio mental grave caracterizado pela perda do contato com a realidade, alucinações e delírio, sem cura que pode afetar indivíduos de todas as idades.

Ela é subdivida em:

  • Esquizofrenia simples;
  • Esquizofrenia catatônica;
  • Esquizofrenia paranóide;
  • Esquizofrenia hebefrênica;
  • Esquizofrenia residual;
  • Esquizofrenia indiferenciada.

Esta classificação é feita de acordo com os sintomas que o indivíduo apresenta.

Causa da esquizofrenia

A causa específica da esquizofrenia ainda é desconhecida mas há indícios de que ela possa ser causada ou favorecida por:

  • Predisposição genética;
  • Infecção viral no cérebro;
  • Uso de drogas ilícitas inclusive o abuso de álcool;
  • Traumatismo craniano.

O que se sabe ao certo é que todo o funcionamento cerebral do esquizofrênico está alterado, como se houvesse uma espécie de curto-circuito cerebral que surge de tempos em tempos.

Sintomas da esquizofrenia

  • Dificuldade de concentração;
  • Insônia;
  • Tensão;
  • Desinteresse por atividades antes prazerosas;
  • Isolamento social;
  • Atitude agressiva;
  • Pode haver tentativa de suicídio;
  • Pensamentos de que ele é o próprio Deus ou Jesus Cristo;
  • Achar que fala com mortos;
  • Ouvir vozes que o xingam e ameaçam;
  • Sensação de perseguição e de que o querem matar;
  • Fala desorganizada, incoerente ou incompreensível;
  • Atos infantis;
  • Agitação;
  • Falta de higiêne pessoal;
  • Mau comportamento/conduta inadequada;
  • Frieza;
  • Apatia;
  • Pobreza da fala.

Estes sintomas podem surgir de forma repentina ou irem se instalando ao longo dos meses e são mais frequentes em homens entre os 18 e 25 anos e em mulheres entre 26 e 45 anos.

Os sintomas da esquizofrenia tendem a agravar-se em situações de estresse.

Diagnóstico da esquizofrenia

É feito pelo psiquiatra após observar os sinais e sintomas da doença mas existe um teste de movimento dos olhos que vêm sendo estudado que parece ser útil no diagnóstico precoce da esquizofrenia.

Tratamento para esquizofrenia

O tratamento da esquizofrenia é feito com a toma de antipsicóticos e sessões de psicoterapia mas eles não garantem a cura da doença, mas podem trazer alívio dos sintomas, favorecendo o convívio familiar.

Mais sobre este assunto:


Carregando
...