Dieta do sangue tipo A: o que comer e o que evitar

De acordo com a dieta do tipo sanguíneo, as pessoas com sangue tipo A podem beneficiar-se de uma alimentação rica em vegetais, já que as pessoas com esse tipo de sangue não possuem algumas enzimas e quantidades suficientes de ácidos estomacais necessários para a digestão eficaz da proteína animal, necessitando de alimentos de fácil digestão, sendo considerados com "os fazendeiros".

Essa dieta foi criada pelo médico naturopata Dr. Peter D’Adamo, sendo publicada em seu livro Eat Right 4 Your Type, no qual é explicado o que comer e o que evitar de acordo com cada tipo de sangue, e baseia-se no fato de que o tipo de sangue que a pessoa possui tem uma forte influência no corpo, promovendo o bem-estar, a redução de peso e o fortalecimento da saúde através de uma mudança nos hábitos alimentares.

No entanto, a dieta do grupo sanguíneo não possui comprovação científica, sendo importante consultar um nutricionista ou profissional de saúde para que seja feita uma melhor orientação do que comer, principalmente no caso de desejar baixar de peso ou possuir alguma doença específica. Veja mais detalhes sobre a dieta do tipo sanguíneo.

Dieta do sangue tipo A: o que comer e o que evitar

Alimentos benéficos

Os alimentos benéficos ou positivos são aqueles que podem ser consumidos com segurança e à vontade, já que previnem e tratam doenças nesse grupo de pessoas, sendo eles:

  • Peixes, como bacalhau, salmão, sardinha, truta, merluza e carpa;
  • Queijos de soja, de amêndoas;
  • Leguminosas: favas, feijão preto, soja, lentilha, ervilha preta;
  • Frutos secos: amendoim, nozes, pasta de amendoim, sementes de linhaça;
  • Cereais: amaranto, farinha de arroz, farinha de aveia, farinha de centeio, pão com farinha de soja, trigo sarraceno;
  • Legumes: abóbora, acelga, aipo, alcachofra, alface romana, alho, alho poró, brócolis, cebolinha, cenoura, chicória, dente de leão, espinafre, folhas de beterraba, erva-doce, gengibre, nabo, sálvia, cebolas, alfafa e endívia;
  • Frutas: abacaxi, ameixa, mirtilos, cereja, figo, limão, amora, damasco;
  • Azeite de oliva, nozes, sementes de linhaça;
  • Temperos, condimentos e ervas: açafrão, melaço, malte de cevada, molho de soja, salsa, mostarda;
  • Outros: tempeh, miso, tofu, leite de soja, café, vinho tinto e chá verde.

Além disso, as pessoas com sangue do tipo A também beneficiam-se da prática de atividades ao ar livre e relaxantes, como caminhar e ioga, por exemplo.

Alimentos neutros

Os alimentos neutros são aqueles que não previnem nem provocam doenças, e para as pessoas com sangue A são:

  • Carnes: frango, galinha, peru, pombo, avestruz;
  • Peixes: atum, espada, pargo;
  • Ovos de galinha, pato e ganso;
  • Leite e derivados: iogurte, mussarela, ricota, feta e queijo de cabra;
  • Leguminosas: feijão branco;
  • Frutos secos: amêndoas, avelã, castanha, macadâmia, creme de amêndoa, tahini, noz pecã, semente de gergelim, semente de girassol;
  • Cereais: trigo integral, arroz de qualquer tipo, aveia, farelo de aveia, papa de aveia, centeio, pão de centeio, cevada, espelta, farelo de arroz, malte, milho, quinoa, tapioca, trigo;
  • Legumes: abobrinha, agrão, alface em geral, algas marinhas, aspargos, azeitona verde, beterraba, coentro, cogumelos em geral, couve de bruxelas, couve-flor, ervilha, folhas de mostarda, pepino, rabanete, rúcula;
  • Frutas: abacate, caqui, framboesa, goiaba, kiwi, maçã, melancia, morango, pêssego, pêra, romã, uvas, uva passa, melão, tâmara, tamarindo;
  • Óleo de amêndoa, canola, de fígado de bacalhau, de girassol, de gergelim, onagra e soja;
  • Temperos, condimentos e ervas: açafrão, alecrim, alfarroba, manjericão, baunilha, bergamota, canela, cardamomo, coentro, cominho, cravo, curry, estragão, extrato de amêndoas, fermento de padeiro, hortelã, hortelã-pimenta, levedura de cerveja, folha de louro, mel, mostarda em pó, noz moscada, orégano, páprica, sal marinho, pectina de maçã, sálvia, tomilho, xarope de arroz, xarope de milho;
  • Outros: açúcar branco ou mascavo, estévia, frutose, guaraná, chocolate, maisena, leite de arroz, leite de cabra, leite de amêndoa, vinho branco.

Na alimentação para pessoas do tipo sanguíneo A, os lácteos e derivados podem ser consumidos em pequenas quantidades, igual aos ovos, podendo ser uma fonte de proteína complementar.

Alimentos que devem ser evitados

Dieta do sangue tipo A: o que comer e o que evitar

Os alimentos que devem ser evitados pelas pessoas com sangue do tipo A são:

  • Carnes: vaca, porco, búfalo, coração de coelho, fígado, ganso, pato, tartaruga, bezerro, codorna, faisão, perdiz, ovelha;
  • Carnes processas: presunto, bacon, peito de peru, salsicha, chouriço, mortadela e salame;
  • Peixes e frutos do mar: camarão, caranguejo, cavala, lagosta, linguado, mexilhão, polvo, caviar, salmão defumado, bagre, barracuda, anchova, lulas, ostra, rã;
  • Leite e derivados: queijo azul, camembert, caseína, leite de vaca (desnatado, semi desnatado e integral), manteiga, queijo crie, emmental, gouda, gruyère, parmesão, provolone, suíço, requeijão, cottage, soro do leite e sorvete;
  • Leguminosas: grão de bico;
  • Frutos secos: castanha do Pará, castanha de caju, pistache;
  • Cereais: farelo de trigo, gérmen de trigo;
  • Hortaliças: batata, alcaparra, azeitona preta, batata doce, berinjela, chucrute, picles, pimenta, pimentão, repolho, ruibarbo, tomate;
  • Frutas: banana, laranja, mamão, manga, tangerina;
  • Óleo de coco, milho, rícino, sementes de algodão;
  • Temperos, condimentos e ervas: ketchup, maionese, molho inglês, vinagre (qualquer tipo), glutamato monossódico, pimenta em pó, pimenta preta ou branca;
  • Outros: margarina, leite de coco, água com gás, bebidas destiladas, chá preto, refrigerante, cerveja aspartame, gelatina.

De acordo com o autor do livro Dr. Peter D’Adamo, esses alimentos poderiam promover o acúmulo de toxinas no organismo, favorecendo o surgimento de doenças.

Cardápio para dieta do sangue tipo A

A tabela a seguir indica uma opção de cardápio de 3 dias para pessoas com sangue do tipo A:

RefeiçãoDia 1Dia 2Dia 3
Café da manhã1 xícara de chá verde com omelete de ovo com acelga e 2 fatias de abacaxiPanqueca de farinha de aveia com creme de amêndoa e morangos1 xícara de café + 2 fatias de pão centeio com queijo de soja
Lanche da manhã1 porção de iogurte com 6 nozes e colher de sopa de sementes de linhaça2 ameixas1 kiwi com 30 g de amendoim
Almoço/ jantar1 posta de salmão grelhado com arroz e salada cozida de brócolis com 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 fatia de melanciaTofu com lentilhas e salada de alface romana, cebola e cenoura, temperada com 1 colher de chá de azeite de oliva + 1 pêssegoBacalhau no forno com cenoura, brócolis, nabos e azeite de oliva, acompanhado por arroz + 1 ameixa
Lanche da tarde1 maçã com canela e pasta de amendoimVitamina de iogurte com morangos e mirtilos (1 copo)1 copo de suco de limão + 2 bolachas de arroz com manteiga de amendoim

É importante mencionar que as dietas elaboradas de acordo com o tipo de sangue seguem os padrões de uma alimentação saudável e devem ser acompanhadas pela prática frequente de atividade física. Além disso, uma alimentação variada e equilibrada traz bons resultados para todos os tipos sanguíneos.

Esta informação foi útil?

Bibliografia

  • D'ADAMO. Viva melhor com a dieta do tipo sangüíneo. 16ª ed. Brasil: Campus, 2001. 193-254.
  • ASHTON Nick. ABO Genotype, ‘Blood-Type’ Diet and Cardiometabolic Risk Factors. Plos One. Vol 9. 1 ed; 1-9, 2014
  • CUSAK Leila et al. Blood type diets lack supporting evidence: a systematic review. The American Journal of Clinical Nutrition. Vol 98. 1 ed; 99-104, 2013
Mais sobre este assunto: